Tempo para Leitura: 2 minutos

A Petz, comemora o aumento de 43% no número de adoções de cães e gatos em suas unidades nos primeiros quatro meses deste ano, em relação ao mesmo período de 2015. Com a ajuda do projeto Adote Petz, promovido pela empresa em parceria com 16 ONGs que cuidam de animais abandonados, foram adotados 1.686 bichinhos de janeiro a abril.

“Queremos mostrar a importância dessa ação social e orientar os clientes que adotar é um ato de posse responsável”, afirma a médica veterinária Giulliana Tessari, coordenadora do Adote Petz. No ano passado inteiro, o crescimento foi de 25% em relação a 2014, com 4.014 adoções. A expectativa agora é aumentar ainda mais esse número durante 2016.

Criado em 2007, o programa estimula que os pets resgatados das ruas ganhem um lar por meio de ações, como a realizada em setembro do ano passado, no Morumbi, quando os jogadores do São Paulo entraram em campo, no jogo contra o Palmeiras, com cães disponíveis para adoção. Ou como o evento que ocorreu em abril, na exposição de Tim Burton, no MIS, com feira de adoção, aula de ioga, palestra e festival de penteados caninos.

Já os encontros de adoção são promovidos nos fins de semana em várias unidades da rede ( http://somospetz.com.br/eventos/). Neles, os pets ficam em uma área específica onde podem interagir e conquistar os clientes que visitam a loja. Eles são vermifugados, vacinados e castrados. Giulliana explica que a Petz já toma uma série de cuidados na hora de realizar uma venda de filhote. No caso de adoção, os cuidados são em dobro. “Não se faz adoção por impulso, de forma alguma”, garante.

O que fazer

A dica para quem quer adotar é ter consciência de que a vida vai mudar, com gastos, cuidados e tempo disponível para o bichinho. “Mas a primeira coisa que a pessoa interessada deve fazer é pegar o pet no colo para ver se o coração bate mais forte. Não é ela que escolhe, mas sim o bichinho”, recomenda Giulliana.

A taxa de adoção, que varia de R$ 80 a R$ 100, vai para a ONG responsável para usar nos gastos com alimentação e medicamento dos animais. No caso de gatos, também é exigido que a casa tenha rede para proteção de janelas, para evitar fugas e quedas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.