Tempo para Leitura: 3 minutos

A Qualcomm Incorporated, por meio da iniciativa Qualcomm® Wireless Reach™, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Instituto de Socioeconomia Solidária (ISES) anunciaram hoje (30 de junho) que estão colaborando para desenvolver tecnologias para drones, com o objetivo de apoiar os agricultores no Brasil. O Programa de Desenvolvimento de Tecnologias para o Uso de Drones em Agricultura de Precisão tem como objetivo demonstrar como essas soluções podem ser aplicadas para reduzir o impacto ambiental e aumentar a produtividade das culturas.

Os sistemas de bordo desenvolvidos para os drones – que combinarão a expertise da Embrapa em agricultura e algoritmos de processamento de imagem com a plataforma Qualcomm® Snapdragon Flight™ e avançadas tecnologias móveis – têm como missão coletar, processar, analisar e transmitir informações das lavouras em tempo real para os agricultores e agentes ambientais de todo o Brasil.

Os dados de inteligência serão utilizados para detectar com precisão as deficiências das culturas, ocorrência de pragas, escassez hídrica, déficit de nutrientes e danos ambientais. Estas funcionalidades permitirão que os agricultores tomem medidas precisas para, por exemplo, evitar o uso demasiado de defensivos agrícolas, excesso de fertilização, além de possibilitar a irrigação de campos secos, a fim de reduzir o impacto ambiental e ampliar a produtividade.

Atualmente os altos custos, a necessidade de operadores e técnicos especializados, além do uso de computadores de alta capacidade tornam os drones inacessíveis para a maioria dos agricultores do Brasil. Ao desenvolver sistemas de bordo para drones e aplicar uma prova de conceito é possível proporcionar a ampla adesão da tecnologia na indústria agrícola, tornando essas soluções acessíveis aos pequenos, médios e grandes produtores.

Após o desenvolvimento de sistemas de bordo para drones, o programa terá testes de campo com os dispositivos e uma avaliação para medir o seu impacto econômico e social. Com isso, ainda será possível comprovar que os drones podem permitir a adoção de medidas imediatas em favor do meio ambiente e negócios, reduzindo ainda a consequência negativa das mudanças climáticas.
A iniciativa Wireless Reach financia o programa, que será implementado em colaboração com a Embrapa, empresa estatal vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e o ISES, uma organização sem fins lucrativos que implementa tecnologias ligadas ao desenvolvimento social e geração de renda.

A Embrapa beneficia a sociedade brasileira por meio da geração de soluções inovadoras para produção de alimentos, fibras e energia, desde o manejo do solo até a embalagem dos alimentos.

O chefe-geral da Embrapa Instrumentação (São Carlos – SP),João de Mendonça Naime, disse que a colaboração com a Qualcomm Wireless Reach vai permitir ao Centro de Pesquisa brasileiro a disponibilização de tecnologias de processamento de imagens aéreas para produção de diagnósticos expeditos no campo, com essa inteligência agronômica embarcada na plataforma Snapdragon Flight para drones. “Esperamos resultados expressivos para o aumento da competitividade e da sustentabilidade da atividade agropecuária no Brasil”, afirmou.

“Com o aumento da demanda por alimentos no mundo, a agricultura de precisão se torna cada vez mais importante. Os drones se tornarão uma ferramenta fundamental nesse sentido, em particular em países de extensão continental como o Brasil”, disse Rafael Steinhauser, vice presidente sênior da Qualcomm Serviços de Telecomunicações Ltda e presidente da Qualcomm América Latina. “Colaborar com a Embrapa, entidade de pesquisa com forte interesse na utilização de drones para a agricultura, é um grande privilégio para a Qualcomm, que por meio da sua iniciativa Wireless Reach visa melhorar a vida das pessoas com programas que utilizam as tecnologias sem fio”, complementou.

A TIM através da sua área de Inovação e Desenvolvimento de Negócio será a parceira preferencial de telecomunicações do projeto contribuindo com a habilitação da rede LTE nos laboratórios e campos de prova, permitindo através da sua rede LTE à conectividade dos drones com a central de processamento das informações. A ativação do LTE se dará por meio do desenvolvimento de uma rede Small Cell no laboratório de precisão e da utilização da maior cobertura LTE no Brasil.

A Qualcomm entende as diversas formas pelas quais os avanços nas tecnologias móveis fortaleceram o desenvolvimento econômico e social e trabalha para permitir uma transformação ainda maior em apoio à inovação e à sustentabilidade ambiental. Para saber mais sobre o trabalho da Qualcomm e o que os colaboradores do seu programa estão fazendo, visite www.qualcomm.com/wirelessreach.www.qualcomm.com/wirelessreach.

A EMBRAPA desenvolve pesquisas agrícolas em diversos assuntos, incluindo agropecuária e grãos, e dedica-se à utilização de pesquisa pura e aplicada para a agricultura. Para mais informações, visite o site https://www.embrapa.br/en/international.

O ISES é formado por uma estrutura multidisciplinar para criar soluções de redução da pobreza para negócios inclusivos. O instituto auxilia na incubação e aceleração de empresas inclusivas, unindo forças e conhecimentos para promover metodologias relacionadas ao fomento de atividades de empreendedorismo para a base da pirâmide. Para mais informações, visite o site http://ises.org.br/.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.