Apple explica (ou justifica) problemas futuros na sua tela OLED

A Apple tem tentado fazer novamente bons telefones que sejam desejados, e seu último iPhone é prova disso, cheio de cópias de recursos que muitos fabricantes que usam Android, já trazem faz algum tempo. (hehehehehehehe)

No seu novo iPhone, com desbloqueio fácil, carregamento por indução, que é uma novidade apenas para quem usa iPhone, pois desde o S4 da Samsung já era possível carregar desta forma, e uma linda e maravilhosa tela de OLED (que Samsung já usa faz algumas gerações)

E falando justamente sobre a Tela, a Apple colocou um curioso texto, explicando ou justificando os problemas que irão aparecer ao longo do tempo na tela de seu iPhone X.

Curioso não?

Mas vamos ler o comunicado e tentar entender melhor suas justificativas:

“Se você olhar para o visor OLED fora do ângulo, pode notar pequenas mudanças de cor e matiz. (Acabei de olhar no S7 e S8 e isso não ocorre de uma forma que atrapalhe ou seja nitidamente visível)

Esta é uma característica do OLED e é um comportamento normal. Com o uso extensivo de longo prazo, as telas OLED também podem mostrar pequenas mudanças visuais. (Tenho um S6 e um S7 que já tem mais de um ano, e isso nunca ocorreu)

Este também é um comportamento esperado e pode incluir “persistência da imagem” ou “gravação”, onde a tela mostra um remanescente fraco de uma imagem mesmo depois que uma nova imagem aparece na tela. Isso pode ocorrer em casos mais extremos, como quando a mesma imagem de alto contraste é exibida continuamente por longos períodos de tempo. (Já fiz esse teste em diversos aparelhos de diversas marcas, nenhum aconteceu isso, e olha que deixei uma imagem estática e com brilho máximo e sem a tela apagar por 24 horas, depois de desligar a tela, simplesmente nada aconteceu.)

Nós criamos o monitor da Super Retina para ser o melhor da indústria na redução dos efeitos da queima do OLED. ” (pelo visto apenas no iPhone X isso vai acontecer)

E para deixar a coisa ainda um pouco mais complicada, é importante observar com este documento é que a Apple está se referindo a essas questões como um comportamento normal, o que significa que, se elas aparecem, é improvável que sejam cobertas pela garantia do iPhone X ou pela cobertura AppleCare +.

Resumindo, se você comprar um iPhone X, e ele der os problemas acima, na tela, a culpa foi sua, de não ter usado o telefone corretamente. E vejam só as dicas:

A Apple recomenda que os proprietários do iPhone X mantenham ativado o brilho automático, usem períodos de bloqueio automático curtos e evitem exibir imagens estáticas com o brilho total por longos períodos de tempo para ajudar a manter a vida útil da tela OLED. Ou seja, você não pode usar seu telefone da forma que achar melhor, se você é daqueles que gostam do brilho máximo, onde a tela fica muito mais bonita, já sabe que a tela de “ótima” qualidade do iPhone X, VAI dar problemas, pois a Apple, já está avisando.

Na Boa, compra um Samsung, um LG, um Motorola, um Sony e vá ser feliz com sua tela, sem se preocupar com tantos problemas em um aparelho que acabou de sair, e a empresa já está se justificando dos problemas que você irá ter e que a garantia não irá cobrir.

Abraços e o texto acima está no próprio site da Apple

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here