Tempo para Leitura: 2 minutos

Há um novo formato de família, onde cães e gatos são considerados filhos. Diante de tantas mudanças, muitas empresas decidiram lançar novidades para o mercado pet. Ao visitar um pet shop, ou até mesmo fazer uma busca rápida na internet, é fácil encontrar várias opções de alimentos para cães e gatos. O importante ter alguns cuidados na hora da compra, pois alguns produtos podem gerar problemas saúde do animal.

Aqui em casa, a gente se preocupa muito com o que a Lika pode ou não comer.

De produtos “Humanos” ela come pedacinhos de carne, sem gordura, salmão e frango.

Na parte de verduras e legumes a Lika come muita cenoura, eita cachorrinha que adora isso hahaha. Pera, Maça e Melancia tambem são dados e Melancia ela espera a gente acabar de jantar e senta esperando, pois sabe que depois de comer tem melancia.

Mas temos que tomar cuidados, como por exemplo, farinha branca deixa a lika com alergia, então evitar coisas que tenham farinha, e chocolate, nem pensar né, quando comemos ela fica em cima, mas mesmo a gente vendo o desespero sabemos que não pode, e ai damos um petisco pra ela.

Para empresas que fabricam alimentos para cães e gatos, é obrigatório Manual de Boas Práticas de Fabricação, e o registro e aprovação do Ministério da Agricultura. Todos produtos fiscalizados e aprovados pelo Ministério da Agricultura, possuem em sua embalagem um selo, dando mais segurança ao dono do petao oferecer alimento.

Alguns animais ao longo da vida, apresentam reações alérgicas a ração, snacks, e isso gera um desespero por parte dos donos. Na maioria das vezes a reação alérgica não tem ligação com o produto, e sim com o próprio organismo do animal, que começa a rejeitar. Substituir a fonte proteica pode ser a solução. E é sempre recomendado compartilhar com o médico veterinário os acontecimentos, pois ele poderá diagnosticar se há mais algum problema.

“A PETITOS, não se limita em apenas lançar no mercado produtos diferenciados.Temos como objetivo desenvolver produtos que beneficiem a saúde dos animais, nos bifinhos que fabricamos, háprebióticos que auxiliam na saúde intestinal e na performance imunológica, as carnes são selecionadas, e todo o processo de desenvolvimento e testes, são realizados por mestres e doutores em nutrição animal, em laboratório na Universidade de São Paulo, USP de Pirassununga”, afirma Gustavo del Claro, diretor da PETITOS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.