Moto Z - Moto Z Play

Moto Z - Moto Z Play
9.6

Bem construido

10/10

    Bateria

    10/10

      Acessórios

      10/10

        Kit Completo

        8/10

          Facil de usar Snaps

          10/10

            Pros

            • Ótima Bateria
            • Ótima Tela
            • Leve
            • Snaps fácil de usar
            • Android quase puro

            Cons

            • MOTO Z não tem P2
            • Não ter Adaptador de Tipo C para Micro USB
            • Fone de ouvido da caixa é P2 com Adaptador

             

            Depois de quase 2 meses testando o moto Z e o Moto Z play, resolvi escrever.

            Muitos leitores me perguntam porque não faço o Review rápido como outros sites, simples, um Review, ou teste de um aparelho, não se faz em 10 dias de uso, é preciso usar o aparelho por um tempo, ver se não vai apresentar algum defeito com longos dias de uso, se a bateria vai dar conta mesmo do recado em uso diário.

            E porque acho que não tem sentido mais fazer publicações desesperadas assim que um aparelho é lançado, prefiro fazer com calma. E bem feito.

            Bom pude ficar alguns meses com o Moto Z, e pela primeira vez, eu resolvi colocar como meu celular principal, em vez do secundário que apesar de ter as mesmas coisas, acaba sendo menos usado, o Moto Z merecia isso.

            Pude usar o Moto Z em 3 viagens e o moto Z play em 1 viagem, além de usar no Salão do Automóvel.

            Então vamos começar com o MOTO Z.

            O Moto Z é um aparelho parrudo, vem com 4gb de ram, dual chip, processador Snapdragon 820 e porta USB tipo C. Extremamente fino o aparelho, mas para isso a Motorola Sacrificou a entrada P2 de fone de ouvido do aparelho, e colocou apenas a porta USB tipo C, e isso tem vantagens e desvantagens.

            2016-10-19-11-57-112016-10-19-11-58-52Vantagens do tipo C, é poder usar de qualquer lado do conector, não ter que se preocupar em como encaixar, é mais rápida para transferências de dados, mais rápida para carregar o aparelho, e o som é DIGITAL, ou seja, você vai escutar SE tiver um fone tipo C músicas ou filmes com muito mais qualidade do que com o conector P2 analógico. Infelizmente a Motorola/Lenovo, não colocou um fone tipo C na caixa do aparelho, veio um adaptador para usar os fones tradicionais.

            Sim, você vai poder usar seu fone de ouvido TOP se tiver, pois com o adaptador a gente usa normalmente os fones, mas como um apaixonado por som, nos testes pude perceber que perdemos um pouco de qualidade, nada que incomode no dia, mas como sou bem chato com som, dá para perceber que o adaptador traz uma perda na qualidade. Sempre que se usa um adaptador para qualquer coisa, perdemos um pouco a qualidade, não tem jeito. Mas para fazer um celular fino, e não deixar você perder seu fone favorito, a solução foi usar um adaptador. Mas se você tiver $$ sobrando e comprar um fone tipo C, se não me engano de marcas top a JBL já tem, então você vai ser muito feliz, pois a qualidade do som é muito superior por ser totalmente digital.

            Desvantagem da porta USB tipo C.

            O que acontece agora é o que aconteceu, quando os aparelhos mudaram da mini USB para a MICRO USB, mas nos dias de hoje isso acaba sendo mais chato que na geração anterior.

            Tudo que temos hoje praticamente usa a Micro USB, temos cabos na mala, no computador, no carro, no carregador externo, em mochilas, no bolso da calça, sempre temos um cabo para usar onde precisar, ou emprestar, é universal, se você esqueceu o cabo e um amigo tem qualquer celular, ou um vídeo game, uma câmera, ele vai ter um cabo para te emprestar e você poderá carregar seu celular, ou até acessar pelo computador.

            Com a USB tipo C, não vem adaptador, você precisa sempre andar com o cabo do aparelho com você, se esquecer no carro, já era, se esquecer em casa já era, se for na casa, ou empresa e não tiver o cabo, já era. O Moto Z vem com 1 cabo avulso, e você vai precisar comprar pelo menos mais 2, um para deixar no carro, um na mochila para usar carregador externo, e um em casa, todos os seus cabos passam a ser lixo, pelo menos para usar com celular. É uma evolução e faz parte, temos que nos adaptar. Acho que existe adaptador, dá para quebrar um galho, mas se puder tenha cabo sobressalente.

            Mas a desvantagem desse cabo é apenas essa, a gente ter tudo para outro formato, basta ter o cabo e tudo está resolvido, mas no início é complicado, em uma das viagens um colega estava com o Moto Z Play, e esqueceu o cabo e carregador, passou 3 dias sem poder dar carga, mas o Moto Z play com sua bateria e ótimo gerenciador deu conta dos 3 dias sem precisar recarregar, apenas limitando o uso um pouco.

            O Moto Z é bem fino, elegante, e muito, muito bonito, É sem dúvida um dos aparelhos mais bonitos do mercado. Tem uma ótima tela de alta resolução e um leitor biométrico rápido e preciso, adorei poder apenas tocar nele, mesmo com a tela desligada e desbloquear o aparelho.

            Ele vem com Android praticamente puro, sem muita coisa instalada, o que ocupa menos espaço no aparelho.

            Falando em espaço o Moto Z vem com 32 64 gb de espaço interno, e aceita cartão de memória e 2 chips de 4G que podem ser trocados para usar o melhor 4G sem precisar trocar a posição física do chip. Ou seja, só trocar no sistema qual 4G você quer e pronto.

            O Sistema está redondinho, não tive travamentos com o uso, jogos que gosto rodaram sem nenhum problema, não uso jogos pesados e não teria sentido testar só para falar se trava ou não. Fiz os testes com o que uso todo dia, basicamente navegador de internet, Whats, Facebook, Instagram, bancos, Spotify (uso muito), Google Maps, câmera, Android Auto, Agenda entre outros apps, mas o uso é frequente, e o jogo Clash Royale, que jogo todo dia.

            Pode parecer pouca coisa, mas se pensar que uso isso o DIA todo, a bateria tem que dar conta e o aparelho não pode ser muito lento, senão fica complicado.

            E tanto o Moto Z como o Moto Z play deram conta do recado com folga, era possível não dar carga no celular o dia todo.

            E usando o Snap de bateria inteligente a coisa fica mais legal ainda. Diferente de um carregador comum que faz o carregamento TOTAL do aparelho, descarregando rapidamente a bateria externa, podemos com o Snap fazer de 3 formas. Configurar o carregador para carregar e manter carregado completamente o aparelho, usar TODA a bateria do Snap e depois a bateria do celular ou entrar em ação quando o aparelho chegar em 80% de carga e MANTER nos 80%. Parece estranho não?

            2016-10-19-11-57-592016-10-19-11-59-09Mas usando a terceira opção de manter o aparelho em 80% de carga, ambas as baterias gastam menos, e é a melhor opção. Nos testes que fiz, consegui quase 3x mais autonomia com o aparelho mantendo os 80% de carga, usando o Snap para manter e depois usar a bateria interna. Uma mão na roda em eventos que a gente usa em modo extremo, adorei isso.

            Ambos os celulares cabem bem no bolso, se por um lado o Moto Z tem uma tela melhor, e é mais fino, o Moto Z play, tem uma bateria maior e tem o conector P2, ambos irão atender perfeitamente seu uso, o Moto Z Play tem 3gb de ram, e usa o Snap 625, mas não pense que o desempenho é ruim. Ok, nesse momento você vai falar, mas Richard, você criticou muito o LG G5 com esse processador. Verdade, mas a crítica não foi porque era o processador 625, e sim porque a LG trouxe para o Brasil a versão mais barata do aparelho, com o preço da versão mais cara. E no resto do mundo usava o Snapdragon 820, essa foi a bronca geral do pessoal.

            Abrindo navegador, e-mail, Whats, câmera, praticamente não dá para perceber diferença.

            No jogo Clash Royale, que não é um jogo pesado, deu para perceber que o Moto Z carrega mais rápido que o Play, mas a diferença é muito pequena. Nada que atrapalha o uso.

            Recebi o Moto Z com o Projetor, bateria externa e com a caixa de som da JBL e o Moto Z play com a câmera.

            O Moto Z por si só já era um aparelho fantástico, mas os Snap meus amigos, fazem o aparelho irem para outro patamar, sem dúvida, deixando ele como um dos melhores aparelhos do mundo, tamanho a personalização que é possível.

            Eu simplesmente me apaixonei pelo projetor, que tem uma ótima resolução, gostei tanto que fui fazer uma etapa de Rally da Troller no Espirito Santo, que levei o aparelho e o Projetor e em vez de ligar a TV, usei o projetor para assistir 2 filmes e ver TV.

            2016-10-19-12-10-152016-10-19-12-10-232016-10-19-12-10-302016-10-19-12-10-312016-10-19-12-10-362016-10-19-12-10-512016-10-19-12-11-052016-10-19-12-11-09O Projetor passa TUDO que tem no celular, dá para ver como uma tela gigante, ou usar netflix, filmes que você coloca nele, ou ver TV, eu uso o SlingBox, para poder ver no celular tudo que tem na TV, então joguei no telão e pude ver Jornal de SP, em uma telinha de 100 polegadas hahahaha.

            2016-10-19-12-00-592016-10-19-12-01-122016-10-19-12-01-252016-10-19-12-01-332016-10-19-12-01-58Mas e o Som? Bateria?

            Ok, vamos lá, o som se você usar o projetor vai ficar baixo, e mal posicionado, o projetor não tem saída de som, ele vem do celular, e normalmente você posiciona o Celular do seu lado ou atrás de você para ter uma tela grande e confortável, e ai é muito estranho assistir a tela lá na frente e o som saindo atrás e baixo, para ver na tela do celular na nossa mal, o som é ótimo, mas com o projetor, mesmo no volume mais alto parece mais baixo porque está posicionado em lugar que é para ter qualidade da imagem.

            Mas é fácil de resolver, você pode conectar uma caixa de som com um cabo longo e usar o adaptador para P2 no caso do MOTO Z, ou um cabo longo para conectar as caixas direto no Moto Z play que tem o conector.

            Ou pegar uma caixa de som Bluetooth que quase todo mundo tem uma em casa hoje, parear com o celular e colocar lá perto da tela. Problema do som resolvido.

            Mas é a bateria, um projetor deve acabar com a bateria do celular.

            Seria verdade, mas o Snap projetor tem bateria própria, que suporta 2 horas de uso, mas se achou pouco é simples, conecta o carregador do Moto Z no projetor e pronto, o projetor vai trabalhar na tomada sem precisar carregar, e o celular vai segurar pelo menos umas 4 horas de uso, ou faz como eu fiz, se for vídeo que você colocou no cartão de memória, coloca no modo Avião, liga o Bluetooth e pronto, seu moto Z vai segurar umas 6 horas.

            E ainda dá para usar o cabo USB tipo C conectado em um carregador ou bateria externa e deixar os dois ligados na energia e aí não precisa se preocupar. Mesmo porque com o uso do projetor a gente não mexe no celular certo?

            Nas fotos abaixo dá para ver a qualidade das imagens do projetor. E se você achar alguma promoção e gosta de ver filmes, nem pense duas vezes, compre a opção com projetor e vai ser feliz.

            Além do projetor, e o Snap de bateria, tem também o Snap de som da JBL, achei ele muito bom, gostei do som, mas dos Snaps é que eu não compraria, pois não dá para usar com o projetor, e prefiro uma caixa de som externa e deixar o celular perto de mim.

            Snap da câmera Hasselblad. Confesso que quando recebi, não botei muita fé. Vocês sabem, sou do tipo que um celular não substitui uma câmera de verdade. Tinha testado em casa e não tinha me empolgado, mas o Salão do Automóvel estava chegando e pensei, ok, vamos dar mais uma chance em uma situação real de uso, se não for bom eu saco a Canon e tiro as fotos.

            Pensei, as fotos vão ficar ok, e a bateria não vai dar conta, mas mordi a língua, e FEIO.

            As fotos com o Snap ficaram perfeitas, a bateria deu conta o dia todo sem precisar carregar, chegando no salão as 8 e chegando em casa por volta das 19 horas fotografando o tempo todo e chegando em casa ainda com 15%. Nunca, desde que eu escrevo, um celular Android conseguiu usar fotos, todos os apps, no 4G e ter bateria para voltar para casa SEM ter que carregar.

            Impossível não se apaixonar pelo Moto Z/Play, e seus Snap, o preço é alto, mas se colocar na ponta do lápis, tanto o kit projetor e bateria, como o kit câmera, ta no preço de alguns aparelhos que são vendidos hoje no mercado, sem acessórios.

            A linha Moto Z mudou a forma de usar o celular, com acessórios descomplicados, nada de desmontar ou ter que configurar, apenas colocar atrás, apenas encaixar, e pronto, está funcionando, sem manual, sem ter que aprender a usar. Projetor você precisa apenas ajustar o foco, e a câmera, modo auto e pronto, se você gosta de brincar tem todos os recursos de uma máquina profissional e flash de verdade. Ok eu “Ainda” acho que uma Canon a qualidade é melhor, mas está chegando o dia que uma máquina fotográfica de linha semi, como a seria T, não vai mais ser necessário, teremos acessórios que vão suprir a necessidade.

            « 1 de 2 »

            Não é segredo para ninguém que uso um S7, alias uso a linha S da Samsung desde o S1, e uma vez troquei pelo Moto X antigo e depois voltei para a linha S da Samsung.

            Mas o Moto Z me impressionou, a Câmera original, ainda perde para o do S7, mas com o Snap, não é justo fazer comparação, pois é um acessório que melhora demais o aparelho.

            O que me impressionou no Moto Z foi estar muito bonito e bem-acabado. Fino e leve. Hardware top de linha, que dá conta de tudo que você precisa, bateria que tem um gerenciamento espetacular, e faz com que ela dure muito mais que qualquer outro aparelho do mercado. E Uma Tela De alta definição que dá gosto de olhar.

            Já o Moto Z Play, tem o conector P2 para quem faz questão dele e não quer usar um adaptador, é mais gordinho e tem uma bateria maior, que praticamente dispensa o uso de uma bateria externa.

            Os aparelhos por si só já são muito bons, vale sem dúvida considerar testar se cabe no seu bolso, você pode ficar surpreso com o aparelho.

            Mas os Snaps, haaaaaaaa, os Snaps, eles fazem a linha MOTO Z sem pensar duas vezes, serem os melhores aparelhos do mercado, pois você consegue de forma simples ter um conjunto de coisas que fazem muita diferença.

            Se quer mais bateria, tem o Snap inteligente e esqueça o carregador em casa durante o dia fácil.

            Se gosta de filmes tem o Snap Projetor que é uma delícia de usar.

            Se gosta de Som, tem a caixa da JBL, mas sério vá de projetor, e use uma caixa sua, e tenha um CINEMA na sua casa.

            E se gosta de fotografar, tem o Snap da Hasselblad, que dispensa comentários, você vai ficar espantado com o que ele faz com a câmera do celular.

            E uma coisa fantástica, foi a Motorola/Lenovo não colocou os Snaps como proprietário. Ou seja, o produto pode ser fabricado por qualquer empresa que quiser, oque da chance de termos dezenas de Snaps, claro teremos uns que serão fantásticos e outros que darão medo, mas isso é o bacana. Você cria um produto, e libera ele para que outros possam criar para seu aparelho.

            Enfim um aparelho que posso dizer que é para todos os gostos, ok, não é para todos os bolsos, mas se for pensar em aparelho top, hoje, sem dúvida é o mais completo, claro ano que vem os concorrentes irão se mexer para bater de frente, já que hoje o LG G5 que é o primeiro modular, não emplacou, pelo preço, e também porque é mais chato de usar, tem que tirar o modulo, tirar bateria, colocar no outro modulo e depois usar.

            Samsung até agora não tem nada disso, tem um carregador apenas como case, lá fora até tinha uma lente para colocar atrás do S7, mas apenas isso. Quem sabe o S8 mostre algo.

            Sony nada, e até o momento nem parece que vai ter.

            Os demais fabricantes, ainda tentam se posicionar no mercado, Asus é piada, celular que pifa e eles somem quando se questiona o problema, Quantum chegou e sumiu tão rápido quanto chegou. Alcatel tem tentado com bons aparelhos uma fatia do mercado, mas não está preocupada com o andar de cima, sabe que primeiro precisa conquistar o consumidor, e ZTE volta para o Brasil, mas visa o mercado de baixo ainda, o que acho perfeitamente correto.

            Resumindo hoje no mercado Brasileiro não temos nenhum aparelho, de nenhum fabricante que chegue perto do Moto Z na questão de acessórios. Hardware? Ok temos vários com mesmo processador, mesma memória e etc., mas acredito que a Motorola/Lenovo saiu na frente, e não deu tiro no pé, pelo contrário, acertou o alvo em cheio, e agora vai colher os frutos até que Samsung e LG olhem esse mercado e resolvam entrar na briga, mas mesmo quando isso acontecer, por um bom tempo a Motorola/Lenovo vai ter um pé na frente.

            Compraria?

            Sem dúvida, não teremos esse ano um aparelho tão completo como o Moto Z por praticamente o mesmo preço que outros aparelhos com mesma configuração.

            Eu estou apaixonado pelo projetor e pela câmera Hasselblad, e se fosse trocar de celular HOJE, ele seria meu celular.

            Mas sabem como é né, a Marcela chegou faz 5 meses, e agora tem que pensar 10x antes de comprar algo. pois os custos subiram de forma considerável, e não posso comprar na empolgação.

            Mas virou meu objeto de desejo para este final de ano.

            O Projetor eu uso muito, principalmente em viagens pois posso assistir o que eu quiser sem precisar me preocupar se tem TV ou não. posso usar um fone BT para não atrapalhar ninguém, posso por uma caixa de som, e deitar e assistir o que eu quiser.

            E a Câmera facilita minha vida, pois eu só preciso do celular e do Snap para sair e fotografar, mesmo de noite, graças ao Flash Xenon.

            É Motorola, você me coloco em uma situação do tipo, eu quero, mas não posso ter tudo.

            Se você está em dúvida de qual aparelho hoje deve escolher, eu falo para você teste o MOTO Z, acho que você vai gostar do que vai ver.

            Abraços a todos.

             

             

             

             

             

            2 Comentários

            1. Bem construido

              8

              Bateria

              9

              Acessórios

              9

              Kit Completo

              8.5

              Facil de usar Snaps

              10

              Somente ressalva para o armazenamento, onde o moto z apresenta 64gb de armazenamento interno.

            Deixe uma Resposta

            Please enter your comment!
            Please enter your name here