O uso da tecnologia está cada vez mais recorrente, as pessoas buscam por praticidade e conexão rápida. Os pagamentos eletrônicos vêm ganhando o espaço das cédulas de papel e também a preferência dos brasileiros. É um avanço silencioso, mas constante.

Segundo referências do mercado, aplicativos de bancos para smartphones se tornaram o maior canal de transações bancárias. Dados do FEBRABAN apontam que transações realizadas com mobile banking cresceram 138% em 2015.

Segundo estudo realizado sobre o impacto do mobile banking*, segurança e confidencialidade representam os aspectos mais relevantes para aqueles que ainda recusam a oportunidade do uso de smartphones nas operações bancárias. No entanto, existem cinco razões que indicam a preferência das pessoas em realizar suas operações por meio de smartphones:

  • Velocidade: 66% dos entrevistados apontam a velocidade como fator principal. A conectividade e os recursos tecnológicos colocam os smartphones como a alternativa ideal que acelera a operação, além de proporcionar conforto ao usuário.
  • Economia de tempo: Em tempos em que o tempo é um bem escasso, 60% dos entrevistados asseguram que a utilização de dispositivos móveis para operações bancárias permite grande economia de tempo, o que antes era “desperdiçado” durante o processo.
  • Flexibilidade: 59% afirmam que podem realizar as operações onde quiserem e no momento que desejarem. A flexibilização espaço x tempo é um fator que aumenta o conforto do usuário.
  • Não ter que ficar em longas filas: a necessidade de realizar transações pessoalmente não só gera desconforto ao usuário, mas também o prejudica, uma vez que deve adiar outras tarefas. 47% afirmam que preferem a utilização do smartphone porque assim, evitam as enormes filas dos bancos e otimizam seu tempo.
  • Facilidade: o smartphone é, para 41% dos usuários, a opção mais simples diante de outros meios. A mobilidade, conectividade e praticidade continuam sendo a premissa principal.

“Tempo é um elemento cada vez mais escasso na vida moderna, e usar a tecnologia móvel para amenizar essa questão no dia a dia é sempre uma grande chance para as empresas. O que os consumidores mais desejam é comodidade. A marca que oferece isso, aliada à qualidade, é retribuída com o que há de mais valioso: fidelização. Para os bancos, isso é um grande desafio, mas também oportunidade única. Facilitar as tarefas cotidianas e trazer mobilidade, com segurança, é o caminho certo para essa relação duradoura acontecer. ”, disse Graziela Carmezini, Head de Marketing da Alcatel Brasil.

*Estudo realizado pela KPMG sobre as tendências globais e seus impactos nos bancos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.