Tempo para Leitura: 4 minutos

Olha a surpresa agradável. O Marcelo Barros que posta no NokiaBR recebeu o N900 e coloco aqui para que todos possam ler sobre este aparelho, agora eu ainda não sei se vale a pena investir nele ou aguardar o aparelho da Nokia com tela capacitiva.

Oque vocês acham ?

 

Antes de mais nada, gostaria de agradecer aos que acompanharam a saga da chegada do N900 por dividirem minha ansiedade. O aparelho chegou na hora do almoço e tive pouco tempo para brincar com ele. De imediato, a primeira impressão é boa. O aparelho parece bem acabado e é bonito. Pesado, sem dúvida, e um pouco gordinho. Umas fotos comparativas entre N800, N900 e XM5800 podem ser bem mais interessantes do que a minha opinião (fotos amadoras tiradas poucos minutos atrás):

cmp1

cmp2

cmp3

O meu maior medo era a tela e sua resposta aos dedos. Felizmente, o aparelho responde bem aos dedos, você realmente não precisa de usar nada mais pontiagudo a menos que o elemento da interface gráfica seja muito pequeno (nem tudo está tão ajustado aos dedos). Só recomendo uma pressão um pouco maior para uma boa resposta da tela.

A interface é cheia de “wow’s”, ou seja, várias surpresas agradáveis. As notificações de SMS e emails são bem bonitas também. E você se acostuma muito rápido com a lógica “tocar fora do foco” para sair e voltar de diálogos. Também passa a interagir facilmente com o menu no canto superior esquerdo, que chaveia tarefas e acessa o menu principal de aplicativos. Achei incrível como é bem mais intuitivo para um novato, muito mais fácil de usar do que um S60 quinta edição, como um N97.

Falando de N97, preciso dizer que o mecanismo de abertura do N97 é algo insuperável e o N900 toma uma surra neste ponto. Não gostei muito da abertura e menos ainda do fechamento. Você precisa pressionar no meio para fechar ou apoiar nas duas bordas superiores. Se pressionar somente em uma das bordas ele não fecha ou força. Acredito que o caso de uso seja sempre com duas mãos, o que justifica o design mas não deixa o consumidor feliz. Mas, por outro lado, o teclado é muito melhor do que o do N97. As teclas ficam juntas, sem aqueles espaços do N97 que atrapalham. Para quem vem do E71, como eu, é mais fácil se acostumar. Mais fotos:

tela1

tela2

tela3

A embalagem foi pensada para se ter um suspense a mais ao abrir. Você abre a tampa da caixa e tem outra, interna. Achei isto sensacional, adoro ver este tipo de cuidado. Na caixa, cabos para saída para TV, carregador, adaptador para carregadores tradicionais (a ponta para o N900 é sempre USB), fones do tipo plug (finalmente!) que não testei ainda, cabo USB e um pano para limpeza. Faltou uma capinha e também uma cordinha dessas de pulso.

cx1

cx2

cx3

Não testei nada com rigor, o entusiasmo estava muito elevado para qualquer análise mais aprofundada. No entanto, gostei das fotos que tirei. Algumas amostras, com esforço zero e tudo no automático:

foto1

foto2

foto3

foto4

foto5

No entanto, o mais importante era o envelope azul que pode ser visto nas fotos acima. Eu tenho os meus motivos para ser “Nokia de carteirinha”, como gosta de falar o Javsmo. Tenho me envolvido na área de programação para celulares desde outubro ou novembro de 2008, sempre contribuindo, fazendo e divulgado meus programas, participando do Forum Nokia, dos grupos de discussão, blogs e da wiki. Ou seja, passei de “zé ninguém”, para Forum Nokia Champion e um dos administradores da wiki, além de conhecer gente do mundo todo e fazer muitos amigos. O próprio Javsmo foi um deles. Acho isto incrível pois pesou apenas o meu esforço e dedicação, devidamente reconhecidos pela comunidade e administração. Não teve panelinhas, barbadas ou conchavos. O N900 é um incentivo para continuar e recomendo que vocês também participem. Ah, aguardem o Milkshake, está ficando muito gostoso !

diploma

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.