Tempo para Leitura: 6 minutos

A mordida de cães é um acidente domiciliar muito comum e requer muita atenção de seus tutores para que a situação não saia do controle. A especialista em comportamento canino Dra. Lívia Romeiro Rodrigues Prata do Centro Veterinário Vet Quality dá dicas de como minimizar ou evitar esse problema.

Por que os cachorros mordem?
A mordida dos cães é uma forma de ataque e de defesa também. Além desses tipos também existem aquelas geradas por brincadeira ou tédio. As mordidas de ataque e defesa são agressivas e podem causar diversos danos a quem sofre a agressão. Mas durante as brincadeiras os cães estão mais tranquilos e tendem a ser bem ponderados em sua força. O ócio prolongado também pode gerar uma forte vontade de colocar algum objeto na boca e afiar os dentinhos, nesse momento mordidas em objetos podem acontecer.

Essas mordidas podem ser associadas com a troca de dentição nos filhotes?
A troca de dentição também gera um forte estímulo a essa vontade, pois o nascimento dos dentes, assim como em nossos bebês, é acompanhado por uma coceira na gengiva antes da ruptura pelos dentes definitivos. Nesse momento a oferta por brinquedos deve ser abundante, inclusive existem muitos deles que podem ser colocados na geladeira, levando mais conforto ao filhote quando ele roer algo gelado.

Brincadeiras violentas podem estimular as mordidas?
As brincadeiras estimulam as mordidas pois elas também estimulam o ataque ou defesa. Quando você brinca com o cão com provocação, é como se estivesse o atacando, logo ele terá que se defender, fugindo de você, ou atacar, abrindo a boca e indo direto para a sua mão. Nesse momento a brincadeira se torna prazerosa e o estimulo a mordida fica cada vez mais forte, e a sequência dessa brincadeira faz com que o cão trate a mordida como algo prazeroso e algo que é engraçado ou bonitinho quando ele tem 3 meses, mas pode se tornar algo muito perigoso aos 3 anos de idade.

Quais são os 5 sinais que avisam que o cão vai atacar (morder)?
Normalmente cães ao atacar tendem a dar alguns sinais de agressão antes de partir pra cima. Orelhas eretas, olhar fixo, lábios tensos, boca fechada, e rabo ereto ou tenso são fortes indícios de que a mordida será o próximo passo. Esses sinais são demonstrados desde filhotinhos. Muitas pessoas pensam que o rosnado é o único sinal de ataque, mas ele nem sempre acontece. Inclusive poucas vezes ele acontece antes de uma mordida. Normalmente o rosnado é mais um alerta de desconforto que um alerta de ataque.

Quais são os 5 sinais que você pode se aproximar?
Cães relaxados dificilmente atacarão uma pessoa. Porém temos que ficar atentos pois eles podem mudar do relaxamento para o pré ataque em questão de segundos. Mas um cão que se mantém relaxado com sua aproximação oferece sinais que trazem tranquilidade para qualquer um. Um rabo abanando tranquilamente, a cabeça baixa, orelhas relaxadas para os lados ou levemente para trás, olhos que não te encaram diretamente, e lábios relaxados com ou sem a boca aberta, são sinais de que a aproximação é bem-vinda.

O que os donos podem fazer para desestimular a mordida no cachorro?
A melhor forma de mostrar o seu descontentamento com um determinado comportamento de um cão é ignorá-lo. Isso mesmo, ignorar um cão é o fim para eles. Sempre que seu filhote ou cão adulto começar a querer morder simplesmente termine a brincadeira e isole ele. Sem agredi-lo ou dar qualquer bronca pois as vezes a bronca pode ser encarada como um reforço positivo ao comportamento indesejado. Então o melhor remédio é deixar de dar qualquer atenção a ele e quando ele se acalmar novamente a brincadeira pode recomeçar com muita alegria. O mesmo acontece com os brinquedos, quando começarem a morder com muito vigor, o mesmo deve ser retirado do filhote e só devolvido no momento de calma.

Podemos associar a mordida com agressividade?
A agressividade é originada por motivos externos que levaram o cão a escolher a mordida como a melhor opção. Cães agressivos realmente mordem mais, pois eles não sabem agir de outra forma. Um cão agressivo pode se tornar muito bem um cão aceitável ao convívio social, mas isso demanda tempo e uma boa “reformatação” das suas opções. Trabalhos com especialistas em comportamento canino são essenciais nestes casos.
Mas em contrapartida, um cão que simplesmente morde uma vez ou em determinada situação, não pode ser taxado como um cão agressivo. Aquela foi a escolha dele naquele momento, mas não quer dizer que ele só use a mordida como saída, como no caso de um cão agressivo.

A socialização pode prevenir esse comportamento?
A socialização tem papel fundamental na prevenção da agressividade ou do comportamento agressivo. Cães socializados tendem a ser cães mais equilibrados e relaxados. A socialização oferece inúmeros artifícios para que os cães resolvam seus problemas, sendo a mordida, a última opção entre eles. A socialização começa logo nos primeiros dias de vida e segue até o fim de seus dias. Muitas pessoas acham que cães só são socializados na sua infância, porém muitos cães adultos que não foram socializados cedo, se transformam após alguns meses de socialização.

Cachorros que sofreram algum trauma podem ser mais propensos a morder?
Cães traumatizados são cães que não relaxam. Estão sempre a espera de que algo desconfortável aconteça. Eles estão sempre no modo “defesa” e como disse anteriormente, a arma da defesa é a mordida. Essa é a melhor forma que ele encontrou para afastar qualquer um de perto, assim evitando que pessoas façam algo desconfortável a ele.

Quais são os erros mais frequentes que os donos cometem com os seus cachorros?
O erro mais comum que acontece nos lares de filhotes, é o estimulo às brincadeiras de mordidas. Acham bonitinho o rosnado deles, a mordiscada na calca, o ataque ao ursinho de pelúcia, etc. Tudo isso faz com que o filhote pense que o que está fazendo é completamente certo e aceitável. Se ele recebe atenção ele repete a atitude diversas vezes. E assim se inicia um comportamento indesejado no futuro. Esse comportamento enraizado pode sim ser alterado, mas o trabalho será muitas vezes mais difícil do que quando simplesmente ignorar seu comportamento enquanto filhote.

Os cachorros podem morder o seu dono por ciúme?
SIm. Na verdade ele está mordendo por defesa, defendendo um objeto ou outra pessoa que ele considera estar sob sua custódia. Ele morde para afastar outra pessoa ou animal daquilo que ele considera ser mais importante naquele momento. Isso é interpretado por muitos como ciúme do objeto ou da pessoa em questão.

Alguns donos aplicam medidas punitivas (gritar, bater) quando são mordidos por seus cachorros, isso está correto?
A reação mais correta após um ataque seria se mostrar firme e mais dominante que o cão, o que é muito difícil de ocorrer no momento em que se é mordido. A primeira reação que fazemos é nos afastar para evitar a dor, o que para o cão, mostra fraqueza. Para o cão ele está em vantagem neste momento, na sequencia algumas pessoas reagem com agressividade, batendo ou gritanto, e para o cão, isso é um novo convite a briga. Se manter equilibrado neste momento seria a melhor opção. Se manter firme e repreender o cão de forma equilibrada faz com que o cão realmente entenda que fez algo indesejado. Muitos cães cedem a apenas um olhar firme de seus donos, sem uma palavra ou gesto, basta ele sentir que quem está no comando e equilibrado não é ele, e sim seu dono.

Quais são as raças mais mordedoras e porque?
Todo o cão tem a mesma chance de se tornar cães agressivos, porém cães de menor porte podem ter mais propensão às mordidas, pois o seu tamanho faz com que ele use mais essa arma poderosa. Cães maiores impõem seu respeito pelo seu porte e muitas vezes não precisam usar os dentes para demonstrar seu descontentamento.

O que fazer quando o cachorro estiver mordendo a sua mão? Como parar sem se machucar?
A melhor forma de sair de um ataque, ou de uma mordida de um cão é alguém levanta-lo pelos posteriores. Quando o cão tem suas patas erguidas do chão ele imediatamente abre a boca e interrompe a mordida. Essa técnica é muito utilizada pelos treinadores de cães de ataque. No caso de mordidas de filhotes a repreensão pode vir de um som mais forte que o assuste ou até mesmo uma simulação de “mordida” com os dedos nas costas dele. Em ambas as repreensões a ideia é que ele solte imediatamente o que estiver em sua boca. Não havendo sucesso em uma técnica, utilize a outra. Nunca puxe o objeto ou a parte do corpo que está sendo mordida, pois isso estimula ainda mais o ataque a pressão da mordida.

 Como diferenciar a mordida de brincadeira da mordida de agressividade?
As mordidas de brincadeira e de ataque são muito similares e são desencadeadas pelo mesmo estado de espirito. A única diferença é que durante a brincadeira o cão não está focado 100% na mordida, ou seja, ele pode ser mais facilmente persuadido a largar, enquanto durante o ataque agressivo o único foco do cão é a mordida e será muito mais difícil tirar ele desse foco. Não é a idade que define a brincadeira e sim o estado de espirito do cão. Filhotes podem mordem por agressividade sim. E podem fazer isso até mesmo com alguns brinquedos.

Quais são as 6 dicas para fazer o cão não morder
Algumas dicas para evitar reações agressivas dos cães:
Nunca permitir que um filhote brinque de mordidas. Ele pode brincar com apreensão, levando um objeto de um lugar para o outro com a boca, mas nunca de morder.

Nos momentos de tédio do filhote, como as horas em que ficar sozinho, objetos próprios para roer, ou mesmo ossinhos próprios para este fim, são muito bem vindos, assim ele se distrai com isso e não criara o hábito de roer mobílias e objetos pessoais dos donos.

Respeitar o espaço do cão, sempre prestando atenção nos sinais dele sobre o desconforto da situação. Não force um cão a realizar algo que não queira a não ser que esteja ciente do que pode acontecer e de como deverá se comportar.

Não permita que o cão se torne possessivo a objetos e pessoas.

Quando for necessário submeter o cão a algum procedimento que não o agrade, a utilização de focinheira é fundamental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.