Tempo para Leitura: 8 minutos

Quando pensamos em Jeep, já imagina barro, lama, calor, diversão e natureza, bom com o Renegade da pra fazer tudo isso, ou não!!!

Com a proposta de encarar a Ecosport da Ford e o HR-V da Honda, a Jeep trouxe o Renegade, misto de utilitário e carro de luxo altamente tecnológico. E bota tecnologia nisso.

Bom resolvemos não colocar o Renegade na lama, afinal se a proposta dele é encarar os modelos que citamos acima, ele tem que se dar bem no asfalto também certo?

O renegade vem com 3 versões, a Sport que pode ser flex ou diesel, manual ou automática e custa a partir de R$ 69,900,00, a Longitude que só tem opção automática flex ou diesel  a partir de R$ 80.900,00 e a Trailhawk apenas Diesel automática que parte de R$ 116.900,00 e foi a versão que recebemos para avaliar.

Se por fora tem cara de Jeep, pau pra toda obra, por dentro muda tudo, conforto, segurança tecnologia andam juntos, acabamento de qualidade, bancos de couro, air bags, abs, sistema multimídia completo, painel com tela para informações rápidas ar condicionado dual zone, fazem com que se esqueça que na verdade você está em um carro capas de fazer coisas absurdas na terra, lama subidas e descidas.

Verdade seja dita, a versão que recebemos na cor verde commando, causou impacto, enquanto Homens praticamente se deliciavam com a aparência do carro, as mulheres torciam o nariz, nessa cor, o carro fica muito cara de homem, tem apelo masculino, e eu particularmente se fosse comprar seria nessa cor ou laranja, pois adorei a combinação do carro e cor.

Mesmo por fora, ele não esconde a marca, tem cara de Jeep, tem cara de carro pronto pra tudo, mas dependendo da cor pode agradar o publico feminino, mas acredito que o sucesso vai ser mais com o consumidor masculino, e está vendendo bem, pois já é possível ver vários rodando no mesmo dia, diferente de outros carros que demoram para que possamos ver com frequência na rua o Renegade mostra que acertou nas escolhas e caiu no gosto do consumidor. Claro que devemos ver mais o modelo Sport na rua, pois seu preço é competitivo, e fica na faixa dos concorrentes, mas a escolha do top de linha dá a quem comprar alguns itens que são interessantes.

Bom como disse acima a versão que testamos foi a Trailhawk, modelo top de linha com tudo que tinha direito no carro. Eu nunca tinha andado tanto tempo com um motor diesel, e confesso ter me apaixonado, como são econômicos, como anda bem, pra ter uma ideia a média em SP com transito beirava os 18 por litro, andando com o carro numa boa, com ar ligado, pisando para os testes mais pesados caímos para 6 a 9 por litro, mas no perfil do dia a dia posso dizer que o carro faz fácil 14 por litro, o que é um sonho de consumo, pensando que meu carro faz 6 por litro, e eu abasteço ele a cada 145 km, e o Renegade eu rodei o dobro do que ando com meu carro, e depois de 7 dias eu ainda tinha mais de meio tanque. que alegria, me fez lembrar da época do Peugeot 206 que fazia quase 13 por litro.

Mas vamos deixar a saudade e inveja do consumo de lado e falar tudo que vem nesse carro e depois vamos falar mais sobre a parte de tecnologia.

  • Seletor para 5 tipos de terreno
  • Rodas em liga aro 17’’ e pneus 215/60 de uso misto
  • Protetor de transmissão
  • Protetor de tanque
  • Protetor de diferencial
  • Protetor de carter
  • Suspensão off road com altura mais elevada do solo
  • Painel de instrumentos em TFT colorido de 7”
  • Alavanca do cambio com revestimento em couro
  • Espelho interno eletrocrômico
  • Sensor de chuva
  • Acendimento automático dos faróis
  • Lanterna removível
  • Ganchos de reboque vermelhos (2 diant. e 1 tras.)
  • Molduras do painel e console na cor vermelho rubi
  • Teto na cor preta
  • Rack do teto na cor cinza
  • Retrovisores externos na cor cinza
  • Adesivo no capô

E os itens de série do modeloLongitude 2.0 4×4 automático

  • Tração 4×4 Jeep Active Drive Low
  • Motor MJet 2.0 Diesel e Cambio AT9
  • HDC – Controle eletrônico de velocidade em descidas
  • Computador de Bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso)
  • Maçanetas externas na cor do veículo
  • Ar Condicionado automático dual zone
  • Câmera de estacionamento traseira
  • Banco do passageiro rebatível
  • Parafuso antifurto nas rodas
  • Volante com acabamento em couro
  • Aletas para trocas de marcha no volante
  • Sistema de navegação GPS
  • Sistema de áudio com tela de 5” touch e comando de voz
  • Porta objetos sob o assento do banco do passageiro
  • Ambiente light
  • Tapetes
  • Tomada 12V no porta malas
  • Air bags dianteiros
  • Freios a disco nas 4 rodas
  • Direção elétrica
  • Sensor de estacionamento traseiro
  • Piloto automático
  • Controle de Estabilidade (ESC)
  • Estepe full size
  • Faróis e lanterna traseira de neblina
  • Freio de estacionamento elétrico
  • Rádio integrado ao painel com RDS e porta USB
  • Espelhos retrovisores elétricos
  • Revestimento externo nas colunas das portas
  • Retrovisores elétricos, vidros e travas elétricas nas quatro portas
  • Panic break assist
  • Alarme
  • Sistema de áudio com 6 alto falantes , USB e Bluetooth
  • ABS
  • Ajuste do volante em altura e profundidade
  • Alerta de limite de velocidade e manutenção programada
  • Apoia-braço com porta objetos
  • Banco do motorista com regulagem de altura
  • Banco traseiro bipartido 60/40 e rebatível
  • Bolsa porta objetos atrás dos bancos dianteiros
  • Cargo box
  • Chave canivete com telecomando
  • Cinto traseiro central de 3 pontos
  • Cintos de segurança dianteiros com ajuste de altura
  • Comandos do sistema de áudio e bluetooth no volante
  • Controle eletrônico anti capotamento
  • Controle de estabilidade para trailler (quando com engate Mopar)
  • Controle de tração
  • Encosto cabeça traseiro central
  • Ganchos de fixação de carga no porta-malas
  • Hill Start Assist – auxílio de partida em subidas
  • Iluminação do porta-malas
  • Isofix – fixação para assentos infantis (dois traseiros)
  • Limpador e desembaçador dos vidros traseiros
  • Luz diurna (DRL)
  • Para sol com espelhos cortesia
  • Pavimento do porta malas com revestimento duplo
  • Repetidor lateral nos retrovisores
  • Tomada 12V
E estamos falando de um carro que teoricamente se enfia no barro né? Mas não comigo hahaha
Alem do que colocamos acima que vem de série, ainda temos como opcional:
Sistema de áudio com tela 6.5’’ touchscreen. Bluetooth, USB e Sistema de reconhecimento de voz

Sistema de áudio premium Beats com 8 alto falantes e subwoofer

Banco do motorista com regulagem elétrica

Banco do motorista com regulagem lombar elétrica

Faróis de xênon

Air bags laterais

Air bags de cortina

Air bag de joelhos para o motorista.

TPMS (sistema de monitoramento de pressão dos pneus)

E o Teto Panorâmico. com todos os opcionais o carro chega ao valor final de R$ 145,050,00.

Ok ele completo fica muito mais que o dobro da sua versão de entrada, mas ai fica a critério de quem compra certo ? Se vale investir ou não. eu se tivesse $$ iria com tudo que tem direito, justamente para não ter que colocar depois.

Ufa quanta coisa tem no carro. Então vamos começar falando um pouco de fora do carro.

O Renegade vem com farol Xenon, Farol assistente de curva que acende quando estamos fazendo uma curva, na verdade usa o farol de milha para fazer esse recurso, liga de forma automática os faróis, luz de neblina, e um ronco delicioso de motor diesel, um ótimo acabamento externo, e pneu aro 17, que eu particularmente achei pequenos, podia ser 19, que seria mais compatível com o tamanho do carro, que alias é alto, passa fácil por lugares que estão cheio de água. e tem sistema que mostra a pressão do pneu, que é muito útil, já usei uma vez no Focus, pois um alerta avisa que algo está errado e a gente tem mais segurança, pois as vezes não percebemos e pode causar até um acidente.

O Teto panorâmico abre para os passageiros dianteiros, e para os passageiros do banco traseiro é possível retirar o teto, mas tem que guardar no porta malas, não é automático como o dianteiro.

O porta malas é pequeno, uma mala grande de viagem já ocupa todo o espaço.

O Renegade apesar de duro, é extremamente confortável de dirigir, tanto motorista como passageiros tem um bom espaço na frete e no banco traseiro também tem um ótimo espaço e conforto, com o ar condicionado Dual zone, é possível deixar a temperatura agradável para todos. O Renegade não usa chave,, e sim o sistema de sensor de chave, tanto na porta como para ligar o carro, na porta basta encostar na maçaneta com a chave no bolso e as portas destravam, e para ligar basta apertar o botão, é muito bom não ter que tirar a chave do bolso, mas ao mesmo tempo tem que acostumar que quando deixa o carro em valet, a chave ta no bolso e precisa deixar no carro, ou o carro vai parar por estar distante da chave.

Ainda falando em conforto, os bancos de couro tem comandos elétricos para o motorista, e são bem confortáveis para uma viagem longa, sua direção não é pesada e tem boa posição para dirigir.

 

O Renegade é alto, bem mais alto que os carros tradicionais, o que faz com que a gente tenha uma visão maior, e também hehehe, mais respeito pelos que estão em nossa volta. Lombadas viram apenas um pedaço de chão no caminho, buracos ainda conseguimos perceber, pois suas rodas apesar de 17 polegadas, ainda são pequenas para o carro. Mesmo sendo automático o Renegade conta com assistente de rampa que segura o carro alguns segundos para sair em uma ladeira.

Achou pouco ? Calma que tem mais, o Renegade estaciona sozinho em vagas de rua ou em garagens, eu testei em casa e não deu certo, ele ficou perdido na vaga do vizinho, e na minha não estacionou, mas na minha eu entendo pois estou 2 vagas da parede, e ele precisa de 3 vagas para calcular e estacionar. Na rua e no shopping não tive problemas para que ele fizesse o trabalho por mim.

Bom vamos falar um pouco do som do carro, apesar de eu não gostar da marca Beats para fones de ouvido, acho uma marca bem porcaria pra falar a verdade. no Renegade a coisa muda, e a Beats faz juz a seu nome, com 8 auto falantes e subwoofer, com um som envolvente com ótimos graves e agudos. E você ainda pensando que o Renegade é um carro pra enfiar na lama ???? hehehe

Sua central multimídia é completa, com Bluetooth, GPS, câmera de ré, é touch, CD e radio FM com RDS e DVD, alem de USB entrada auxiliar e reconhecimento de voz, os comando são fáceis de usar pelo painel ou pelo volante que é completo, incluindo 3 botoes de cada lado na parte da borboleta do Paddle Shift que o Renegade tem, e agradeço o renato Maia do Falando de Carros, que me alertou desses botões pois eu estava perdido procurando, mania de não ler manual de instruções da nisso hahaha.

Falando na central multimídia, nela é possível acessar as configurações do carro e ajustar de acordo com sua preferencia.

No painel do carro também temos uma tela que mostra diversas funções e configurações do carro, e é possível personalizar esta tela, com algumas coisas, como posicionamento de alguns itens na tela, e informações completas sobre o carro, tudo isso pelo volante do carro.

Não tive problemas para conectar o celular no carro, pelo contrario o uso da central é bem intuitivo e fácil de aprender a usar.

Opa ia esquecendo de falar dos sensores do carro.

O Renegade vem com sensor em tudo que é canto que você pode imaginar, alem do sensor de ponto cego no espelho, achei muito interessante, mas confesso que me irritou um pouco tanto sensor, pois o carro apitava demais quando alguém passava, ou se estivesse no transito era impossível escutar uma musica, pois os sensores ficavam apitando o tempo todo quando estava parado perto de uma mureta por exemplo, acabei desligando quando estava dirigindo.

Falando em apito, uma coisa que eu gostei bastante e que ajuda muito na hora de estacionar, é justamente o apito tridimensional hehehe acabei de dar esse nome. Vou tentar explicar, sabe o “PIPIPI” que o sensor de estacionamento faz quando estamos colocando o carro em uma vaga e ele avisa com som cada vez mais repetitivo quando estamos chegando perto ? Bom o Renegade também faz mas de forma tridimensional, ou seja, o lado que apita é o lado que o sensor está verificando, e isso é com 6 apitos espalhados no carro, ou seja, quando estamos entrando de ré, se algo está perto da traseira esquerda, vai apitar la na traseira esquerda, se for na frente direita vai apitar na frente direita, e achei isso muito útil, pois alem de saber que está perto, sabemos ONDE é que está perto, facilitando nossa manobra.

Ufa!!!

Eu adorei o carro, gostei de tudo até da cor, menos do preço hehe que fica fora do meu orçamento, ok eu sei que gosto de praticamente todos os carros que testo, mas nunca neguei meus preferidos, que sempre foram o Civic, a Ecosport e o A3 e R8, ok R8 é só sonho de consumo. mas confesso que não esperava colocar um Jeep na minha lista de carros possíveis, sei que não seria o modelo avaliado e sim um modelo mais barato, mas mesmo assim eu gostei do carro, e depois de 3 anos, um novo modelo entra na minha lista, como ela tem espaço para 5 carros, ainda não preciso retirar nenhum da lista, mas a ordem dos carros mudou. Hoje seria Ecosport – Renegade – A3 e Civic, que perde posição por seu ultimo modelo ter tirado um pouco o brilho do carro. E a cor? bom EU iria na verde mesmo haha. suja pouco, e engana as pessoas achando que eu gosto de fazer trilhas haha, mas comigo o Renegade o mais perto que chegaria de uma trilha seria em estradas sem asfalto, pois ele não precisa me provar que pode, eu sei que ele pode e faz sem sofrimento qualquer coisa que eu precisar fora da estrada, e dentro da cidade? bom conforto e tecnologia podem andar muito bem juntas dentro de um Jeep.

Abraços a todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.