Juntas, academia e empresa oferecerão curso aberto inédito sobre Internet das Coisas, e desenvolverão pesquisas relacionadas à indústria 4.0

Com o objetivo de aproximar cada vez mais o mundo corporativo das iniciativas acadêmicas, a Samsung anuncia uma parceria com a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). Na ocasião, ambas inauguram um centro de treinamento e capacitação tecnológica voltado à criação de projetos para fomentar o empreendedorismo e estimular o desenvolvimento de soluções móveis.
Concebido por meio de um convênio com o programa Parceiros da Poli, o novo laboratório, batizado de Ocean USP, conta com equipamentos de ponta e está instalado em uma área de 300 m² do Departamento de Engenharia de Produção da Poli.

No Ocean USP, serão desenvolvidas atividades de ensino e pesquisa, e também de extensão, com cursos de difusão, com destaque a um dedicado à Internet das Coisas (Internet of Things – IoT). No novo curso, os alunos poderão aprender desde o desenvolvimento do hardware de um dispositivo – como um smartphone, por exemplo – até a expansão e a múltipla conexão, que transformam os dispositivos em essenciais para a vida das pessoas.

A grade de capacitação tecnológica será bem ampla, sob o formato de cursos livres e intensivos, além de outras formações relacionadas às práticas de negócios, como planejamento estratégico, gestão de projetos, marketing, empreendedorismo, entre outras, em parceria com o Departamento de Engenharia de Produção da Poli-USP.

“Na Samsung, acreditamos que é muito importante estarmos próximos do crescente ecossistema de empreendedores e desenvolvedores de conteúdo – público habitual em importantes universidades, como a USP. Estes jovens são muito engajados na busca de recursos inovadores para solucionar temas de suas comunidades. Não por acaso, o Ocean em dois anos de funcionamento – com unidades em Manaus e São Paulo (anteriormente, situada na Avenida Faria Lima) – já capacitou cerca de 25 mil pessoas”, comenta Gabriel Farias, diretor de Inovação da Samsung América Latina.

Um salto à frente

Para a academia, o Ocean USP terá uma grande importância, pois possibilitará à Universidade se aprofundar nas pesquisas sobre tecnologias relacionadas à indústria 4.0. Considerada a nova revolução industrial, a indústria 4.0 integra a manufatura com o estado da arte da tecnologia de informação e comunicação, conectando pessoas, máquinas e processos de forma inteligente.

“O novo laboratório permitirá agregar tecnologias inovadoras com os métodos de Engenharia de Produção, impulsionando pesquisas e ações práticas em manufatura avançada”, afirma Eduardo Zancul, professor do Departamento de Engenharia de Produção da Poli-USP, e um dos coordenadores do laboratório Ocean USP. “A parceria também irá fomentar o ensino de graduação e de pós-graduação a fim de preparar nossos alunos para resolver problemas complexos da sociedade e liderar as próximas inovações tecnológicas”, acrescenta.

“Queremos que o Ocean USP seja uma plataforma para agregar competências, pessoas e projetos em parceria com outras entidades, estando sempre aberto à comunidade. Nosso propósito é impulsionar o desenvolvimento de projetos, além das atividades de ensino e pesquisa já em andamento na USP”, ressalta Eduardo Conejo, gerente de Inovação da Samsung América Latina. “A Internet das Coisas tem um futuro promissor no Brasil, principalmente dentro de ambientes universitários”, destaca.

Samsung Ocean
Além da unidade Ocean USP, a Samsung também conta com uma unidade do Ocean situada em Manaus (AM) e gerida em parceria com a Universidade Estadual do Amazonas (UEA). Considerando as atividades das unidades em Manaus e em São Paulo (anteriormente, localizada na Avenida Faria Lima), ao longo de seus aproximadamente dois anos de atividades, o Samsung Ocean já sediou cerca de 1.000 treinamentos e cursos gratuitos para mais de 25 mil universitários, desenvolvedores e empreendedores. A agenda completa de treinamentos e outras informações podem ser acessadas no site http://www.oceanbrasil.com ou no aplicativo OCEAN disponível no Google Play.
Ao todo, o Ocean já contabiliza mais de 3.500 horas de treinamentos voltadas para interessados em desenvolver aplicativos usando os sistemas operacionais Android e Tizen, aplicáveis a diversos produtos Samsung, como smartphones, dispositivos vestíveis, Smart TVs, etc. O programa de capacitação do Ocean é baseado em 3 pilares: desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis, desenvolvimento de jogos e empreendedorismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.