Sony Xperia Z5

8.7

Acabamento

10.0/10

Vidro e Metal

10.0/10

Tela Full HD

8.0/10

Desempenho

8.5/10

Bateria

7.0/10

Pros

  • Câmera boa de dia
  • Esquenta menos que o Z3+
  • Acabamento de metal e vidro
  • Leitor de impressão digital

Cons

  • Bateria
  • Câmera de noite é fraca
  • Preço muito alto
Tempo para Leitura: 3 minutos

 

A Sony trouxe para o Brasil no mês passado seu último grande lançamento para 2015, o esperado Z5.

Mas não espere muitas novidades no Z5, principalmente pelo pouco tempo de intervalo entre ele, e o modelo anterior, mas as poucas mudanças foram significativas, o que deixa o Z5 bem interessante para uma troca entre gerações, para quem tem o Z3 vale a troca pelo Z5.

Por fora eles são praticamente iguais, Metal e vidro, mantendo uma identidade do modelo, o que acho legal, E uma coisa que gostei foi que o vidro traseiro agora é fosco, não é mais liso, deixou muito mais bonito o aparelho e deve evitar tantas marcas de dedos no aparelho.

O Z5 vem com processador SnapDragon 810 octa core, sendo 4 rodando com 2ghz e 4 em 1.5ghz, a GPU é a já conhecida Adreno 430 e 3 gb de ram para dar um pouco de folga no sistema, 32gb de espaço interno, mas tem entrada para cartão de memória, 4G e não é dual chip, tela full HD e câmera traseira de 23mp e frontal de 5mp.

O Z5 também ganhou um sensor de leitor de digital no botão Power, o que é ótimo para liberar o uso ou aplicativos, nos testes está respondendo bem rápido e sem falhas, bastando tocar o dedo no botão para o desbloqueio do aparelho. Está bem posicionado e é confortável de utilizar.

O Z5 ta redondo, mesmo com o processador 810 que costuma fritar o dedo de quem usa aparelhos com esse processador a Sony conseguiu dar um jeito de manter o processador dentro de uma faixa de temperatura aceitável, e com isso evitar o aquecimento e o gasto de bateria, pois quanto mais quente, mais rápido a bateria acaba.

Nos testes o Z5 não apresentou engasgos, mesmo com vários aplicativos e jogos abertos ao mesmo tempo o aparelho trabalhou muito bem, o conjunto processador + memoria parece dar conta do recado em 99% dos casos, mas claro temos um limite, mas no uso normal do dia a dia, dificilmente você verá o Z5 travando ou engasgando. Ponto pra Sony.

O Z5 ainda está rodando o android 5.1.1, e acho que deveria já estar com o 6.0, já que é o top de linha da empresa, e quando foi lançado o 6.0 já estava no mercado, mas a Sony garante que ano que vem o aparelho será atualizado, porém não deu data nem prazo para que isso ocorra, eu vou arriscar o primeiro trimestre do ano para que essa atualização aconteça.

Bateria do aparelho como sempre é um problema para todos os fabricantes haha, mas claro tudo depende do uso do aparelho, e no meu caso a bateria do Z5 em uso normal do dia a dia, com o Google Maps, Spotify ligado ao carro por BT, o Relógio ligado ao celular por BT, e-mail push a cada 15 minutos, Whats, Face, Instagram, Swarm, Twitter, Banco, tirar fotos, entre outros aplicativos, e um jogo, consegui usar o aparelho por 8 horas antes de chegar a 5% de carga. Rodando em 4G e em Wifi, o que posso considerar mediano, seria possível passar o dia fora sem precisar de um carregador, mas mesmo assim abaixo do que eu esperava. Bateria é algo complicado e cada pessoa tem um uso diferente, e por isso é muito complicado a gente falar dela, mas no meu caso, ainda não me sinto confortável em sair sem nenhum carregador na mala. A bateria do Z5 tem 2.900mAh

A Câmera do Z5 melhorou, agora conta com uma lente de 23mp, está bem melhor que as anteriores, mas ainda peca em fotos noturnas, no geral a câmera tá perfeita no uso durante o dia, mas de noite sofre ainda e as imagens acabam ficando um pouco granuladas ou com cores artificiais por conta do processamento digital.

Está com autofoco extremamente rápido, nas fotos diurnas tem cores balanceadas e muito pouca granulação.

Com zoom perde um pouco a qualidade, mas mesmo assim está com qualidade e cores dentro de um padrão aceitável.

Mas de noite as coisas mudam, e a lente do Z5 mostra dificuldades, com pouca luz a foto acaba tendo muita granulação, e seu flash led se mostra fraco para algumas situações. O processamento digital que o aparelho faz nas fotos, acaba deixando a foto bem mais artificial do que o que vemos, e confesso que esperava muito mais dele nessas situações.

No geral o aparelho melhorou, mas nada que justifique o preço de R$ 4.299,00, as evoluções do Z5 em relação ao modelo anterior, não se justificam por si so para o preço cobrado no aparelho, o que pode ser um problema para vender o Z5, ainda mais no fim do ano com o fim dos descontos para aparelhos. Obrigado Dilma!!!

Gostei do aparelho. Está bonito, rápido, boa câmera para uso diurno, leitor digital, mas a evolução em relação ao modelo anterior não foi significativa para justificar o valor cobrado pelo produto, e isso pesa muito na hora de trocar de celular.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.