Tempo para Leitura: 23 minutos

HR-V

O 28º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, maior evento do setor automobilístico da América Latina, é palco da avant première do novo Honda HR-V, próximo modelo da marca a ser produzido no Brasil. Concebido para exceder as novas demandas dos consumidores, o HR-V reúne de forma inédita as qualidades e pontos fortes de carros de diversos segmentos, com um posicionamento inovador.

Seu design aspiracional apresenta de forma única as linhas características de um cupê esportivo combinadas à força e postura robusta de um SUV, com um tamanho ideal de carroceria.

Em seu interior, o espaço, o conforto e a praticidade são pontos fortes.  Desenvolvido sob a filosofia “Máximo para o Homem, Mínimo para a Máquina”, e com uso de layout com tanque central, o HR-V permite acomodar até cinco passageiros e uso extensivo do compartimento de carga. A versatilidade do interior é garantida por meio da adoção do sistema ULT de adaptação dos assentos.

Destaca-se também o seu cockpit sofisticado, com console central elevado e uso de materiais macios ao toque, combinando áreas de tecido e couro, posicionando-o como veículo de classe superior.

Com tração dianteira e motor 1.8 i-VTEC aliado à transmissão CVT, o HR-V entrega alta performance e eficiência de combustível. Completando a experiência de pilotagem, a sensação de segurança que se espera ao embarcar em um veículo desta categoria está garantida pela posição de direção elevada.

Por estabelecer valores novos e agregar vantagens de segmentos distintos, o modelo irá conquistar consumidores de diversas categorias.

Para atender a alta demanda esperada para o HR-V, o veículo será produzido localmente e chegará ao mercado brasileiro no primeiro trimestre de 2015.

CR-V

Entre as novidades do 28º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, a Honda apresenta o renovado CR-V 2015. Como destaque, o utilitário esportivo traz alterações significativas no design externo, que o deixaram com aspecto mais moderno e robusto, e no design interno, tornando-se mais dinâmico e refinado, além da adição de novos equipamentos em todas as versões.

Com a mudança na grade frontal, a Honda inclui mais um veículo em seu portfólio que traz a nova identidade visual da marca – “Solid Wing Face”. Na dianteira, os faróis têm novo formato e agora possuem luzes de navegação diurna em LED, assim como novos faróis de neblina e para-choque redesenhado.

A traseira também foi reformulada, com novo para-choque e um detalhe cromado que avança sobre as lanternas. Além disso, as rodas 17” contam com um novo design, ainda mais esportivo.

O CR-V continuará equipado com o conceituado motor 2.0 i-VTEC com tecnologia FlexOne, disponível exclusivamente no mercado nacional, e câmbio automático de cinco velocidades, nas versões com tração 4×2 ou 4×4.

O interior do SUV está mais sofisticado e trará novas tecnologias. O painel tem design inédito com textura Soft Touch, novos acabamentos e detalhes cromados. O console central foi totalmente renovado, está maior e mais prático, com a saída de ar para o banco traseiro em todas as versões.

Mais tecnológico, o CR-V possui uma nova central multimídia com tela de 7” touch screen, aperfeiçoada para oferecer maior conectividade com o usuário, além de câmera de ré com sistema multivisão. Novos equipamentos, como botão de partida Start/Stop, abertura da porta do motorista por aproximação (Smart Entry), luz indicadora de direção nos espelhos retrovisores com sistema “Tilt Down” e airbag lateral em todas versões reafirmam a posição do CR-V como benchmark do segmento.

O novo Honda CR-V será lançado no Brasil no primeiro semestre de 2015.

FIT

Desde 2003, quando foi lançado, o Fit é um dos modelos de maior sucesso da Honda no Brasil. Neste ano, alcançou a marca histórica de 500 mil unidades produzidas em Sumaré (SP). Na linha 2015, o monovolume apresenta uma evolução em seus principais atributos, como espaço interno aprimorado, versatilidade dos bancos traseiros, economia no consumo de combustível e design totalmente renovado e arrojado com uma inspiração mais esportiva.

Em sua terceira geração, o Fit está completamente redesenhado, com qualidades que agradam o público mais exigente. Entre os destaques estão a combinação de estilo e desempenho, aliados a uma tecnologia de ponta que reforça o conceito “Máximo para o Homem, Mínimo para a Máquina” – valorização da ergonomia para os ocupantes e otimização do espaço para componentes mecânicos.

O modelo é comercializado em quatro versões, todas com motor 1.5 i-VTEC FlexOne. As duas de entrada (DX e LX) contam com transmissão manual de cinco velocidades ou CVT (Continuously Variable Transmission – Transmissão Continuamente Variável), enquanto as top de linha (EX e EXL) são equipadas exclusivamente com o câmbio CVT.

Design sofisticado e moderno

O Fit 2015 inaugurou a nova identidade visual da Honda, com o conceito “Solid Wing Face” bem evidenciado na parte frontal dos veículos, especialmente no conjunto óptico e grade dianteira. O design do novo modelo se tornou ainda mais sofisticado, moderno e dinâmico.

Nas laterais, a carroceria tem linha de “cintura alta” e um vinco levemente angulado para baixo, da porta dianteira até o início das lanternas traseiras, diferencial que trouxe mais elegância ao Fit. Os retrovisores exibem um design exclusivo e estão equipados com repetidores de luzes de direção (EXL).

As lanternas traseiras também possuem novo desenho, assim como o para-choque, que recebeu defletores de ar, e o aerofólio com break light. O visual esportivo se completa com a adoção de novas rodas de liga leve aro 15” (LX) e 16” (EX e EXL).

A parte frontal do veículo ficou mais agressiva, transmitindo a sensação de mais robustez e segurança, enquanto a parte traseira reformulada reforça a esportividade do novo Honda Fit.

Conforto e versatilidade

Para ser o número 1 em aproveitamento de espaço da categoria, o Fit 2015 teve a área de cabine ampliada em relação à segunda geração. A largura foi mantida (1.695 mm), mas a sensação de espaço no interior ficou evidente com o aumento da distância entre-eixos em 30 mm, passando a 2.530 mm. A nova geração também apresenta uma evolução no comprimento, passando de 3.900 mm para 3.997 mm.

A posição central do tanque de combustível foi mantida. Com capacidade para 45,7 litros, o reservatório recebeu melhorias, como o reposicionamento das estruturas de assoalho, aperfeiçoando a segurança do tanque. Como resultado, foi possível um aproveitamento de espaço interno ainda maior, acomodando os passageiros com muito conforto e mantendo a ampla área para bagagem.

O novo Fit oferece excelente ergonomia, tanto para o motorista como para os passageiros. Os bancos foram projetados para garantir conforto e sofisticação. Compostos de uretano de baixa repulsão, mais densos e macios, dão uma sensação de aconchego e firmeza. Os encostos dos bancos dianteiros podem ser ajustados de forma rápida por meio de uma alavanca, quando é necessário incliná-los, ficando sempre em posição confortável. Para o revestimento dos assentos foram adotados padrões em tecido (DX, LX e EX) e couro (EXL), que conferem sofisticação e bom gosto.

Com a redução do comprimento do braço de suspensão traseiro, a distância entre os passageiros aumentou 80 mm em relação à geração anterior, assim como o espaço traseiro para as pernas dos ocupantes, que agora é 122 mm maior. Além disso, o perfil reduzido do tanque de combustível permite uma distância de regulagem de assento 10 mm superior.

No Fit 2015, os assentos ultraversáteis que faziam parte do sistema ULT (Utility Long Tall) ganham uma nova forma de configuração, além das três já existentes na geração anterior. O modelo passa a contar com o sistema ULTRa-Seat, nas versões LX, EX e EXL, com o novo modo Refresh, onde o encosto dianteiro alinha-se ao assento traseiro, em um encaixe que aumenta a capacidade de acondicionamento do veículo.

O interior do monovolume possui, ainda, espaços versáteis de armazenamento, com porta-luvas, porta-copos, porta-objetos, porta-revistas e porta-bebidas. O porta-objetos localizado ao lado esquerdo do motorista traz uma maior conveniência ao contar com um flip retrátil, que comporta tanto um celular de forma ajustada até um copo grande.

Entre os itens de conveniência e conforto, o Fit 2015 traz ar-condicionado, vidros verdes com filtro UV, travas e espelhos elétricos (LX, EX, EXL).

Painel de instrumentos

O painel de instrumentos também foi redesenhado e apresenta uma interface avançada, possibilitando uma clara leitura de todas as informações que o motorista necessita, sem que ele precise desviar sua atenção da direção.

Na versão EXL, um design diferenciado com predominância da cor azul o torna ainda mais sofisticado e com um toque futurista. O conjunto é composto por tacômetro, indicador da posição da manopla (CVT), velocímetro, relógio, hodômetros total e parcial, indicador de consumo médio e instantâneo (em km/l), medidor de combustível e indicador ecológico. Nas demais versões, a iluminação azul é substituída pela cor âmbar.

Sistema de áudio

Para as versões EX e EXL, o sistema de áudio 2DIN, é composto por rádio AM/FM com um visor LCD de 5” e Bluetooth, câmera de ré com três ângulos de visão (panorâmica, normal e superior), leitores de arquivos no formato MP3/WMA, entradas auxiliares P2 (tipo fone de ouvido) e porta USB. O sistema HFT (Hands-Free Telephone), posicionado junto ao volante, possibilita o atendimento de uma ligação por meio da conexão sem fio juntamente com a função de viva-voz.

A versão LX dispõe de rádio AM/FM 2DIN com Bluetooth e entrada USB, enquanto a DX disponibiliza todo o cabeamento para a instalação de sonorização.

Direção mais leve e menor ruído interno

O novo Honda Fit é equipado com o EPS (Electric Power Steering), um sistema de direção eletricamente assistida, que torna a sua condução mais leve em manobras em baixas velocidades e mais firme em altas. O esforço ao esterçar é reduzido por meio do auxílio de um pequeno motor elétrico comandado por um módulo eletrônico, que atua sobre o pinhão na caixa de direção. As versões DX e LX oferecem o ajuste de altura da coluna da direção e as versões EX e EXL também possuem regulagem de profundidade.

Nesta geração, o sistema de suspensão foi redimensionado para ocupar um espaço menor e oferecer maior eficiência. O novo conjunto diminui a variação de cambagem ao longo do curso dos amortecedores, o que dá mais estabilidade, principalmente em relação à aceleração lateral durante as curvas.

A suspensão dianteira rígida conta com um “rebound stopper”, enquanto a suspensão traseira apresenta uma redução na sensibilidade da carroceria. Além disso, as portas são duplamente seladas, ajudando a reduzir consideravelmente o nível de ruído na cabine. Foram aplicados também novos amortecedores traseiros, com o objetivo de aumentar ainda mais o conforto para os ocupantes do veículo.

Motor e transmissão

Sob o capô do monovolume há mais novidades. Toda a linha conta agora com o motor 1.5 i-VTEC FlexOne, equipado com o controle eletrônico variável de sincronização e abertura de válvulas. Criada pela Honda, a tecnologia varia o tempo e a profundidade de abertura das válvulas para obter a máxima eficiência em diferentes regimes de rotação. Assim, oferece excelente desempenho economizando combustível.

O motor gera 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgf.m de torque a 4.800 rpm quando o combustível escolhido for o etanol. Para ser ainda mais eficiente, houve aumento da taxa de compressão, o comando de válvulas foi redesenhado, com atrito e peso reduzidos, aumentando o torque em baixas rotações e proporcionando uma melhor dirigibilidade, aceleração e redução de consumo de combustível. A melhora de eficiência é perceptível quando analisado o consumo de combustível (Conpet) em relação à geração anterior: 17% menor nas versões CVT e 8% nas equipadas com transmissão manual.

Outro grande destaque é a adoção da avançada tecnologia que dispensa o subtanque de partida a frio, o sistema FlexOne, que entra em ação depois do acionamento do controle que destrava as portas. Para isso, um conjunto de injetores com aquecedores integrados age diretamente no combustível quando há uma alta concentração de etanol, levando-o à temperatura ideal para deixar a mistura ar/combustível pronta para o uso imediato do motor. O resultado é uma partida rápida e segura, mesmo em situação de baixa temperatura ambiente.

A transmissão CVT está disponível no modelo, agora na nova geração Earth Dreams. A principal novidade é que o sistema apresenta conversor de torque e uma elasticidade de giro maior, o que melhora a tração em baixas velocidades, proporcionando uma resposta mais rápida, aceleração linear e economia de combustível. Com isso, a força do motor principalmente em subidas mais íngremes é ampliada e a concepção moderna de aceleração gradual e contínua torna a direção mais suave e ágil.

As versões com CVT também evoluíram em relação à redução de peso (16% comparado ao sistema anterior) e à economia de combustível (elasticidade de rotação 12% maior).

Tecnologia e segurança

O compromisso da marca com a segurança também está evidente no novo conjunto de freios, a disco na dianteira e tambor na traseira, dotados de ABS, que evita o travamento das rodas para uma frenagem mais segura e eficaz. O modelo também conta com airbags frontais em todas as versões, airbags laterais para motorista e passageiro da frente (EXL), cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes, além de pontos de ancoragem para assentos infantis compatíveis com os tipos ISOFIX e LATCH.

O Honda Fit 2015 traz recursos antifurto, sistema de abertura e fechamento das portas com alarme (LX, EX e EXL) e imobilizador na chave (em formato canivete nas versões EX e EXL), além de trava de segurança nas portas traseiras. A linha possui três anos de garantia, sem limite de quilometragem, e está disponível nas cores:

Azul Netuno Metálico (novo)

Cinza Barium Metálico (novo)

Cinza Iridium Metálico

Vermelho Rally Sólido

Preto Cristal Perolizado

Prata Global Metálico

Branco Taffeta Sólido

Preços públicos sugeridos:

EXL CVT       R$ 65.900

EX CVT         R$ 62.900

LX CVT          R$ 58.800

LX MT            R$ 54.200

DX CVT         R$ 54.500

DX MT           R$ 49.900

CIVIC

Excelente dirigibilidade, alta tecnologia, sofisticação e design avançado foram atributos decisivos para consagrar o Honda Civic junto ao exigente consumidor de sedãs médios e consolidá-lo como referência em seu segmento no Brasil. O Civic 2015 mantém suas mais cobiçadas características, agora combinadas a uma evolução estética que o torna mais arrojado, esportivo e jovial. Disponível em duas versões, LXS e LXR, o sedã terá sua linha ampliada no início de 2015, com a chegada da configuração top de linha EXR.

As alterações internas contemplam ambas as versões e conferem um aspecto esportivo e sofisticado, com a parte superior do painel agora na cor preta, em um contraste impactante com a parte inferior em cinza-claro. Além disso, a nova pintura com acabamento metalizado da moldura do painel de instrumentos e do sistema de áudio destaca a sensação de modernidade e alta qualidade. Na versão LXR, para complementar a evolução visual interna, os botões de comando no volante possuem aro cromado.

O design externo dessa versão também traz importantes alterações, com destaque para o novo conjunto frontal, formado pela grade dianteira renovada, a barra cromada na tomada de ar do para-choque e os faróis de neblina, com novo desenho, agora em formato circular e não mais elíptico, como no modelo anterior. Outra mudança que acentua a esportividade da versão LXR é o novo conjunto de rodas de liga leve aro 17”, com design exclusivo e acabamento diamantado. Os novos pneus 205/50R17 garantem melhor dirigibilidade, além de menor resistência ao rolamento, sem comprometer o conforto dos passageiros.

FlexOne para toda a linha

A versão de entrada (LXS) passou a ter na linha 2015 o moderno sistema FlexOne, que dispensa o subtanque para partida a frio. Com ele, ao acionar o controle da chave para destravar as portas, um conjunto de aquecedores entra em ação diretamente na linha de combustível tornando a temperatura, principalmente do etanol, ideal para compor uma mistura ar/combustível pronta para entrar em combustão imediata. O resultado é uma partida rápida e segura, mesmo em situação de baixa temperatura ambiente.

O motor i-VTEC 1.8 SOHC produz potência máxima de 140 cv a 6.500 rpm com a utilização de etanol – quando abastecido com gasolina, são 139 cv a 6.200 rpm. Além da opção de transmissão manual com seis velocidades, a versão LXS conta com a caixa automática de cinco velocidades, que proporciona ao condutor uma direção mais prazerosa e confortável.

Na versão LXR, que já dispunha do sistema FlexOne, foi mantida a motorização i-VTEC 2.0 SOHC, garantindo performance com economia de combustível. Este propulsor desenvolve 155 cv de potência a 6.300 rpm quando abastecido com etanol e 150 cv com gasolina, na mesma rotação. O Civic LXR ainda conta exclusivamente com a transmissão automática equipada com paddle shift (aletas atrás do volante), para proporcionar uma condução mais esportiva.

Tecnologia também é destaque

O Civic 2015 continua equipado com a função ECON, que permite uma condução mais econômica. Ao ativar o recurso por um botão, diversos sistemas do veículo alteram seu funcionamento para privilegiar o baixo consumo de combustível, como o controle eletrônico da injeção – ETCS (Electronic Throttle Control System) – e o ar-condicionado.

Além disso, todas as versões possuem central inteligente (i-MID), que exibe em um monitor LCD colorido de 5 polegadas diversas informações gerais do veículo, como sistema de áudio, computador de bordo e imagem da câmera de ré. O ar-condicionado é digital, possibilitando a manutenção da temperatura ideal no habitáculo. Destaque também para o farol baixo com projetores do tipo canhão, que aprimora o foco, proporcionando mais segurança devido ao melhor direcionamento da luz em condução noturna. A versão LXR ainda possui função de acendimento automático dos faróis.

O Honda Civic 2015 traz direção assistida por sistema elétrico EPS (Electric Power Steering), freios a disco nas quatro rodas, ABS (antitravamento) e EBD (distribuição de frenagem).

Novas cores

A linha Civic 2015 possui três anos de garantia, sem limite de quilometragem, e está disponível nas cores:

Azul Denim Metálico (Novo)

Cinza Barium Metálico (Novo)

Branco Taffetá Sólido

Preto Cristal Perolizado

Prata Global Metálico

Cinza Iridium Metálico

Os preços públicos sugeridos para o modelo com pintura sólida são:

LXS MT         R$ 68.400

LXS AT          R$ 71.500

LXR AT           R$ 75.900

CIVIC SI

A Honda resgata sua tradição esportiva e amplia a linha Civic trazendo ao Brasil o novo Civic Si Coupé. Considerado um ícone em seu segmento, o modelo é apresentado ao público pela primeira vez no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. Nesta geração, traz motor mais potente, suspensão reformulada e interior exclusivo. Com design arrojado, o carro está pronto para impressionar os admiradores de alta performance, chegando no final de outubro às concessionárias.

A carroceria coupé enfatiza o espírito esportivo do Civic Si, característica marcante do DNA Honda identificada em vários detalhes, como a exclusiva grade com o logo “Si”, faróis, para-choque e para-lamas integrados, rodas aro 18” de liga leve diamantadas e linhas fluidas e aerodinâmicas que seguem por toda a lateral do carro. Além do design que acentua a esportividade do modelo, o conjunto óptico possui lentes de policarbonato de alta resistência e faróis auxiliares posicionados nas entradas de ar laterais do para-choque, oferecendo uma iluminação de maior alcance e mais eficiente.

Na traseira, o visual marcante é representado por lanternas com novo design, amplo aerofólio, ponteira de escapamento cromada, difusor de ar no para-choque e o emblema “Si” na tampa do porta-malas.

Máximo prazer ao dirigir

O “sobrenome” Si (Sport Injection) traduz toda exclusividade e esportividade deste novo coupé. O modelo chega para conquistar os motoristas que buscam um perfil diferenciado de carro esportivo, aliando alta performance com grande estilo. Produzido em Alliston, no Canadá, o Civic Si Coupé utiliza a mesma plataforma do Civic sedã, porém com personalidade própria.

A alta tecnologia de desenvolvimento dos materiais empregados no motor 2.4
i-VTEC 16 válvulas DOHC a gasolina, incluindo o alumínio no bloco, cabeçote e cárter, e o comando de válvulas variável permitiram atingir a potência de
206 cv a 7.000 rpm e o torque de 23,9 kgf.m a 4.400 rpm, com uma taxa de compressão de 11:1 – em relação à versão anterior do Civic Si, 2.0 i-VTEC, a potência teve um aumento de 14 cv e o torque de 5 kgf.m. A rotação pode chegar a 7.100 rpm, característica de um propulsor “elástico” capaz de proporcionar uma condução esportiva, oferecendo agilidade e força em qualquer condição, sem o auxílio de compressores ou turbinas, e ainda permitir economia de combustível.

O motor foi projetado para oferecer uma aceleração forte e linear com baixo consumo e, consequentemente, baixas emissões de poluentes. Esta versão
i-VTEC possui variação de abertura de válvulas tanto na admissão como na exaustão, permitindo excelente torque em baixas rotações e potência em altos giros. No painel, um LED laranja acende ao lado do nome i-VTEC no exato momento em que o sistema privilegia a potência em altos giros, aumentando a abertura de uma válvula de admissão e uma de exaustão, por cilindro. Além de um comportamento altamente esportivo, o som do sistema de escapamento é uma melodia para os apaixonados por performance.

Mantendo a tradição da marca, que leva para os carros de rua seu DNA dos bólidos de pista, o câmbio do Civic Si Coupé é manual de seis velocidades dotado de diferencial com deslizamento limitado LSD (Limited Slip Differential), que distribui melhor o torque tanto em curvas como em arrancadas. O modelo também conta com o sistema VSA (Vehicle Stability Assist) para auxiliar no controle da estabilidade, quando é preciso retomar o domínio do veículo em situações de sobre-esterço (saída de traseira) e subesterço (saída de frente). Sua central eletrônica detecta falhas de aderência e possível perda de trajetória, freando e liberando na intensidade exata a roda afetada para que o carro retorne à direção correta, além de atuar sobre o sistema de injeção/ignição eletrônica, quando necessário.

Para complementar o conjunto esportivo, a suspensão dianteira do tipo MacPherson e a traseira Multi-Link passaram por alterações na geometria e trazem novos componentes. No sistema traseiro, as molas estão com maior ângulo, os amortecedores têm nova calibragem e a barra estabilizadora está mais rígida, oferecendo mais estabilidade mesmo em curvas acentuadas.

Os pneus 225/40R18 também contribuem para o excelente desempenho do Civic Si Coupé, assim como a direção com assistência elétrica EPS (Electric Power Steering). Este sistema não requer fluido, pois é acionado a partir de um motor de corrente contínua de alta potência, facilitando a realização de manobras. O motor recebe uma tensão de 12 volts proveniente do gerenciamento da unidade do EPS, que capta sinais do sensor de torque. O resultado é uma direção mais leve em manobras de estacionamento, por exemplo, e mais precisa em altas velocidades. No sistema de freios, foram adotados discos ventilados na dianteira e discos rígidos na traseira, com ABS (antitravamento) e EBD (distribuição de frenagem), garantindo segurança em todas as situações.

Cockpit de um esportivo genuíno

Inspirado em carros de competição, o interior do Civic Si Coupé ressalta sua esportividade com o revestimento dos bancos nas cores preta e vermelha, além do painel, que traz componentes com aspecto de fibra de carbono e instrumentos com iluminação vermelha, criando uma diferenciação clara em relação ao restante da linha.

O toque final de esportividade fica por conta do shift light, sistema localizado no painel superior à esquerda que informa a aproximação da rotação de potência máxima do motor: conforme o giro aumenta, seis luzes acendem gradativamente em linha. As primeiras quatro são na cor laranja e as duas últimas são vermelhas – a última indica que o motor está produzindo sua potência máxima, no limite de suas rotações. Ao lado, o motorista ainda encontra velocímetro e os medidores de combustível e temperatura do motor. Na parte inferior estão conta-giros, hodômetro digital, avisos visuais e indicador de temperatura externa.

Também está integrado ao painel o visor LCD i-MID com a nova função Power Monitor, que indica por meio de um gráfico de barras a evolução da potência do motor. No painel central, está o Display Audio, uma tela de 7” sensível ao toque que reproduz imagens da câmera de ré com três níveis (visão normal, com campo ampliado e de cima para baixo), além de informações do CD/MP3 player, Bluetooth, entradas USB e HDMI para iPod/iPhone, computador de bordo com dados do veículo e ar-condicionado digital. O conjunto de áudio de alta definição traz quatro alto-falantes, dois tweeters e um subwoofer.

No interior, a versão Si está identificada pelo logo nos tapetes (opcionais), bancos e no volante multifuncional, que inclui os controles do sistema multimídia e velocidade de cruzeiro. A esportividade e grande estilo são reforçados com o teto solar elétrico, a manopla e o volante revestidos em couro e os pedais de alumínio.

Disponível nas cores sólidas Taffeta White e Rallye Red e nas perolizadas Crystal Black e Orange Fire, o Civic Si Coupé tem preço público sugerido de R$ 119.900,00 independentemente da cor, com três anos de garantia, sem limite de quilometragem.

 

Civic Si Coupé – Equipamentos

Logo “Si” na grade dianteira, tampa do porta-malas, volante, bancos e tapetes

Rodas de liga leve aro 18”

Faróis de neblina

Vidros, travas das portas e retrovisores elétricos

Ar-condicionado automático e digital

Câmera de ré

Teto solar elétrico

Áudio com visor LCD de 7” (CD/AM-FM/USB/Bluetooth)

4 alto-falantes, 2 tweeters e 1 subwoofer

Painel de instrumentos com iluminação vermelha

Revestimento de couro no volante e manopla de câmbio com detalhe em alumínio

Bancos com revestimento em tecido exclusivo nas cores preta e vermelha

Volante multifuncional com regulagem de altura e profundidade

Piloto automático

Airbags frontais, laterais e de cortina para motorista e passageiro dianteiro

CITY

Recém-lançado no mercado nacional, o City 2015 é um dos destaques da Honda no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. Totalmente renovado, o sedã passou por mudanças no design, espaço interior e conjunto mecânico, trazendo alto nível de sofisticação com um toque de esportividade, características que o colocam em um patamar superior aos carros de sua categoria. Entre os destaques da linha estão as inovações tecnológicas, como o inédito ar-condicionado digital com comandos touch screen, e o requinte no acabamento, com detalhes cromados e em black piano (preto brilhante) no painel.

Em sua segunda geração no Brasil, o City está disponível em quatro versões – DX, LX, EX e EXL – com estilo arrojado, maior conforto e eficiência, oferecendo melhor desempenho e menor consumo de combustível. O conceituado motor 1.5 i-VTEC 16V agora conta com a tecnologia FlexOne, que dispensa o tanque auxiliar de gasolina para partida a frio, pois aquece o combustível no próprio bico injetor, quando necessário. Outra novidade é a chegada da transmissão CVT à linha City 2015, que traz como destaque a configuração com sete marchas virtuais e paddle shift (aletas) atrás do volante, nas versões EX e EXL, aumentando o prazer ao dirigir.

Elegância com um toque de esportividade

Seguindo a nova identidade visual da Honda, o City 2015 traz o conceito “Solid Wing Face”, evidenciado pelo conjunto frontal, com grade, faróis e para-choque integrados, proporcionando um perfil elegante e ao mesmo tempo esportivo. O capô recebeu dois vincos acentuados, assim como toda a lateral, o que confere mais robustez ao modelo. Na traseira, as lanternas foram alongadas e envolvem as laterais do carro. Um friso cromado no centro da tampa do porta-malas oferece um acabamento refinado ao conjunto e transmite um status premium ao novo sedã.

Baseado no conceito “Máximo para o Homem, Mínimo para a Máquina”, o City 2015 está mais espaçoso e confortável em relação ao modelo anterior, com acabamento sofisticado e alta tecnologia. Com a distância entre-eixos ampliada em 50 mm (2.600 mm) e o comprimento total em 55 mm (4.455 mm), o modelo passou a ter espaço interno equivalente aos sedãs da categoria superior a sua.

Para o motorista e passageiro do banco dianteiro, a distância entre os ombros foi aumentada em 40 mm e o espaço da cabeça ao teto está 10 mm maior. Os passageiros do banco traseiro também contam com mais espaço para as pernas, com o aumento de 60 mm na distância para os bancos da frente e mais 70 mm no espaço para os joelhos. As bagagens e objetos podem ser facilmente acomodados no porta-malas, que teve o acesso ampliado em 20 mm e possui capacidade para 536 litros.

Para aperfeiçoar a ergonomia e evidenciar o alto padrão de sofisticação do City 2015, o painel traz novo design com detalhes cromados e em black piano (preto brilhante), nas versões EX e EXL. Os instrumentos, com fundo preto e iluminação azul, indicam velocidade, rotação do motor, posição de marcha, consumo médio, consumo instantâneo e autonomia.

Como destaque, o modelo traz ar-condicionado digital com comandos touch screen, inédito em seu segmento. Além dessa inovação, o sedã possui central multimídia com monitor de 5”, câmera de ré (visão normal, com campo ampliado e de cima para baixo), oito alto-falantes, controle de áudio no volante, Bluetooth e entradas auxiliares para USB e iPod/iPhone. O City 2015 traz, ainda, airbags frontais em todas as versões e também laterais para motorista e passageiro da frente na EXL. Os cintos de segurança são de três pontos para todos os ocupantes e há ancoragem para assentos infantis compatíveis com os tipos ISOFIX e LATCH.

Performance e eficiência

O City 2015 recebeu o novo motor 1.5 i-VTEC FlexOne, que oferece alta performance aliada à redução do consumo de combustível. Esse propulsor de quatro cilindros e 16 válvulas gera 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgf.m de torque a 4.800 rpm, quando abastecido com etanol – são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgf.m a 4.800 rpm com gasolina.

O excelente desempenho é garantido especialmente pelo comando de válvulas variável, que controla eletronicamente a sincronização e abertura das válvulas, permitindo respostas eficientes em todas as faixas de rotação. Além desse sistema, o motor foi otimizado com o aumento da taxa de compressão e a redução de peso e atrito de componentes.

Com a avançada tecnologia FlexOne, o sedã deixa de ter o tanque auxiliar de partida a frio e passa a contar com um conjunto de injetores com aquecedores integrados. Quando há uma alta concentração de etanol e baixa temperatura ambiente, os injetores aquecem o combustível de acordo com a necessidade, resultando em uma partida rápida e segura.

Outra novidade no City 2015 é o câmbio CVT (Continuously Variable Transmission – Transmissão Continuamente Variável) com sete marchas virtuais e paddle shift (aletas no volante), disponível nas versões EX e EXL. O sistema possui conversor de torque e uma elasticidade de giro maior, o que melhora a tração em baixas velocidades, proporcionando uma resposta mais rápida, aceleração linear e economia de combustível. Na versão de entrada, DX, o câmbio é manual de cinco marchas e a LX vem equipada com o CVT convencional.

Para acompanhar a evolução de todo o conjunto mecânico e aprimorar a dirigibilidade, o conforto e a segurança, a suspensão e os freios também passaram por alterações. Na dianteira, o sistema do tipo MacPherson tem nova geometria, recebeu componentes mais leves e conta agora com um batente hidráulico para reduzir o efeito “rebound” (ricochete) – evita o impacto da suspensão no final do curso ao sair de uma lombada, por exemplo. Na traseira, as principais mudanças foram a adoção de buchas hidráulicas e de um eixo de torção mais rígido.

Disponível nas cores Marrom Júpiter Metálico (inédito e exclusivo do modelo), Cinza Barium Metálico, Cinza Iridium Metálico, Prata Global Metálico, Branco Taffetá e Preto Cristal Perolizado, a linha City 2015 oferece três anos de garantia, sem limite de quilometragem.

Versões e equipamentos

City DX MT – R$ 53.900

Rodas de aço aro 15” com calotas

Câmbio manual de cinco velocidades

Retrovisores, travas das portas e vidros elétricos

Áudio CD/MP3 player

Direção elétrica EPS

Ar-condicionado manual

Painel de instrumentos com iluminação na cor âmbar

Descanso de braço central no banco traseiro

Airbags frontais

City LX CVT – R$ 62.900

Grade dianteira e friso traseiro cromados

Rodas de liga leve aro 16” diamantadas

Retrovisores, travas das portas e vidros elétricos

Áudio CD/MP3 player com 4 alto-falantes

Direção elétrica EPS

Câmbio CVT

Ar-condicionado manual

Painel de instrumentos com iluminação na cor âmbar

Banco traseiro bipartido com descanso de braço central

Airbags frontais

City EX CVT – R$ 66.700

Grade dianteira, maçanetas externas e friso traseiro cromados

Faróis de neblina

Retrovisores externos com luzes indicadoras de direção

Rodas de liga leve aro 16” diamantadas

Retrovisores, travas das portas e vidros elétricos

Direção elétrica EPS

Câmbio CVT com paddle shift

Ar-condicionado digital com comando touchscreen

Sistema multimídia com monitor de 5” e 8 alto-falantes

Controle de áudio no volante

Câmera de ré

Bluetooth

Piloto automático

Airbags frontais

City EXL CVT – R$ 69.000

Grade dianteira, maçanetas externas e friso traseiro cromados

Faróis de neblina

Retrovisores externos com luzes indicadoras de direção

Rodas de liga leve aro 16” diamantadas

Retrovisores, travas das portas e vidros elétricos

Direção elétrica EPS

Câmbio CVT com paddle shift

Ar-condicionado digital com comando touchscreen

Sistema multimídia com monitor de 5” e 8 alto-falantes

Controle de áudio no volante

Câmera de ré

Bluetooth

Piloto automático

Bancos e volante de couro

Apoio de braço dianteiro central

Airbags frontais e laterais dianteiros

ACCORD

Um projeto que une alta tecnologia, ótimo desempenho e nível máximo no quesito refinamento: esse é o Honda Accord. Importado dos Estados Unidos, o sedã de luxo está em sua nona geração e apresenta um estilo que encontra o perfeito equilíbrio entre o esportivo e o sofisticado.

Com engenharia diferenciada, componentes eletrônicos e itens de segurança que combinam com a credibilidade já consagrada do modelo, o Accord está disponível em duas versões: EX L4 2.4, com motor 4 cilindros em linha DOHC i-VTEC de 16 válvulas, e EX V6 3.5, com motor 6 cilindros em V SOHC i-VTEC de 24 válvulas. Um dos grandes destaques dessa geração é a tecnologia inovadora utilizada na produção de seu subchassi, que consiste na junção de aço e alumínio, proporcionando uma estrutura mais segura em caso de colisão frontal. Outro ponto de destaque é a suspensão dianteira MacPherson com coxim ativo, que melhora a estabilidade, além de reduzir o ruído e a vibração interna.

O estilo aerodinâmico do Honda Accord é o mais sofisticado da linha e sua carroceria é composta por 55% de aço de alta resistência. O design do sedã é elegante e ousado ao mesmo tempo, complementado pelas rodas de liga leve aro 16” para a versão L4 e aro 17” para a V6, que também traz as duas ponteiras de escapamento cromadas.

No interior, o revestimento em couro oferece aos ocupantes um alto padrão de refinamento, aliando conforto a uma impressionante gama de tecnologia. Os bancos dianteiros trazem ajustes elétricos e o ar-condicionado possui controle de temperatura automático dual zone. O modelo acomoda confortavelmente cinco passageiros e o porta-malas tem capacidade para 461 litros.

Tecnologia de ponta

O modelo traz de série vários itens desejados pelos consumidores, como as lanternas traseiras com LEDs e central multimídia inteligente (i-MID), que inclui tela full color de 8 polegadas, câmera de ré multivisão (traseira, angular e de cima para baixo), viva-voz HFT (Hands-FreeTelephone) Bluetooth e sistema de áudio com entradas USB e para iPhone/iPod.

O Accord conta com assistente de subida em ladeiras HSA (Hill Start Assist), sensores de estacionamento traseiros, para-brisas acústicos e acendimento automático de faróis, além do sistema ECON, para uma condução mais econômica. Quando o dispositivo é ativado, diversos sistemas do veículo têm o funcionamento alterado para privilegiar o baixo consumo de combustível.

A versão top de linha V6 possui, ainda, iluminação de LED nos faróis dianteiros, sistema inteligente de abertura das portas por aproximação (Smart Entry) e acionamento da ignição sem chave, além do exclusivo dispositivo Honda Lane Watch. Esta tecnologia monitora o ponto cego por meio de uma câmera localizada no espelho retrovisor externo do passageiro e mostra as imagens no display i-MID, possibilitando uma melhor visão da faixa de rodagem que fica ao lado direito do veículo.

Motorização

O Honda Accord está disponível com duas opções de motorização, combinando alta eficiência, baixo consumo e respeito ao meio ambiente: 2,4 litros de 4 cilindros em linha DOHC i-VTEC, 16 válvulas de 175 cv; e 3,5 litros V6 SOHC i-VTEC, 24 válvulas de 280 cv. O sistema i-VTEC é projetado para oferecer um excelente desempenho em qualquer rotação e, com o VCM (Administração de Cilindro Variável), a aceleração atinge a máxima eficiência com economia de combustível.

A versão L4 é acoplada a uma transmissão automática de cinco velocidades, enquanto a versão V6 oferece caixa automática de seis marchas. Na versão EX V6, o grande destaque é a tecnologia de VCM. Este sistema pode ativar e desativar cilindros do motor, conforme a necessidade, para atender às demandas de potência e economia de combustível. Quando o torque máximo é necessário, todos os cilindros entram em funcionamento. Durante boa parte da condução urbana em velocidades mais baixas, o VCM permite que o Accord V6 seja operado com apenas três cilindros. O modelo vem equipado com tanque de combustível com capacidade para 65 litros.

Segurança

Oferecer a maior gama de funcionalidades de segurança ativa e passiva da história da Honda, esse é um dos objetivos do Accord. O veículo traz de série freio a disco nas quatro rodas com ABS e EBD e VSA (Vehicle Stability Assist) com controle de tração.

Além disso, o uso de aço mais resistente na estrutura do carro melhora a proteção aos ocupantes em caso de acidentes em colisões frontais. Os itens de segurança também incluem seis airbags para ambas as versões, sendo frontais de duplo estágio, laterais e de cortina para motorista e passageiro da frente. O sistema do airbag lateral acrescenta o Smart Vent, que reduz o risco de força excessiva de abertura das bolsas.

Chassi

A conhecida estrutura ACE apresenta como benefícios a redução de peso e, ao mesmo tempo, o aumento de resistência e dissipação de energia em caso de colisão. Isso é possível devido a uma maior quantidade de aço de alta resistência e do uso de tecnologia de última geração na estamparia e conformação a quente, que multiplica a resistência da chapa de aço para composição da estrutura da carroceria do veículo. Esse processo é conhecido como Hot Stamp.

A tecnologia de suspensão do Accord é a mais avançada de toda a trajetória do modelo. Na dianteira, o sistema MacPherson torna o sedã silencioso e ágil em trecho urbano e mais suave na estrada. A subestrutura frontal de alumínio e aço reduz o peso e, em conjunto com a suspensão traseira Multi-Link independente e a aerodinâmica cuidadosamente projetada da carroceria, proporciona redução ainda maior de ruído interno e vibração.

Outra novidade é a inclusão do sistema MA-EPS (Motion Adaptive Electric Power Steering – Direção Elétrica Adaptável ao Movimento), que atua em conjunto com a tecnologia VSA (Vehicle Stability Assist), deixando o volante mais rígido, caso o motorista tente movimentá-lo de forma que possa provocar instabilidade. O resultado é a redução do esforço na direção e do consumo de combustível, com melhor precisão e sensação de controle.

Linha de acessórios

O Honda Accord conta com uma linha exclusiva de acessórios, criada para personalizar e oferecer ainda mais comodidade e sofisticação ao modelo. Protetores de para-choque com acabamento cromado e friso de portas colaboram para evitar pequenos arranhões. Os itens externos são complementados pelo defletor de chuva com design exclusivo e pelas porcas antifurto para as rodas.

Entre os acessórios internos, destaque para a personalização com versatilidade, como o tapete e bandeja de porta-malas de borracha. Para quem deseja um toque a mais de exclusividade, ainda estão disponíveis dois modelos de soleiras de portas e iluminação interna.

O Accord tem três anos de garantia, sem limite de quilometragem e está à venda na rede de concessionárias Honda pelo preço público sugerido de R$ 119.900, na versão L4, e R$ 147.900, para a V6. As cores da linha são Branco Pérola, Prata Global Metálico e Preto Cristal Perolizado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.