A Ford lança os novos caminhões extrapesados da linha Cargo, inéditos na marca, que chegam ao mercado neste mês de agosto como a grande novidade do ano. Projeto global, desenvolvido em parceria entre o Brasil e a Europa, os modelos cavalos-mecânicos Cargo 2042 4×2 e Cargo 2842 6×2 são destinados para aplicações rodoviárias de longa distância e equipados com um pacote competitivo de conteúdo de tecnologia, segurança e economia.

Para mostrar que esses monstros dão conta do recado, viajamos até o Deserto do Atacama para conferir de perto, detalhes, todos os caminhões que estavam no deserto, foram para lá rodando de São Bernardo até o Atacama, 12 dias de viagem. No Deserto pudemos andar um pouco com essas maquinas, e deu pra ver que eles dão conta de sobra do recado. Todas fotos estão no fim do texto.

* Richard Max Viajou para o Deserto do Atacama, Chile, como convidado Ford.

Os novos caminhões extrapesados trazem ainda robustez, resistência, baixo custo de manutenção, baixo custo operacional e a durabilidade do trem-de-força. Têm um design moderno e uma cabine leito confortável, favorecendo a produtividade.

São equipados com o novo motor FPT de 10,3 litros, que atende a norma Proconve P-7 (Euro 5), proporciona potência de 420 cv e torque de 1.900 Nm. A linha Novo Cargo extrapesado vem equipada de série com câmbio automatizado ZF ASTronic de 12 velocidades.

Os dois modelos incorporam de série controle automático de tração (ASR) e freios ABS com EBD, e o Cargo 2842 conta ainda com a opção do controle eletrônico de estabilidade (ESP).

Os novos Ford Cargo extrapesados oferecem também uma série de vantagens operacionais, como itens de conforto e tecnologia que fazem destes caminhões uma nova opção competitiva no segmento. Internamente, também traz praticidade e conforto, com o novo volante de excelente empunhadura e revestimentos duráveis.

Vidros e travas elétricos, retrovisores elétricos e ar-condicionado de fábrica são exemplos dos equipamentos oferecidos de série. A linha traz a configuração de cabine leito teto alto: com personalidade e imponência, ela tem ampla área envidraçada e garante fácil acesso às operações de manutenção e verificação.

Totalmente basculante, a cabine do Novo Cargo extrapesado facilita o acesso aos componentes do motor e a outros agregados. O ângulo de basculamento é acentuado, chegando a 68º. O acesso a itens de manutenção também é feito pela grade frontal escamoteável.

Os caminhões Novo Cargo 2042 e 2842 asseguram excelente custo-benefício e ótima produtividade para aplicações rodoviárias pelo baixo consumo de combustível, menores custos operacionais e de manutenção, gerando maior rentabilidade.

No novo painel, estão dispostas ferramentas para auxiliar o monitoramento da economia do seu veículo, indicando ao motorista a melhor rotação de trabalho do motor para o menor consumo de combustível. Além disso, o motorista pode acompanhar em tempo real qual é o consumo de combustível e, ao final da viagem, conferir a autonomia e produtividade do veículo, entre outras informações relacionadas à operação do caminhão.

Ambos oferecem uma das melhores relações custo-benefício da categoria: o Cargo 2042 4×2 tem preço sugerido de R$ 260.900 e o Cargo 2842 6×2 de R$ 294.900.

Tradição no mercado

A Ford inicia a sua participação no segmento dos extrapesados no mercado brasileiro, onde tem uma tradição de mais de 50 anos, oferecendo produtos com ótimo custo-benefício para o transportador.

Os novos Cargo extrapesados marcam a entrada da Ford no segmento que mais cresce no mercado brasileiro e vem sendo impulsionado pelas grandes obras de infraestrutura e pelo setor agrícola, que demandam caminhões dessa faixa de peso e motorização.

Somente os extrapesados movimentaram R$ 10,8 bilhões em 2012 e este ano as projeções são de um crescimento de mais 30%, com faturamento de R$ 14 bilhões na venda desses caminhões.

A Ford teve participação de 21,1% no Brasil, considerando os segmentos de até 46 toneladas nos quais a marca até então estava presente. Com os novos modelos, a linha Cargo passa a oferecer uma das famílias de veículos comerciais mais completas do mercado, com soluções de transporte de carga que vão do segmento urbano, com peso bruto total de 8 toneladas, até 56 toneladas de capacidade de tração, e 1.350 combinações de configuração e acabamento para vários tipos de aplicação.

“A Ford foi a primeira montadora instalada no Brasil e a sua produção no País começou com veículos comerciais. Os novos Cargo extrapesados são produtos que honram essa tradição e mostram o nosso compromisso de investir e inovar nesse segmento”, diz Steven Armstrong, presidente da Ford Brasil. “Eles fazem parte do plano de investimento de R$ 670 milhões desde 2009 que ampliou nossa participação nesse mercado com 15 novos produtos lançados nesse período.”

Projeto global

            Os novos extrapesados são os primeiros caminhões globais da Ford, com o projeto de desenvolvimento liderado pela engenharia do Brasil e da Turquia, somando os recursos tecnológicos de outras regiões. O objetivo é oferecer ao mercado um produto de classe mundial, voltado às necessidades e condições do transportador brasileiro.

No seu desenvolvimento, passou por mais de 1 milhão de quilômetros de testes no Campo de Provas da Ford em Tatuí, no interior paulista, e nos campos de teste em Gebze, na Turquia, em Boxberg e Behr, na Alemanha, Lommel, na Bélgica, em Idiada, na Espanha e Mira, na Inglaterra. Os testes de frenagem foram realizados em um lago congelado na Suécia e as provas de alta temperatura no deserto da Arábia Saudita.

Os novos Cargo 2042 e Cargo 2842 estão entre os mais eficientes e robustos da categoria. O seu conjunto de motor, transmissão, eixo, chassi e suspensão oferece força e resistência para as aplicações mais severas e permite o reboque de composições com três eixos e três eixos espaçados (Vanderléa) para as mais variadas cargas.

“É um caminhão que entrega robustez e desempenho com economia e rentabilidade, variáveis essenciais na equação de custos de todo transportador do segmento de cargas”, afirma Guy Rodriguez, diretor de Operações da Ford Caminhões para a América do Sul.

O sistema de rastreamento e monitoramento da Ford Caminhões, chamado de  FordTrac, é considerado o mais seguro do mercado e traz ferramentas avançadas de monitoramento para o transportador gerenciar sua frota à distância, em tempo real, combinando funções de telemetria, logística e segurança.

A telemetria permite registrar de forma remota as principais informações de uso e desempenho do caminhão, como velocidade, rotação do motor, distância percorrida, pontos de parada e consumo de combustível. Ou seja, dados importantes para otimizar o transporte, reduzir os custos de operação e manutenção da frota.

No aspecto de segurança o sistema reduz os riscos para o transportador, com diversos dispositivos que inibem o furto da carga e do veículo. Se o caminhão sai da rota planejada, por exemplo, um sinal de alerta é disparado imediatamente para a central de monitoramento. Além disso, contribui para reduzir os valores de seguro, já que eles se baseiam no risco de roubo do veículo e da carga.

Comparado a outros produtos disponíveis no mercado, o Fordtrac oferece várias vantagens em termos de tecnologia, eficiência, segurança e garantia. Nos sistemas convencionais, o bloqueio é realizado de forma física, através de relés, fusíveis ou corte de energia, que param abruptamente o motor. Já o FordTrac funciona totalmente integrado aos módulos eletrônicos do veículo, por meio da troca de mensagens criptografadas, sem a necessidade de sensores adicionais. O bloqueio é feito pelo despotenciamento do motor.

O sistema conta com alto nível de proteção. A paridade entre módulos evita o desbloqueio do caminhão com a substituição de um dos módulos. O sistema já vem com detector de “jammer” – bloqueador de sinal de celular – e conta com inteligência embarcada programável para tomada de decisões que não dependem da ação do motorista ou do controle de frota. Também tem a opção de periféricos que reforçam a segurança do caminhão e da carga, como trava da quinta roda, engate e desengate do trailer e trava da porta do baú.

Para completar, o equipamento tem instalação fácil e rápida e, por ser homologado de fábrica, preserva a garantia original do veículo. Além da proteção do caminhão e da carga – que às vezes vale mais que o veículo –, o rastreamento reduz os custos de combustível, pneus e hora parada.

Os novos extrapesados Cargo 2042 e Cargo 2842 são modernos com soluções que privilegiam a funcionalidade, eficiência e conforto. O objetivo da Ford foi desenvolver um caminhão que atende o uso no dia-a-dia tanto em rodagem como na hora da manutenção.

O design externo é caracterizado pela modernidade e robustez. Na cabine, motorista e passageiro contam com soluções de ergonomia cada vez mais valorizadas no transporte rodoviário de carga de longas distâncias, pois refletem em ganho de produtividade para os transportadores.

“Os novos extrapesados cabine leito são desenvolvidos para atender às necessidades dos motoristas que passam longos períodos a bordo do caminhão. É um espaço de trabalho organizado para oferecer eficiência e comodidade, com características exemplares de isolamento acústico e térmico”, destaca João Marcos Ramos, chefe de Design da Ford.

O espaço interno é um dos melhores da categoria. O grande ângulo de abertura das portas, o desenho dos degraus e a alça de apoio facilitam o acesso à cabine. O teto alto permite que uma pessoa de 1,90 m de altura fique em pé no seu interior. A cama também é uma das maiores do mercado.

O acabamento em tons claros e neutros cria um ambiente agradável, com materiais de fácil limpeza. O sistema independente de suspensão da cabine, composto por quatro amortecedores, isola o habitáculo das oscilações da pista e contribui para o alto padrão de conforto. Seu nível de ruído e trepidação é um dos menores do segmento e está próximo ao de alguns veículos de passeio.

Para o motorista, diversos itens fazem da viagem no Novo Cargo extrapesado uma atividade produtiva e também bastante confortável. Para a organização e praticidade nas viagens, há uma variedade de porta-objetos que facilitam a acomodação de itens como mapas, óculos, garrafas e notas fiscais.

Eles estão distribuídos no painel, no console central, acima do para-brisa, na rede atrás dos bancos e sob a cama do motorista, em pontos estratégicos para o aproveitamento de espaço. Sem contar o novo compartimento com chave do lado de fora da cabine, para ferramentas e bagagem.

Banco e equipamentos

O exclusivo banco extraconforto do motorista, com suspensão pneumática, permite a regulagem do amortecedor. Seus comandos automáticos por teclas oferecem dois tipos de ajustes lombares e “alívio rápido de pressão” com memória, que facilita a entrada e saída recolocando o banco na posição anterior.

O banco é dotado também de suspensão horizontal, ou “isolator”, que absorve trancos da carreta na frenagem, com quatro diferentes ajustes de amortecimento e regulagem de altura. O banco do passageiro também conta com suspensão pneumática e “alívio rápido de pressão”.

Os dois modelos extrapesados vêm equipados de série com: trio elétrico, ar-condicionado, tacógrafo com USB, travamento central das portas, imobilizador antifurto PATS, ponto de ar comprimido na cabine, controle automático de velocidade, degraus com proteção e iluminação, para-sol externo e faróis de neblina.

Volante e painel

Os cavalos extrapesados da Ford introduzem um novo volante, com design ergonômico, robusto e funcional que segue o novo padrão global da marca. Sua ótima empunhadura facilita as manobras e traz mais conforto ao dirigir. Junto com o sistema de ajuste pneumático de inclinação e altura da coluna de direção, permite ao motorista encontrar a melhor posição de trabalho.

O painel de instrumentos, de formato envolvente e prático, facilita o acesso aos comandos e evita que o motorista desvie de forma desnecessária a atenção da pista. Ele é confeccionado em material ecológico composto com fibra de sisal, patenteado pela Ford. Além de mais leve e resistente, tem um ótimo acabamento e reforça a isolação acústica.

O quadro de instrumentos exibe um grafismo moderno e agradável, com iluminação na cor azul “Ice-Blue” – tendência da nova geração global de automóveis da Ford. Além de facilitar a leitura em qualquer hora do dia, ele contribui para criar um ambiente agradável na cabine.

No centro do mostrador, entre o velocímetro e o tacômetro, fica a tela de LCD do computador de bordo, com múltiplas funções que auxiliam o motorista a dirigir e monitorar o caminhão. Entre outras informações, traz consumo instantâneo e consumo médio de combustível, quilometragem percorrida, horas de trabalho do motor, velocidade média da viagem e autonomia para o abastecimento.

Ele mostra também o nível do fluido Arla 32 usado no sistema de pós-tratamento, o hodômetro total e alertas do sistema de diagnóstico, que avisam se ocorrer qualquer anomalia no funcionamento do motor, para que seja feita a correção.

Design Kinetic

A nova cabine dos extrapesados Cargo segue o exclusivo design Kinetic da Ford. Criada com padrão global de modernidade e tecnologia, ela une funcionalidade, ergonomia, eficiência aerodinâmica e serve como um cartão de visitas para o transportador.

“Um dos destaques é o novo conjunto ótico, com maior alcance de iluminação sem ofuscar quem vem em sentido contrário”, diz João Marcos Ramos, chefe de Design da Ford.

Os novos faróis de neblina, estrategicamente posicionados abaixo do conjunto principal, oferecem ótima iluminação em condições de baixa visibilidade e aumentam a segurança do motorista. A grade frontal com padrão de design Kinetic reforça a robustez do veículo e proporciona uma refrigeração eficiente do motor.

A ampla área envidraçada tem excelente visibilidade, seja na estrada ou em manobras de carga e descarga. O para-sol externo, acima do para-brisa, evita que o sol prejudique a visibilidade do motorista e ajuda a reduzir a temperatura da cabine.

Os retrovisores bipartidos permitem uma ampla visão ao redor do caminhão, tanto rodando como quando a composição estiver parada. O retrovisor auxiliar aumenta a segurança nas manobra em espaços limitados.

Os repetidores dos piscas nos para-lamas têm boa visibilidade. Os para-lamas com acabamento em composto plástico de alta resistência reforçam o aspecto robusto e atraente.

Fácil manutenção e limpeza

Para facilitar a limpeza da cabine, os novos Ford Cargo extrapesados trazem duas alças de apoio abaixo do para-brisa e um passadiço no para-choque. Os itens de verificação de rotina são facilmente acessados pelo capô frontal, que é protegido por uma fechadura com a mesma chave do veículo. O acesso ao motor também é facilitado pelo passadiço atrás da cabine.

As portas contam com um prolongamento que cobre os degraus quando fechadas e evita o acúmulo de poeira e água para manter a cabine limpa. Os degraus também contam com iluminação para segurança à noite.

As aletas laterais acompanham o desenho dos faróis, criando um conjunto harmônico e moderno que além de reduzir o arrasto aerodinâmico evita o acúmulo de poeira na cabine e nas portas.

Os novos Cargo 2042 e 2842 oferecem desempenho, robustez e economia. Com um conjunto mecânico altamente eficiente, os novos extrapesados trazem um trem de força desenvolvido pela Ford Caminhões no Brasil e na Europa, formado pelo inédito motor FPT de 10.3 litros e 6 cilindros, com 420 cavalos de potência e 1.900 Nm de torque, combinado com a transmissão automatizada ZF de 12 velocidades, que permite escolher dois modos de troca de marchas: automático ou manual, através da alavanca tipo “joystick” no console.

O eixo trativo dos novos Cargo 2042 e Cargo 2842 é do modelo MS 18X da Meritor, soldado a laser na fixação da caixa do diferencial, que aumenta a robustez e a capacidade de carga da estrutura.

Os novos Cargo extrapesados trazem componentes de última geração que contribuem para a operação robusta e eficiente. O objetivo foi criar uma nova referência no segmento, proporcionando alto desempenho com baixo consumo de combustível e emissões.

Motor inédito no Brasil

O novo motor FPT de 10.3 litros e 6 cilindros entrega 420 cavalos de potência e 1.900 Nm de torque. Trata-se de um motor leve e compacto, capaz de gerar a mesma potência de blocos de cilindrada maior, com eficiência energética, desempenho e economia. Para isso, conta com o uso intensivo de tecnologia de ponta e soluções inovadoras de projeto. Uma delas é a turbina de geometria variável (TGV) com “aftercooler”, que adequa a pressão do turbo às necessidades de torque e potência. Assim, gera mais força em baixas rotações e melhora o desempenho, aumentando também a vida útil e a economia de combustível.

O uso extensivo de componentes de materiais nobres e de alta tecnologia, como alumínio, titânio, polímeros e outras ligas leves, é outro avanço que aumenta a robustez, a eficiência e a confiabilidade do motor. A estrutura de alta resistência também torna o seu funcionamento mais silencioso, reduzindo o nível de ruído interno na cabine.

Suas soluções inovadoras de arquitetura incluem a integração dos dutos de combustível, do suporte dos cames e do coletor de admissão no cabeçote, o que torna o conjunto mais leve, compacto e durável. O seu ventilador acionado por polia eletromagnética, mais eficiente, contribui para a economia de combustível.

“Tudo isso se traduz em um motor muito mais eficiente, que oferece excelente desempenho, alta durabilidade e baixo nível de consumo e emissões”, diz Guilherme Teles, supervisor de Engenharia da Ford.

O novo motor conta com recursos inteligentes que controlam em tempo real todas as suas condições de funcionamento. O sistema de diagnóstico eletrônico avisa no painel sobre eventuais falhas, solicitações de carga e do motorista, por meio de sensores que monitoram a rotação, temperatura e outros parâmetros, assim como a velocidade do veículo.

Esse sistema de diagnóstico opera continuamente, desde que o motor dá a partida. Havendo qualquer situação incompatível ele age imediatamente e, se necessário, reduz eletronicamente a potência do caminhão para preservar os seus componentes.

Transmissão de última geração

A nova transmissão automatizada ZF AS Tronic de 12 marchas é um dos avanços que tornam a direção dos novos Cargo extrapesados mais fácil e segura. Além de reduzir sensivelmente o cansaço do motorista, por dispensar o acionamento da embreagem, ela interpreta toda a potência e torque exigidos em operação transferindo com precisão a força necessária para movimentar o conjunto com eficiência, suavidade e economia.

No modo automático, a troca de marchas é feita pela central eletrônica. Ou seja, o motorista não precisa ficar de olho no tacômetro e mantém as mãos sempre no volante e a atenção na estrada, aumentando a segurança e o conforto nas viagens.

Se o motorista quiser segurar ou trocar as marchas manualmente, basta dar um leve toque na alavanca de câmbio para a direita e, então, aumentar ou reduzir as marchas movendo-a para frente ou para trás. Vale lembrar que mesmo no modo manual a central eletrônica continua ativa e monitorando o funcionamento do sistema. Assim, evita que possíveis erros nas trocas danifiquem o equipamento.

Em ambos os modos, o motorista recebe informações em tempo real sobre o funcionamento da transmissão na tela digital do painel. Ela informa a marcha em uso e, no modo manual, indica se há necessidade de aumentar ou reduzir a marcha.

O modo manual conta com o Seletor Inteligente (“S”), que proporciona agilidade nas trocas e ajuda o motorista a utilizar as marchas corretamente, contribuindo para a economia de combustível. Numa subida com a alavanca na posição “S”, por exemplo, o sistema seleciona automaticamente a marcha correta para otimizar a tração e o consumo de combustível. Nas descidas, engata a marcha indicada para reduzir a velocidade e auxiliar na frenagem.

Outro recurso da nova transmissão é o modo de manobra, que mantém a velocidade extremamente lenta e ajuda o motorista a estacionar a carreta em espaços reduzidos. Ele atua tanto no modo automático como no manual, para manobras à frente (DM) ou à ré (RM) e libera apenas a potência necessária para o deslocamento do veículo, evitando trepidações e desconforto.

O controle automático de velocidade é outro recurso que aumenta o conforto e a eficiência dos novos Cargo extrapesados. Ele mantém o veículo em velocidade constante em percursos rodoviários sem que o motorista precise pisar no acelerador e ajuda a economizar combustível.

O sistema é comandado por uma alavanca na coluna de direção. Para programar a velocidade desejada, basta acelerar e acionar a alavanca. O sistema então assume o comando do acelerador. Movendo-se a alavanca para frente ou para trás, a velocidade aumenta ou diminui. Quando o motorista pisa no acelerador ou no freio, o controle manual é cancelado e o sistema inteligente retoma o controle.

Eixo a laser

O eixo trativo dos novos Cargo 2042 e Cargo 2842, modelo MS 18X da Meritor, é mais um componente de nova geração que contribui para a operação robusta e eficiente dos extrapesados da Ford.

O uso de solda a laser na fixação da caixa do diferencial, em vez de parafusos, aumenta a robustez e a capacidade de carga da estrutura. A coroa e caixa de satélites têm superfícies externas lisas para redução do atrito e do consumo de energia. Além disso, seu diferencial requer menor volume de óleo lubrificante, reduzindo o custo das trocas.

Outro recurso importante oferecido nos Novos Cargo extrapesados é o bloqueio do diferencial. Ele iguala a distribuição de tração entre as rodas para facilitar a saída da carreta em situações de baixa aderência e pode ser acionado com o veículo em movimento, a até 40 km/h.

No Cargo 2842, o suspensor pneumático do terceiro eixo evita o desgaste desnecessário dos pneus quando o caminhão trafega sem carga. Ele também pode ser utilizado como transferidor de carga para o eixo de tração do caminhão na entrada em rampas ou passagem em depressões acentuadas, para aumentar a aderência e evitar o patinamento das rodas.

Tanto o bloqueio do diferencial como a suspensão do terceiro eixo são facilmente acionados pelo motorista por botões no painel, com sinalização na tela digital.

Autonomia

O transporte rodoviário de longa distância exige grande autonomia do caminhão, para realizar as viagens com menos paradas de abastecimento. Esse é um item importante do ponto de vista financeiro para o transportador, considerado no momento da compra do caminhão.

Os novos Cargo 2042 e Cargo 2842 estão entre os mais competitivos nesse quesito. Vêm de série dois tanques de combustível com capacidade de 325 litros cada, totalizando 650 litros – um importante diferencial na categoria. O tanque de ARLA 32 também conta com grande capacidade de armazenamento: 80 litros, para rodar grandes distâncias sem a preocupação de faltar o aditivo no sistema SCR de pós-tratamento de gases do caminhão.

Os novos Cargo extrapesados 2042 4×2 e Cargo 2842 6×2 chegam ao mercado com uma vantagem operacional: assistência técnica em todos os estados brasileiros através de uma rede de 140 distribuidores exclusivos. Esse atendimento pós-venda, importantíssimo especialmente nas operações de longas distâncias, é um dos principais diferenciais competitivos dos caminhões Ford.

Para o lançamento dos novos modelos extrapesados, a Ford Caminhões preparou um amplo programa de apoio aos motoristas que vai desde o oferecimento de garantia estendida do trem de força até estrutura operacional exclusiva tanto para os frotistas como para o autônomo.

Os novos extrapesados Cargo 2042 e Cargo 2842 vêm com garantia total de um ano sem limite de quilometragem e de dois anos para o trem de força, também sem limite de quilometragem. Como ação especial de lançamento, a Ford oferece um ano adicional de garantia para o trem de força, totalizando três anos. O intervalo de manutenção rodoviário a cada 40.000 km é outro fator que aumenta a economia operacional dos extrapesados.

Programas de manutenção

A Ford Caminhões oferece também para os clientes dos extrapesados a possibilidade de adquirir os veículos com contrato de manutenção. São três opções de planos, com preço calculado por quilômetro rodado: Class, Plus e Prime.

O plano Class, de manutenção preventiva, inclui os itens de revisão: filtro de ar, óleo, combustível e água; óleo do motor, caixa de mudanças e diferencial; líquido de arrefecimento, graxas, fluido de embreagem e fluido de direção hidráulica, além da mão de obra.

O plano Plus inclui manutenção preventiva, mais peças de desgaste natural, ou seja: embreagem, lonas e tambores de freio, reparo do motor de partida, bateria, lâmpadas e fusíveis.

Já o plano Prime inclui manutenção preventiva, mais manuntenção corretiva, abrangendo: motor, caixa de mudanças, eixos, suspensão, freio, cabine, chassi e direção.

O contrato de manutenção permite ao transportador um gerenciamento mais apurado dos intervalos programados de manutenção, das situações excepcionais e, principalmente, dos custos da sua frota, sempre com a retaguarda técnica da fábrica e da rede. Com ele, os clientes podem receber assistência em todos os distribuidores Ford Caminhões do Brasil, independentemente do local onde estejam, trazendo a segurança operacional que os clientes necessitam.

Rede padronizada

A Rede Ford Caminhões tem instalações padronizadas e ferramental moderno. Foram realizados extensivos programas de treinamento para o segmento de extrapesados. Um dos serviços gratuitos é o oferecimento nas dependências do distribuidor de conveniência aos motoristas, como hospedagem, estrutura para banho e estacionamento do caminhão.

A Ford valoriza essas e outras iniciativas por meio do Programa de Excelência e Suporte Operacional – PESO, para promover a qualidade do atendimento e satisfação dos clientes. Essa ferramenta é um meio de avaliar os distribuidores, que recebem incentivos financeiros de acordo com o seu desempenho.

“Essa assistência é muito importante para todos os veículos comerciais e mais ainda para os modelos extrapesados, de vocação rodoviária, que cumprem grandes distâncias e podem eventualmente necessitar de manutenção em outras regiões longe do seu ponto de partida”, diz Sílvio Fedele, gerente de Assistência Técnica da Ford Caminhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.