Tempo para Leitura: 6 minutos

Hoje muito se fala em nuvem, que é bom pra salvar, pra guardar, que é fácil de usar, que tudo é lindo e maravilhoso.

Concordo, é uma mão na roda você poder jogar tudo fora de seus dispositivos, desde que a gente TENHA CONEXÃO para usar tudo isso depois certo ?

Não se pode e é impossível concordar que tudo é perfeito nesse ponto, e se não temos conexão? se onde estamos não tem dados ou wifi? como acessar suas musicas? seus vídeos? ou aquele arquivo que você preparou para trabalhar e agora não pode acessar porque não tem dados??

Hoje alguns fabricantes tem apostado na nuvem como diferencial, mas esquecem que  o consumidor ainda é OFF LINE!!! Ok, usar a nuvem é ótimo, eu uso e muito, uso o Dropbox, OneDrive, Google Drive, e até um My cloud interno para deixar tudo salvo e arrumado, mas também deixo arquivos no meu celular, no meu PC e no meu Desk.

Porque?

Simples, quando estou na estrada, e chega um ponto que não tem sinal, eu tenho o HERE da Nokia, que é um mapa OFF line para me ajudar, pois não posso depender do WAZE e Google Maps que são na nuvem e eu não tenho sinal. Porque quero escutar musicas do Spotify quando estou sem dados, e uso a opção offline, pois a nuvem não está disponível sem dados. e tenho filmes salvos para ver, pois quero descansar e não tenho dados ou wifi para pegar esses arquivos na nuvem. Ou eu simplesmente queira mostrar para os amigos as fotos da viagem da semana passada, e eu não posso por tudo na nuvem porque se eu não tiver dados não posso mostrar nada. E se eu estiver fazendo um Voo de mais de 12 horas? e quero musicas para escutar no voo da ida e volta? preciso de espaço pois não tenho conexão para usar dados de nuvem.

É preciso tomar cuidado onde se aposta, hoje os arquivos são cada vez maiores. a quantidade de coisas que fazemos nos aparelhos são infinitas, e não podemos depender exclusivamente de um recurso que precisa de algo que no Brasil ainda falha muito, a conexão. Quantas vezes você foi passear ou viajar e ficou sem dados, ou com o aparelho em EDGE? Quantas vezes chegou em um hotel onde a qualidade do WIFI era pior que a qualidade do seu 2G (sim 2G porque você não tinha 3G ou 4G onde se enfiou para descansar)? Mas você apostou tudo nos serviços de nuvem e agora vai ficar sem poder usar nada, pois não tem a unica coisa que não pode faltar para esses recursos, que é uma simples e boa conexão!!!

Mas porque estou falando isso?

Simples, hoje os aparelhos estão ficando cada vez mais completos, mas curiosamente, mesmo tendo mais ram, mais processador, melhores acabamentos, e qualidade muito superior a muitos computadores, o espaço interno de armazenamento não está evoluindo junto com os aparelhos.

A média de espaço interno é de 32gb nos aparelhos.

A Samsung tem no Brasil o S6 e S6 Edge com 32 e 64, mas não com 128, que lá fora tem. Mas não tem entrada para cartão de memória

Tem tambem o novo Edge+ no Brasil apenas com 32gb de espaço interno e sem entrada para cartão de memória.

O G4 da LG tem 32gb e entrada para cartão.

O Sony Z3+ tem 32gb e entrada para cartão.

O Asus Zenfone 2 tem 32,128 ou 256gb e entrada para cartão.

Motorola tem o MotoMaxx com 64 sem cartão e moto X com 32.

O que todos esses aparelhos tem em comum?

Hardware fantásticos, aparelhos top de linha, com preços que vão de 1500,00 até 4500,00.

Mas tem outra coisa que todos tem em comum, o pouco espaço interno para os aplicativos e dados do usuário, como podem ver, todos tem 32gb, e apenas Samsung, Motorola e Asus tem aparelhos com opção de mais espaço interno, mesmo todos, tirando os da Samsung e Motorola, terem entrada para cartão, o espaço hoje interno é pouco, primeiro porque não pode por tudo no cartão de memória, existe limitações do Android no que pode e não pode ser jogado lá. Segundo que você compra o aparelho que tem 32, mas X% desse espaço é usado para o sistema, e isso pode ser até 30% do espaço total. Logo, você não tem 32 de espaço para usar.

Está na hora de repensar a quantidade de espaço que é colocado para o usuário, as câmeras filmam em até 4K e as fotos em 13, 16, 20mp consomem espaço, e nem sempre é possível usar a nuvem.

Não se pode apostar em um sistema que precisa de conexão 100% do tempo, não se pode apostar em um sistema que a maioria das pessoas não sabem usar.

Quando o consumidor compra um aparelho, ele quer usar o APARELHO, e não serviços de terceiros para poder ter onde guardar suas coisas.

Eu  não posso escutar minhas musicas ou assistir meus filmes no avião ou no meio do nada, se eles não estiverem salvos no celular.

Eu não tenho que ficar preocupado se durante meus 15 dias de férias vai caber minhas fotos e filmes no meu celular porque ele tem pouco espaço e to sem conexão para jogar na nuvem.

Eu não tenho que aprender a jogar tudo na nuvem e confiar tudo nela, porque eu prefiro deixar tudo no celular, e na nuvem também.

Ai chegamos em um ponto interessante, eu uso a nuvem, como disse acima, deixo tudo salvo nelas, mas também deixo no PC e no celular, coisas que eu acho que preciso que fiquem comigo onde vou, coisas que acho que posso precisar, e ai amigos se a gente não tem espaço tudo fica mais complicado.

Está na hora dos fabricantes olharem para o consumidor como um CONSUMIDOR, uma pessoa que CONSOME no aparelho, seja on line ou offline, como ele vai usar? não interessa ao fabricante, mas o Consumidor tem que ter direito as 2 opções, se ele quer salvar na nuvem ok, mas se ele quer deixar no seu celular, ok ele também terá espaço.

Há Richard mas e o custo?

Vamos la pessoal, o custo de memória hoje em larga escala é ridículo, na casa dos centavos de dolar, ou para jogar bem alto não passa de uma centena. e na quantidade absurda que o fabricante pede, esse valor se dilui. 32gb de espaço custa (100 reais? 64 custa 130 reais, 128 cuta 199,00 reais(valores usados apenas como exemplo)) hoje não se dobra o valor para dobrar a quantidade, é possível sim fazer.

Acho que hoje o tamanho ideal, seria de 64gb como mínimo, com entrada de cartão, e de 128 ou 256 sem entrada de cartão.

Quanto melhor for o produto, mais a pessoa que usa vai consumir, se eu te dou uma câmera top de linha no celular, você provavelmente vai deixar de usar uma maquina, vai fazer tudo no celular, e vai precisar de mais espaço, pois onde antes eram 2 dispositivos em uso, agora é apenas 1, mas sem ter o espaço de 2 aparelhos para salvar tudo.

É como se fosse assim, 2 carros com 4 pessoas em cada um, mas de repente eu lanço um carro que tem tudo que os 2 carros tem junto e mais melhorias, mas com 6 lugares em vez dos 8, mas vale a pena porque ele tem tudo em um único lugar apenas,mas na hora de usar, não cabe, pois eu melhorei o produto, mas não dei pelo menos o mesmo espaço que se tinha antes.

No celular é a mesma coisa, estamos melhorando o produto cada vez mais, fazendo com que ele seja o único aparelho que você precise usar, mas não estamos colocando espaço suficiente para que ele possa atender ao uso de vários dispositivos nele mesmo, como posso deixar minha câmera em casa, meu iPod em casa, e colocar tudo no celular, se eu não tenho espaço para colocar o que tenho nos outros aparelhos dentro do celular.

Está na hora de isso ser resolvido, aparelhos considerados top de linha, não podem vir com pouco espaço interno.

E a nuvem? bom ela está la, ela ta pronta pra ser usada, mas hoje, em nenhum lugar do mundo se aposta apenas nela, em qualquer lugar do planeta vai existir pontos em que a gente não vai ter sinal, e ai de nada adianta tem a nuvem, de nada adianta você ter tudo que queria usar salvo nelas, pois não poderá utilizar, e nessa hora você vai querer ter espaço interno para salvar suas coisas.

E se a gente for falar apenas de Brasil a coisa fica mais complicada, pode não ter sinal ou dados (o que é bem fácil de acontecer) na rua, na sua casa, no trabalho, em eventos. Poxa Richard mas tem WIFI em tudo que é canto!!!

Tem mesmo? vamos imaginar você sem dados no celular, e precisa usar um Wifi, se for publico esquece, 90% deles não funcionam direito, em eventos? tem tanta gente pendurada nele que mal abre uma página na internet, na maioria das vezes, ou simplesmente acabou a luz e você sem dados não pode acessar sua nuvem!!!

Nuvem é bom, mas primeiro precisa saber usar, e depois ter estrutura boa para confiar 100% no seu uso.

E nesse momento Samsung e Asus saem na frente com aparelhos que tem 64, 128 e 256gb de espaço interno, pode acreditar, esse espaço faz diferença.

Espero realmente que as linhas de 2016 que serão anunciadas na CES e MWC do ano que vem, os fabricantes tenham percebido isso, espaço interno para o consumidor poder usar como bem entender, e SE ele quiser ai ele usa a tal nuvem!!!

Abraços a todos.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.