A maior coleção de carros clássicos da Ford do mundo, reconhecida pelo Livro Guiness dos Recordes em 2002, foi a leilão neste sábado, na Holanda. Os mais de 220 veículos compunham o acervo do Museu Den Hartogh, que o empresário do ramo de transporte Piet den Hartog formou durante 50 anos. Entre eles, preciosidades como Modelos A, T, V8, caminhões e vans de várias épocas em estado surpreendente de conservação – veja o vídeo.

A coleção completa foi leiloada no sábado (23), atraindo ofertas de todo o mundo. O total combinado da venda foi de impressionantes € 6.157.353 (aproximadamente R$ 27.226.000). A troca de lances mais longa foi de um Ford Model B Side Entrance Tonneau, vendido por € 419.750 (cerca de R$ 1.856.000) – mais de sete vezes que o estimado e um preço recorde mundial.

A paixão de Piet pela Ford começou desde criança, quando seu pai comprou um caminhão Modelo T, em 1924. Já adulto, ele sempre estava em busca de novas pérolas para a coleção, que cresceu e foi dividida em três partes. Na primeira, ficavam os Modelos T e outros pioneiros, além de ônibus e Lincolns.

A segunda era reservada aos Modelos A e V8, incluindo peruas com painel externo de madeira, um conceito americano incomum na Europa, pelas quais o empresário tinha uma predileção especial. A terceira parte da coleção era formada por veículos comerciais, como caminhões de polícia, bombeiros, entregas e venda de pipoca e sorvetes, que podem ser considerados os avôs dos “food-trucks”.

Piet faleceu em 2010 e o museu fechou as portas para o público em 2016. “Sem meu pai não era a mesma coisa”, conta Pieter den Hartogh, filho do colecionador. “Meu pai era um homem apaixonado e queria compartilhar essa obsessão com todos. Esses carros foram parte importante de nossas vidas e chegou a hora de encontrar novos lares onde eles possam ser igualmente admirados e preservados.”

“Um leilão 100% vendido é uma ocorrência rara, especialmente um com uma quantidade tão grande de lotes. Foi um prazer poder encontrar novos proprietários para veículos que foram guardados como tesouros por tanto tempo”, disse Rupert Banner, um dos leiloeiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.