Tempo para Leitura: 6 minutos

Mais um BELO texto do leitor Marcelo. Meus comentários ficam no fim do post

Chega uma hora que todos nós, geeks, queremos ter a última novidade do mercado mobile. Mas se não der pra ser a última, pode ser a penúltima ou antepenúltima, também, portanto que fique entre esses três! Mas já viram a quantidade quase infinita de smartphones pra se escolher? Se formos contar as fabricantes mais famosas e competentes, ficamos entre Samsung, Sony, HTC, Motorola, LG e Nokia. Até aí, nada demais. Mas já pararam pra contar quantos lançamentos cada uma delas faz por mês? Pois é… Muitos!

Tive um problema parecido quando me surgiu a oportunidade de comprar um celular que fosse mais novo, quase de última geração, caindo, justamente, na época do Samsung Galaxy S3. Daí, pensei: “Ora, por que não comprar logo o S3? Fico com um pica das galáxias e não vou trocar de celular tão cedo!” Quem dera que fosse só isso…

Quando comecei minha jornada em busca de mais um Android, via cada dia que passava minha lista crescer, com mais modelos entrando e nenhum sendo descartado. Se fosse pra comprar um iPhone, seria moleza; escolheria um 4 ou 4S e pronto. Mas não é assim quando se tem centenas à sua disposição. Na minha lista estavam o Razr, o Galaxy S2/S3, o Galaxy Note Branco, o Galaxy Nexus (X), o Optimus 3D, o Xperia Arc S e o Lumia 800. Então, como saber qual deles eu iria escolher? Bom, comecei a fazer a seleção por vários pontos que irei listar agora.

Qual deles eu menos gostaria de ter?

Comecei justamente por esse ponto. Acho que é o ponto mais fácil. Dentre uma lista de vários, sempre há aquele que você mais deseja e o que fica lá na lanterninha. Comecei riscando o LG Optimus 3D. Vi seus vídeos, seus reviews e nada. Não me emocionou nem um pouco.

Novas experiências:

Neste quisito, só há duas novidades: o Android 4.0 e o Windows Phone. Desejava os dois. Portanto, nada mudou!

Hardware:

De cara, o Arc x, da Sony, foi riscado. Mesmo eu amando este celular, ele é um single core e tem pouca RAM. Ok, nada que eu fosse perder muito, mas se quero algo duradouro, tenho que levar isso em conta, certo? era lindo. Um dos celulares mais bonitos que já tinha visto. Mas…

Qual o mais bonito?

Bom, o mais bonito tinha sido recém-riscado do mapa. Portanto, tinha que me contentar com os que sobraram. E dentre eles, o mais feinho, pra mim (que fique bem claro o pra mim!!!), é o Galaxy S2. Na verdade, não é feio, mas o menos bonito dentre os que sobraram da lista. Mas ele tem um hardware estupendo. Portanto, permaneci com ele na lista.

Aplicativos:

Sem sombra de dúvidas, o Android. Portanto, neste caso, a linha Lumia, por mais que esteja com mais de 70.000 aplicativos, fica de fora, pois vários que eu tenho, não terei mais. Mas não está descartado, ainda.

Mesmo hardware, mas diferentes:

Aqui eu fiquei realmente na dúvida. Todos têm excelente tela, todos são dual core (menos o S3), todos têm 1Gb de RAM. Mas e memória externa? Todos têm, menos o Nexus. Mas são 16Gb. Sobrevivi quase um ano com um iPhone de 8Gb. Não sou daqueles que entopem o celular com aplicativos que vou e que não vou usar. Músicas? Ouço bastante, mas do meu trabalho pra casa e vice-versa, ouço, no máximo, umas 3 ou 4. Acho que, se eu tiver uns 200 MP3s no celular, está bom. Mas não vai sobrar espaço pra backup… Onde vou fazer meus backups? Oh, dúvida… Ah, existe a nuvem pra isso…

Pontos finais (ou uma pausa pra reflexão)

Bom, até aqui sobraram o Razr, todos os Galaxys e o Lumia. Agora, um dos tópicos mais importantes, se não for O mais importante, o tópico que todos devem levar em consideração ao comprar um smartphone hoje em dia, que é pra não ficar reclamando depois: atualização. Eu bem poderia considerar a opção fabricante, mas, indiretamente, a atualização já diz muito da própria fabricante. Quem aqui já não sofreu com as atualizações da Motorola (ou a falta delas?)? Eu mesmo tenho um Atrix (o qual estou trocando), sei que roda o Android 4 muito bem, mas a Motorola não vai fazer o upgrade. Porém, se pensarmos mais, isso não ocorre apenas com a Motorola, mas com todas. Vejamos… Qual celular, e de qual fabricante, que, desde a versão 2.1 do Android, foi até a versão 2.3 ou até mesmo a 4.0? Nenhum. Na verdade, há um, mas não é propriamente de uma fabricante, mas uma marca, um celular especial.

Pensando muito no assunto, concluí que todos os celulares, hoje em dia, recebem apenas uma atualização. Isso mesmo: uma. 1. One. Uno. Vejamos:

Milestone [momento desabafo mode: on]:

O primeiro recebeu a atualização sofrida do Eclair pro Froyo. O segundo foi praticamente esquecido pela Motorola. O terceiro… putz… já saiu com o Gingerbread e não vai receber mais nenhuma atualização!!! Como assim, Motorola? Quem essa empresa acha que nós somos? Enfim. Motorola, nunca mais. [momento desabafo mode: off]

Galaxy S:

O tão falado e primeiro carro-chefe da Samsung, o primeiro Galaxy bonzão, veio com a versão 2.2 Froyo. Depois, veio a atualização pro 2.3 Gingerbread. E acabou.

Galaxy S2:

O segundo carro-chefe da Samsung, imbatível, teve o mesmo fim: começou com a versão 2.3 Gingerbread e recebeu, recentemente, a versão 4.0 ICS. E vai parar por aí.

Razr:

Nasceu um tempo depois que o Atrix, o celular mais poderoso do mundo (?). Já nasceu com a versão 2.3, quando já havia sido lançada a versão 4.0. Por que não lançar já com o ICS? Mas já foi atualizado. E parou por aí…

Galaxy Note:

Outro celular fodástico da Sammy que foi lançado com o Gingerbread, que recebeu a versão 4.0 há pouquíssimo tempo e que vai parar por aí.

Linha Xperia:

A Sony se esforça, mas também cai como as outras: lança um celular com o Gingerbread já na era do ICS. Ok, quase toda a linha XPeria (2011) foi atualizada, mas vai parar por aí, também.

Galaxy S3:

Já nasceu com o ICS, mas tenho certeza de que receberá apenas uma atualização, assim como todos os outros.

Galaxy Nexus (X):

Foi o celular que nasceu com o ICS, é da linha Nexus, fabricado pela Samsung e é um Google Phone. Portanto, este, sim, vai receber todas as atualizações que forem necessárias ou até que o Google diga o contrário.

Conclusão:

Parei no Nexus, mesmo. Não é o celular perfeito, tem falhas, mas é rápido, bonito, é atualizável, bacana, todos babam e vem com o Android puro, sem aquela coisa horrenda que é o MotoBlur (MotoCast, que, pra mim, é o mesmo), TouchWiz ou TimeScape. Confesso que demorei algumas semanas vendo vídeos, reviews, lendo sobre todos eles, ouvindo críticas e fazendo comparações. Sim, eu achei importante ver todos eles em ação, como se comportam. Não ligo a mínima para aqueles aplicativos (Quadrant e adjetivos) que marcam quantos quadros por segundo cada um roda, ou quem é o mais rápido. Não. A minha experiência de usuário, no dia a dia, que conta. Se ligo, uso e curto, bacana. Senão, tchau! Pra que ficar nisso de testar cada um? Isso nunca transmite a realidade. Quem só se baseia nisso nunca tem um celular real na mão. Até porque, o próprio Nexus saía perdendo em vários pontos, mas, quando era posto lado a lado com outro celular, vencia ou empatava ou perdia por segundos, às vezes, menos de 1 segundo de diferença. Mas nos tais aplicativos, a diferença era absurda. Se levasse isso em conta, não estaria com ele nas mãos.

Portanto, amigos, pesquisem. Pesquisem muito antes de comprar um celular, pois a pior coisa que existe é você ter um ótimo smartphone nas mãos e ficar preso nas mãos do fabricante. Optei por dar um basta nisso, até porque, não tenho grana pra ficar comprando celular a cada 6 meses. Saio perdendo em alguns pontos, mas ganho excelentes outros, também!

Ainda bem que, agora, o Google vai abrir a linha Nexus para mais 5 empresas! Ou seja, o que eu escrevi num texto anterior, tornou-se realidade (que cada fabricante seria obrigada pelo Google a ter um celular da linha Nexus, mas podendo fabricar outros, também)!!! Finalmente teremos vários que serão sempre atualizados!

******

Comentários do Richard:

Caraca que mais posso falar?

Ele falou praticamente tudo hauhauhaua, eu concordo com quase tudo que está escrito, mas eu no MEU CASO iria escolher outro aparelho como o novo Smart, o Samsung Galaxy III, mais para poder ver as novas tecnologias que vem com ele, do que propriamente pelo aparelho, pois muita coisa legal foi criada para ele, e mesmo que não se possa usar quase nada sozinho huahauhaua, e que vai demorar um pouco para que possamos encontrar um S III em cada esquina, eu escolheria ele.

Apesar que o Nexus é um dos melhores aparelhos que já vi. e sendo Google temos garantia de atualização do sistema.

7 COMENTÁRIOS

  1. Richard, em primeiro lugar, muito obrigado, novamente, por ter posto o meu texto no teu blog! Muito legal, mesmo!

    E cara, tb levei em conta todas as inovações tecnológicas do S3 e juro que fiquei tentado em pegá-lo. Porém, no meu caso, eu ia aproveitar pouca coisa dele. Estava preocupado com as atualizações, que é o que mais me irritam nos atuais aparelhos. Por isso optei pelo Nexus. Mas, putz… O Galaxy S3 é fenomenal, mesmo! E lá no fundo, quero ter um, tb! rs

  2. Cara, muito legal.
    Porém, como trabalho em loja, utilizei todos, menos o SII que deve chegar essa semana.
    LG – sistema lerdo, e o 3D muito legal, nos primeiros 5 minutos.
    Rzr – Muito Bom aparelho, rapido, mas muito problematico, trava muuuuito!!
    Sony – Coloquei aqui os 2 por que tive os mesmos problemas nos 2. Chip só funciona um especifico, travando, problemas com camera…
    Lumia 800 – Muito bom , rapido, porem apenas um core (Windows phone ainda nao gerencia dual) poucos aplicativos para Microsoft.
    SII – Sensacional esse aparelho, quase nenhum retorno/problema, rapidissimo, porem, esquenta demais (nao se preocupe, nao vai te queimar)
    Note – SII melhorado, nao esquenta mais rapido, a caneta é sansacional (ajuda muito na faculdade, heheh) e uns acham qualidade outros defeito, seu tamanho de 5 polegadas
    X – Ótimo aparelho,assim como o SII porem tive problemas com Blutooth, pareamento.

    Hoje eu pegaria o SIII para conhece-lo, mas caso tenha medo, Note em primeiro lugar, e SII na segunda posição…Samsung esta de Parabens no seu controle de qualidade!!!

  3. Buenas tardes!
    Gostei do artigo e concordo com o autor em alguns pontos!
    No meu caso já me decidi a não compra mais nenhum aparelho acima de R$999,99!Só isso ja elimina muita coisa!O mais importante é não me influenciar pelo modismo,lançamentos e outros bla bla blas do mundo tec!Hoje só penso na minha necessida e utilização diaria!
    Quando quero conhecer um novo SO ou até mesmo hardware espero um tempo pra baixar o preço e só ai compro!
    Mas claro,isso é minha humilde opinião!

  4. Pois é, galera… Foi um custo eu escolher qual deles eu iria ficar, mas como levei muito em consideração a atualização, optei pelo Nexus. Mas é aquilo, cada um leva em consideração aquilo que lhe parece melhor. Pode ser hardware, sistema operacional, atualização, fabricante… E como só tive decepção com upgrade, cortei o mal pela raiz e peguei um Google Phone.

    Praticamente todos que foram falados aqui nos comentários, como o HTC One X e o XPeria S, tb pesaram na minha escolha, mas não pus na lista justamente por falta de hardware para testar. Afinal, não é em qualquer lugar que se encontra um HTC por aqui, e com o XPeria S, acontecia o mesmo. Porém, com os dois eu acabaria caindo no mesmo problema: atualização.

  5. Eu poderia dizer que esse é um excelente post só pelo fato do modelo escolhido pelo autor ter sido minha escolha também, mas o fato é que se trata de um relato de experiência pessoal com tecnologia e isso faz muita diferença a meu ver.

    As ferramentas de benchmark são legais, mas muitas vezes mostram uma realidade “máquina” e não “humana”. Com isso algumas pessoas acabam deixando ótimos produtos de lado pelo simples fato de que os números de desempenho apresentados ficam abaixo deste ou daquele quando no uso real não se nota diferença alguma.

    Passei meu Samsung Galaxy S II pra frente e fiquei namorando um Galaxy X enquanto acompanhava o Galaxy S III na mídia. A interface limpa do X me cativou…4 das 5 telas ficam vazias, exibindo apenas o papel de parede pois tudo está concentrado em apenas uma. Toda a funcionalidade de que preciso está ali: avisos de mensagens de texto, e-mails, postagens do Facebook, checkins do Foursquare, Skype, blá, blá, blá. Perfeito para meu uso!!!

    Ontem assisti uns vídeos no YouTube de testes de queda entre um iPhone e um Galaxy S III (com Gorilla Glass 2). A julgar pelo que vi, o S III pareceu mais frágil que cristal pois em quase todos os testes o display quebrou ou rachou.

    Satisfeitíssimo com o Samsung Galaxy X

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.