Tempo para Leitura: 2 minutos

Pena que essa velocidade nem de longe passa pelas nossas casas né?

A Alcatel-Lucent  quebrou um novo recorde de quantidade de dados que podem ser transmitidos em distâncias transoceânicas em uma única fibra óptica.

Em um teste realizado no campus da Cidade da Inovação da Alcatel-Lucent em Villarceaux, próximo a Paris, pesquisadores da Bell Labs enviaram com sucesso dados a velocidades de 31 Terabits por segundo (Tbps) em mais de 7200 km – uma capacidade três vezes superior à dos mais avançados cabos submarinos comerciais. Conseguiu-se isso com um span – a distância entre amplificadores mantendo-se o comprimento inteiro – de 100 km.

Os pesquisadores alcançaram a maior capacidade já registrada de transmissão de dados submarinos em uma única fibra. O experimento alavancou o trabalho pioneiro da Bell Labs em canais de dados de 200 gigabits por segundo (Gbps) de portadora única*. Em tais velocidades e distâncias, distorções de sinal e ruído tornam a recuperação de dados uma tarefa desafiadora. Para contra-atacar este problema, neste novo teste os pesquisadores da Bell Labs utilizaram técnicas inovadoras de detecção, tirando proveito de tecnologias de modulação, transmissão e processamento de sinal combinadas com codificação de correção de erros avançada.

O experimento usou 155 lasers, cada qual operando a uma frequência diferente e transportando 200 Gbit/s sobre uma rede de frequência de 50 GHz para melhorar drasticamente o desempenho dos sistemas atuais de WDM (Wavelength Division Multiplexing), que hoje estão sendo implantados com velocidades de até 100G.

Detalhes do experimento foram apresentados em um relatório divulgado no início do mês na Conferência de Comunicações da Opto-Electronic (OECC) no Japão. Este é o último de uma longa série de vinte e quatro recordes nos últimos 15 anos, todos apresentando avanços por parte da Alcatel-Lucent que transformaram a transmissão de dados de longa distância. Entre eles, está a invenção da Dense Wave Division Multiplexing (DWDM), a introdução da fibra de dispersão não nula e a detecção coerente de uma única portadora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.