Tempo para Leitura: 7 minutos

Sério, esse carro não precisava de um texto!!!, suas fotos falariam por si, mas eu tinha que descrever esse brinquedo.

Land Rover sempre foi um carro que queríamos falar no Rmax, mas as agendas nunca batiam. Na semana anterior de minhas férias recebi uma ligação e surpresa, eles conseguiram um carro pra mim!!!

O Modelo era uma Freelander 2 HSE SD4, o modelo mais top da Freelander. Grande, Imponente e lindo hauhauhauhauhaua.

A Freelander é um Off Road, mas perfeito para andar na cidade, é grande, tem um belo motor diesel turbo, que meus amigos, quando precisa de potencia, ele literalmente fala, ok, ai está, e da a impressão que tem muito sobrando ainda. Não testei o carro na lama, primeiro que não é o foco da gente, segundo que eu tive dó de fazer isso com ela hahaha.

Bom o Freelander é um carro inglês, e tal qual tem suas curiosidades tipicas, como aquecimento do volante, e desembaçador dianteiro, e luxo, muito luxo.

Todo o acabamento é feito com extremo cuidado, quando sentamos no carro nem parece um carro, o banco extremamente confortável tem ajustes elétricos e aquecimento, para motorista e passageiros.

Ar condicionado digital dual zone, que apesar do enorme tamanho  do carro, consegue refrigerar rapidamente o espaço interno. Uma Bela central multimídia, com GPS que funcionou perfeitamente e sem muita dificuldade para aprender a usar.

O Carro é completo, e nem poderia ser diferente, conta com viva voz, um espaço interno de armazenamento de musicas, tem entrada para DVD externo , mas não tem entrada de DVD nativo no painel.

O Som do carro, bom vou deixar para o final do texto poque esse merece!!!

Tem 2 tetos solares, sendo um que pode ser aberto, e espaço de sobra detro do carro para 4 pessoas ficarem extremamente confortáveis. o carro é bem confortável e seguro para dirigir, claro não da para abusar, afinal ele é grande tanto no comprimento como na altura, então não da para ficar fazendo curvas como se tivesse em um esportivo!!!

Porta malas enorme para carregar tudo que precisamos em uma viagem, lindas rodas de 19 polegadas e farol XENON!!! Ok vocês sabem o quanto AMO esse tipo de farol, que alem de deixar o carro muito mais bonito, ilumina 1000x mais.

O carro é econômico, e roda com diesel, e na minha mão fez uma media de 8 por litro, considerando o tamanho e peso, achei que iria beber muito mais, mas seu belo motor turbo, faz com que não seja um beberrão e tem força para empurrar esse monstro na rua sem dificuldade.

Uma coisa que minha esposa sempre falava pra mim era porque nunca tinha sensor de estacionamento dianteiro, e eu sempre falava, que na frente a gente normalmente consegue acertar. Mas a Freelander 2 tinha e confesso, é muito melhor com o sensor, tanto que estou pensando seriamente em instalar hahahaha.

Como não poderia ser diferente a Freelander é um carro para quem gosta de luxo, aliado a tecnologia e desempenho, seu interior todo em couro que vou chamar de marrom claro, para que fique mais fácil, é muito bonito, tenho um carro em couro preto e sempre achei que o claro era muito forçado, mas só depois de você entrar e usar percebe que o carro fica muito mais bonito com o couro mais claro, pois realça o acabamento, da a impressão de mais espaço, e parece bem mais aconchegante que o couro preto.

Andar com ela na cidade é uma delicia, primeiro pelo carro que é confortável, gostoso de dirigir, seu volante tem um bom tamanho para que não canse os braços, o cambio automático não é bruto, é macio e sem trancos, e seu motor não sofre com o carro, diferente de um carro com motor gasolina, ele não sai em disparada quando pisamos, ele “Enche” e depois parte. mais ou menos desse jeito que vou tentar explicar haha. Sabe quando pegamos algo e colocamos no elástico e puxamos para trás e depois soltamos? é mais ou menos a mesma coisa haha, você pisa, e percebe o motor enchendo e logo em seguida você literalmente gruda no banco e a freelander dispara. ou seja, se você pisar fundo vai precisar de uns 2 a 3 segundos para que ela parta como um monstro devorador de estradas, típico de motor diesel, mas muito potente, o carro acelera muito quando precisamos. Claro temo que lembrar que ela  tem esse motor pensando no fora de estrada, que precisa de muita potencia para andar em barrancos e atoleiros, e por isso não tem a potencia imediata de um motor gasolina. Mas eu adorei, sair com ela e ver um engraçadinho grudando na traseira e você apertar fundo o acelerador e em instantes ver o cara só olhando, não acreditando que um carro desse tamanho era capaz de tanta potencia!!!

Bom normalmente eu falo rapidamente sobre som, que ele é aceitável, péssimo, ruim, e raramente elogio, acho que se passaram 3 carros aqui no Rmax que pude falar que o som era bom foi muito.

Mas agora eu tive que escrever sobre o som da Freelander, que é incrível!!!

Com sistema Meridian, de 825W com 17 alto-falantes com um som perfeito, vocês sabem o quanto eu sou chato com som, pois eu gosto de escutar no carro musicas com qualidade, e que invisto pesado nisso, não para ter coisas que façam barulho e perturbem os outros, mas para que dentro do carro eu possa escutar com qualidade, afinal meu ouvido não é pinico!!!

Praticamente em todos os carros que testei eu mudaria algo, ou era falantes, ou colocava uma central melhor. mas na Freelander posso dizer que não mudaria quase nada, a unica mudança seria colocar um DVD no painel para que pudesse escutar as musicas de shows com qualidade superior ao mp3.  Com maravilhosos graves e agudos o som da Freelander é um verdadeiro veludo!!!!

Mesmo em volumes mais altos não distorce, não raja, e não perde qualidade. É possivel escolher entre o Meridian, Pro logic 5.1 e stereo, aff quem em sã consciência, iria escutar stereo com um [email protected] som embarcado dentro desse carro. Eu gostei tanto do som do carro, que me peguei pelo menos 3x dentro da garagem parado apenas escutando musica. mexendo nos ajustes só para ver o quanto podia tirar do som, até onde ele iria sem falhar, e o resultado foi sem falhas. haaaaaa. Se eu pudesse juro que colocava no meu carro. Fiquei totalmente apaixonado pelo som da Freelander.

O Freelander 2 traz painel de instrumentos formado por uma tela de 5 polegadas localizada entre o velocímetro e o conta-giros, que permite ao motorista visualizar de forma clara as informações básicas sobre o funcionamento do veículo como a temperatura, nível de combustível, marcha selecionada quando em modo de câmbio sequencial, e a função do modo Terrain Response® selecionada no momento.

As opções de configurações e ajustes de visualização do painel podem ser alteradas pelo controle do volante, logo à mão do motorista. Já o painel central agora conta com novo design e uma tela de 7 polegadas sensível ao toque.

O sistema Terrain Response® tem seu leiaute de acionamento por botões em linha, em substituição ao botão giratório presente na versão anterior, tudo para uma maior otimização do espaço interno.

O sistema de freio de estacionamento é eletrônico o que possibilita a substituição da alavanca de acionamento por um botão, a exemplo do que já acontece nos demais veículos da linha Land Rover.

O Freelander traz diversos sistemas que visam à comodidade dos ocupantes do veículo como o sistema de ignição sem chaves que permite, com a chave em qualquer lugar dentro do veículo, o motorista pisar levemente no freio e apertar o botão Start/Stop localizado no painel para ligar o carro. (e também ser chamado pelo manobrista do restaurante para dar a chave que você esqueceu de tirar do bolso quando parou hahahaha)

Para facilitar as manobras de estacionamento, o Freelander veio equipado com uma câmera de ré que transmite imagens da traseira do veículo na tela de 7 polegadas sensível ao toque. O sistema é acionado automaticamente ao se engatar a marcha a ré e exibe linhas que ressaltam os limites do modelo e a direção do movimento que o modelo percorrerá. Ele também é equipado com o sistema “Hitch Assist”, um gráfico que sobrepõe a imagem para mostrar a posição do reboque.

Outra tecnologia que merece destaque é o sistema de comando de voz por “Say What You See”. Bastante intuitivo e de simples acionamento, o sistema mostra ao motorista os comandos que ele pode dizer para controlar os sistemas de áudio, navegação por satélite, telefonia e climatização. Os avisos são visualizados na tela em formato “passo a passo”.

O aspecto moderno é reforçado pela adoção de novos faróis traseiros e dianteiros em LED, com desenho que ressalta a identidade do veículo, assim como os faróis de neblina que trazem acabamento brilhante, com design que proporciona um aspecto mais esportivo bem como o acabamento preto na grade frontal.

A Freelander 2 é equipada com motor 2.2 SD4 turbodiesel de 190 cv de potência que oferece desempenho impecável, consumo eficiente e impressionante autonomia. O propulsor está em acordo com as atuais normas brasileiras de emissões e pronto para receber o combustível S50 ou S10.

Todas as versões são equipadas com transmissão automática de seis velocidades, que proporciona trocas rápidas, além de ter uma relação de marchas que ajuda no desempenho e, ao mesmo tempo, na otimização do consumo de combustível.

Para maior comodidade do o freio de estacionamento é acionado automaticamente quando o modo Parking (P) é selecionado (Sério eu adorei isso, você não precisa “puxar” o freio de mão). Ao se colocar o veículo em modo Drive, o sistema é desligado ao primeiro leve toque no acelerador. O botão do freio de estacionamento serve, assim, para ser acionado em casos de emergência. Por segurança, o sistema de freio de estacionamento não pode ser desligado enquanto o assento do motorista estiver vazio.

Bom resumindo eu amei o carro, claro não é barato, afinal tudo que falamos tem um preço, mas posso dizer que pelo que ela entrega o preço para os padrões brasileiros está em um patamar aceitável, já que nesse pais tudo é caro, pelo menos ela é cara, mas entrega  algo compatível com o valor.

Pra fechar ela não poderia ser perfeita, senão eu teria que parar de escrever sobre carros, afinal teria finalmente encontrado o carro perfeito!!!

Ela possui apenas 2 defeitos, um o Xenon não é Branco e sim amarelo haha, ou seja ele é de 4500k e não de 6000k, que deixaria ela muito mais bonita.

E por ultimo, ela não é tão bonita quanto a Evoque hahahaha.

Bom espero que tenham gostado pessoal. E aproveitar e agradecer ao pessoal da Land que me deixou ter o imenso prazer de dirigir esse brinquedo!!!

Seguem as fotos da Freelander 2.

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito legal seu relato amigo.. Parabéns!
    Tenho bastante interesse neste modelo. Tenho um Sportage ex 2013 e que gosto bastante, e sei que o acabamento é incomparável mas para mim nao deixa nada a desejar. Porém acho a suspensão um pouco dura para rodar em estradas irregulares e paralelepípedos. Gostaria de saber como é a Freelander 2 neste quesito.

    Grato

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.