Tempo para Leitura: 5 minutos

Estou escrevendo um texto de relógio e lembrei de algo engraçado hahaha.

Expulso de um museu por culpa de um relógio!!!!

Ano passado estava eu, em Barcelona para cobrir a Mobile World Congress, e resolvi ficar mais 4 dias, para pelo menos falar que CONHECI a cidade né, porque normalmente eu só visito a cidade hahaha, e descobri que tinha uma exposição no museu do Egito de Barcelona, com peças reais da história de Tutancâmon, quem me conhece, sabe que sou fanático por história antiga, mais precisamente Egípcia, Maia, Astecas e Inca!!!

Bom como de costume era permitido fotografar em alguns lugares e em outros não.

Mas lá estava eu, feliz da vida, depois de comer uma Pizza, andando pelo museu maravilhado com o que via, e tirando foto do que podia, mas claro, eu queria A FOTO!!!!

E A FOTO!!!! Não era permitida, mas eu estava com o meu Samsung Gear e ele tirava foto!!!!

Pensei, quantas pessoas sabem que esse relógio tira foto, quase ninguém, esse tipo de produto é tão exclusivo pra Geek ou Nerd que pessoas comuns nem vão perceber, e vou ser discreto, ninguém vai ver!!!

Voltei a andar pelo museu, olhando tudo que podia, e passei a olhar a movimentação dos seguranças, que eram 4, sendo um deles, digamos “meio” grande, acho que dava uns 3 de mim, então pensei, ok, tenho que tomar só cuidado com esse aí hahaha.

Continuei andando pelo museu esperando uma oportunidade, mas os seguranças ficavam sempre perto do espaço mais raro do museu, onde tinha o que vou mostrar na foto no fim do texto.

Depois de 2 horas passeando pelo museu, parando para ver aquelas coisas magnificas, tinha chegado a hora de eu ir ver a parte restrita, preparei o relógio para fotografar rapidinho, pois não queria encrenca com o segurança que além de grande, tinha uma [email protected] cara de bravo!!!!

Entrei e não acreditava no que estava vendo, era lindo!!! Mórbido, mas lindo!!!!

Uma moça do museu, acho que viu minha fascinação e veio explicar tudo, achei isso muito legal, continuei ali, olhando para o esqueleto, tão pequeno, mas tão famoso e importante, mais que muitos outros faraós, e ainda tinha outras coisas para olhar, mas não podia perder tempo, ou era agora ou não ia tirar a foto, porque ia ser meio suspeito voltar lá dentro depois de tanto tempo haha. Discretamente apontei o relógio para o esqueleto, e tirei 1, 2, 6 fotos, e sai, feliz da vida, me achando o mais experto do mundo, mas é CLARO, minha alegria não ia durar muito tempo!!!

Assim que passo pela porta do espaço restrito, sinto uma PATA no meu obro, sério PATA MESMO!!!! E que pata pesada!!!! O “Pequeno ” segurança me viu!!! Veio e me segurou no ombro, digamos que foi até com força. E disse “Hola señor, ¿Cómo estás?” Eu sentí um calafrio e pensei, ferrou!!! respondi em português mesmo (E eu lá tinha cabeça para pensar em espanhol ou inglês nessa hora??) Estou bem, obrigado.

Em seguida ele me perguntou (vou deixar em português mesmo as frases haha). Você sabia que tirar fotos onde você tirou é proibido? Vou expulsar você do museu!!! (O tom da voz, já não era mais educado, e confesso que pensei, o cara vai me bater!!!

Eu tentei (com a cara mais lavada do planeta) dizer, mas eu não tirei fotos, pode olhar no celular. (Por sorte o Gear ainda não tinha passado as fotos, apenas uma, e eu mandei pro dropbox porque não era besta, e deletei do aparelho, afinal as fotos tavam no GEAR!!!

Então vem a minha surpresa!!!

O Segurança olha para mim e fala, pensa que eu sou besta? me pega pelo ombro e “delicadamente” e LITERALMENTE me arrasta pelo museu, eu bem que tentei discutir,, mas quando vi que o cara estava ficando nervoso, comecei a andar para sair do museu, mas tinha um problema, eu tinha pago pra fazer um desenho em papiro!!! [email protected] eram 100 euros e já estava pago, eu não ia sair de lá sem ele!!! E sem as minhas miniaturas, já estava tudo pago e eu ia pegar na saída, saída essa, aliás, que eu nem vi direito, pois quando percebi eu já estava lá fora, com esse gorila na minha frente.

Eu falo de novo, pode olhar meu celular, não tem nada, e você não pode me impedir de entrar.

E aí meus amigos veio a coisa que eu menos esperava na vida hahaha.

O segurança fala, amigo, não vai mais entrar no museu, até você apagar as fotos do seu relógio GEAR, pois eu também tenho um, olha, e levanta a manga do terno!!!

Com tanta gente pra ter um, logo o segurança do museu!!!!

PQP, imagina a minha cara né?

Ele pega meu braço, e acessa o relógio e deleta as fotos, e me fala (agora de forma educada, mas as palavras foram legais), algumas coisas na vida são feitas para ficar na memória, e não guardadas em fotos, me desculpe, mas não posso deixar você entrar de novo. E voltou para dentro.

Eu sento na escada do museu, para tentar entender tudo, eu sei que errei, mas o que mais me incomodou foi a frase que ele disse, porque ele estava certo.

Acho que fiquei ali uns 10 minutos, e fui até porta (tinha minhas coisas lá dentro e eu queria pegar, mas era por outro motivo que fui. Abro e peço para chamar o segurança, a moça estranha (deve ter pensado que eu era louco de querer arrumar briga!!!

Mas eu não fui fazer isso, ele veio, educado dessa vez, já chegou estendendo a mão, e eu disse, queria apenas me desculpar pelo que fiz, eu errei em tirar a foto e errei ao mentir, você está certo, algumas coisas a gente tem que guardar na nossa memória. Eu gosto tanto de Tutancâmon, que acabei passando dos limites. E por causa disso acabei não podendo ver o restante da exposição, mas você estava certo.  Mas será que poderia deixar eu pegar minhas miniaturas e meu papiro? São coisas que significam muito para mim.

Então ele olhou para mim e disse (pelo menos foi o que eu entendi hehe) estou aqui tem 3 meses, e muita gente tentou tirar fotos, mas a gente sempre pega, mas você foi o único que veio pedir desculpas, e mostrou sinceridade, e que percebo que realmente gosta de história, pode entrar e ver o resto do museu.

Bom acho que na hora fiz uma cara mega feliz, apertei a mão e agradeci, antes de entrar, tirei a câmera, o relógio e o celular, e disse, você pode segurar? Não preciso mais deles, e ele me respondeu, pode entrar com eles, você não vai usar, eu sei.

Realmente eu não usei na parte restrita, nas demais eu tirei de tudo que achava legal, e as vezes ele vinha e falava sobre algumas peças que eu estava olhando.

Foi algo muito legal de visitar, o Museu é fantástico, e aprendi 2 coisas nesse dia.

Que realmente existem coisas na vida, que são feitas para ficarem na nossa memória, e não em fotos, pois desta forma outras pessoas vão querer ir conhecer ou ver o que você disse.

A outra:

SEMPRE olhe qual relógio o segurança de um espaço proibido está usando hahahahaha.

Aposto que devem estar se perguntando, mas cadê a foto? Afinal uma foto se salvou!!!

Bom ela está aqui, bem guardada no meu dropbox, na pasta Egito, não tive coragem de apagar, mas se eu colocar ela aqui, eu vou errar novamente concordam? E não iria ser sincero com tudo que escrevi. E por este motivo não vou colocar a foto. Mas vou pôr todas as outras que tirei do museu, e sei que vocês vão entender.

Abraços a todos!!!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.