Tempo para Leitura: 2 minutos

ATENÇÃO, JA TEMOS O GANHADOR. ACESSE: https://www.rmax.com.br/atencao-ja-ganhador-sony-xperia-zq A PARTIR DO DIA 18/10

Pessoal LEIAM as regras ok??

O TEXTO é para ser COLOCADO AQUI MESMO, COMO COMENTÁRIO!

Olá pessoal, olha só que legal o que conseguimos, um SONY Xperia ZQ novinho, lacradinho para vocês!!!

Para participar, é muito fácil.

Conte pra gente uma história de algum produto SONY com a sua vida. Pode ser um Walkman, um Playstation, uma TV, não importa, queremos saber em que momento da sua vida a Sony fez parte!!!

O leitor que nos contar a mais bela e verdadeira história, leva pra casa um SONY Xperia ZQ novinho.

E se o ganhador for de São Paulo capital, eu marcarei em algum local para entregar pessoalmente o aparelho, tirar uma foto, e colocar aqui no Blog.

E depois esse leitor irá escrever para o blog as suas impressões de uso do Sony Xperia ZQ!!!!

Que tal?

Vamos participar?

Todos podem participar.

A ação começa hoje SEXTA-FEIRA 13 e termina dia 04/10/2013, então não perca tempo!!!

E depois dizem que sexta-feira 13 é azarenta, né?

** Regras **zq

Ao participar:

O Participante deverá colocar NO FINAL DO TEXTO – SEU PRIMEIRO NOME – CIDADE – ESTADO E IDADE. (Todos os participantes que NÃO colocarem, serão automaticamente excluídos)

Concorda que ao participar da ação, terá seu nome (primeiro) cidade e estado revelado, poderá ter uma foto sua publicada no Blog e canais Sony Mobile.

Todos os textos enviados, serão de propriedade do Blog e da Sony, que poderá fazer uso dos mesmos em seus canais de divulgação do Sony Xperia ZQ.

Após receber o produto deverá fazer um texto contando sua experiência com o produto para publicação no RichardMaxTech.com.br.

A escolha do texto, será feita por membros do RichardMaxTech, Sony Mobile e InPress, sendo essa decisão soberana para efeito do ganhador da ação.

Fica proibido a participação de funcionários do RichardMaxTech, Sony Mobile, In Press, e parceiros desta ação.

O ganhador irá receber um aparelho Sony Xperia ZQ, em sua casa, sem custos.

Está ação é válida para todos, limitando APENAS ao território nacional. E Aberta a todas as pessoas, sem restrição.

Não serão aceitos:

Textos com menos de 300 caracteres;

Textos ofensivos;

Textos onde o participante não atender ao que foi solicitado na ação;

Textos que forem detectados cópia de outros sites ou lugares;

Menores de 14 anos não podem participar da ação sem uma autorização por escrito e enviada por e-mail para [email protected]

Especificação do SONY ZQ

Peso

  • 151 gramas

Dimensões

  • 131,6 x 69,3 x 9,8 mm

Bateria

  • Tempo de conversação (até): 10 horas [1]
  • Tempo de espera (até): 500 horas [1]

Display

  • TFT de 5 polegadas mais resistente à arranhões
  • 16.777.216 cores / 1920 x 1080 pixels

Por dentro

  • Google Android 4.2 (Jelly Bean)
  • 1,5 GHz Qualcomm APQ8064 Quad Core

Câmera

  • Câmera de 13 megapixels com Exmor RS, foco automático e flash
  • Câmera frontal de 2 MP 1080p

20 COMENTÁRIOS

  1. Imagine um garoto, que do alto de seus pouco mais de 9 anos, assistia alguns programas de video game na TV. Aqueles, tipo StarGames com o simpático Cristiano Gualda, que passava num canal da GloboSat. Ok, esse menino assistia todos os lançamentos do começo do fim dos anos 90, e o PlayStation estava lá. Um cinza, com cara de tocador de CDs e que tinha gráficos bacanas para a época.
    Bem, este garoto infernizou a vida de seus pais. Ele chegou ao apelo psicológico de falar “de que adianta sonhar?” para seu pai, logo antes do Natal. Deu certo! Ele recebeu um PlayStation novo, lacrado, com games, com controles e com a felicidade marota que o acompanharia até hoje.
    A Sony proporcionou a este garoto, algumas tardes e noites de diversão. Noites de medo, com Resident Evil, tardes de gargalhadas com as trapalhadas do Crash Bandicoot e aquele sentimento de exploração de Tomb Raider e do primeiro Diablo, que rima bem com uma sexta-feira 13 de hoje. Ainda o sangue pulando na tela, do Mortal Kombat. Tudo isso com o nome da Sony nas mãos, até do Dual Shock que apareceu algum tempo depois. Este garoto tinha e ainda tem guardado.
    Daquele momento em que o console dá alguns problemas no canhão de leitura, que deixar de ponta cabeça resolve, antes da correta substituição da peça – importada, cara, mas que salvou a vida do menino.
    Este garoto chamava amigos, disputava o Street Fighter Ex alpha para sempre perder. Ok, era tudo acompanhado do chocolate Mania, que nem existe mais. Perdia, mas vingava no Tekken.
    Bem, este garoto cresceu, passou por um PlayStation 2 que comprou com o salário do primeiro emprego, lá em Santos. Comprou anos depois de seu lançamento, mas foi sua primeira compra em três cheques para meses seguintes. Deu certo e a diversão continuou no novo milênio. Hoje, está com um PlayStation 3 no quarto, que também comprou com seu próprio salário, mais pomposo desta vez.

    Este garoto tem o nome de André Luiz Fogaça Marquejane. De vez em quando. Este garoto é um fanboy da Sony, desde os anos 90. Desde que comprou seu primeiro Discman, quando entrou na faculdade e recebeu um presente em dinheiro, da avó.

    Este garoto sou eu.

  2. A historia que vou contar aqui é sobre minha filha e eu.
    Bom, meu nome é Filipe e o nome da minha princesa é Laura, que na época tinha 02 anos, e desde quando nasceu, sempre foi agarrada à mãe, com quem sou casado, não desgrudava pra nada, sempre que precisava sair, tinha que leva-la junto, pois não ficava sozinha comigo de forma alguma.
    Um belo dia, minha esposa precisou sair e Laura ainda estava dormindo. Quando Laura acordou, chamou pela mãe, andou pela casa a procurando e percebeu que estava sozinha comigo em casa. Começou o desafio. Ela chorava sem parar querendo a mãe, eu comecei a ficar desesperado. Pegava os brinquedos dela, colocava desenho pra ela assistir e nada, até que ela viu o controle do meu Playstation 3 e resolveu pegar. Foi aí que eu tive a idéia de ligar e colocar um jogo infantil que eu tinha. Quando o jogo começou a rolar, ela mudou a expressão e ficou quietinha, concentrada, dando várias gargalhadas. Quando minha esposa chegou, ela disse o seguinte. -“Mamãe, jogando bichinho com o papai”.
    Eu, pai de primeira viagem, sem experiência alguma, não tinha noção de como cuidar de uma criança, fiquei super feliz e foi a partir desse dia que nos aproximamos mais.
    Depois disso, minha esposa passou a deixa-la sozinha comigo, quer dizer, com o playstation e eu, e eu fui me acostumando e me apaixonando com a idéia de ser pai.
    Hoje eu agradeço a Sony por ter me proporcionado esse momento com minha filha e ter feito a gente se aproximar. Tenho certeza que muitos pais aqui passaram por isso e graças a Sony o problema foi resolvido (risos).

    FILIPE – ITAPERUNA – RIO DE JANEIRO – 29 ANOS.

  3. Em 2003 logo após terminar um relacionamento de mais de cinco anos resolvi me mudar para Branson, MO nos Estados Unidos, bem fora meio que uma fuga e ao mesmo tempo uma nova oportunidade de trabalho.
    Ao chegar em meu destino o inesperável aconteceu, como alguns já sabem muitos brasileiros são enganados com um suposto início de carreira nos EUA, o que aconteceu comigo e meus companheiros de AVENTURA. Em minha mala só haviam roupas e um Playstation 2, sem nenhum jogos! Engraçado isso!
    Após alguma semana sem trabalho cheguei ao ponto de aceitar qualquer trabalho que um Americano não se sujeitasse a fazer (Lavar pratos, Housekeeping etc…), cheguei até a capinar meio morro que fazia parte de um hotel. Depois de dias e semanas trabalhando arduamente se alimentando uma vez por dia, economizando dinheiro, gastando somente com a alimentação e alguns jogos de Playstation 2, triste pelo termino do relacionamento encontrei minha salvação.
    Ao entrar em uma loja do Walmart em meu dia de folga e sonhando em comprar um notebook, no sistema de layaway, eu acabei encontrando minha salvação para meus dias de suposto luto e depressão eminente. Encontrei e comprei na hora o meu SONY Atrac2plus MP3 CD Walkman, este device foi o meu melhor achado desde minha chegada ao EUA.
    Depois deste dia o Walkman Sony passou a fazer parte do meu corpo como um órgão vital para a minha vida de Estrangeiro “GRINGO“ ou “Latino“ nos EUA, não tirava ele pra nada nem mesmo para meus momentos de relaxamento na banheira do Motel onde morávamos, até mesmo dormia com ele escutando musicas em MP3.
    Posso garantir a todos que estão lendo esse depoimento, que o Walkman Sony, não salvou minha vida, rs, mas definitivamente me ajudou a superar o resto dos meus dias em que vivi em Branson, MO, suportando até meu primeiro inverno com neve e frio de -5 graus Celsius.
    No Final d 2003, 23 de Dezembro pra ser mais exato, retornei para terras tropicais do meu Brasil, deixando para trás amigos, histórias e saudade! Só não pude deixar para trás meu Walkman Sony, que continuou pois mais alguns anos sendo parte inseparável de meu corpo, até um dia eu ser surpreendido por uma chuva de verão, me obrigando a aposentar meu Walkman. Mas garanto ele ainda faz parte dos meus Gadgets até este momento!
    Esta foi a minha história, verídica!

    PAULO – ANGRA DOS REIS – RIO DE JANEIRO – 39 ANOS

  4. Meu primeiro Sony foi um Walkman, depois Discman com MP3, gostava muito, fiel companheiro na bike. Point & Shoot, tive pelo menos umas 3 da Sony. Minha mais recente aquisição, uma Nex-F3. O que falta na coleção? Celular da Sony, nunca tive e não vejo a hora de ter o primeiro.
    Rodrigo – São Paulo – SP – 31

  5. Minha história com a Sony foi nos meados dos anos 95 q eu ganhei um discman. Levava ele pra muitos lugares… Em 98 meu filho nasceu e qd ele tinha 1 ano e meio, ele gostava de chiquititas e colocava sempre no discman,pra ele ouvir. Dançava e cantava junto com o fone de ouvido… Foi um momento feliz e engraçado, e foi até gravado em fita vhs… E gostaria muito de poder dar esse presente da Sony para o meu filho que hoje tem 15 anos e merece.

    Meu nome é Flávia – São Paulo – SP – 34anos

  6. Por volta de 1998, eu tinha meus 14 anos, e ganhei um Sony Diskman. Eu vinha de um Sony Walkman, que me ajudou a formar meu gosto musical, e me acompanhou por muito tempo com minhas queridas fitas k7. Mas o Diskman foi marcante, pois foi o início de uma era em minha vida. Eu começava ali, junto da aquisição do Diskman, uma coleção de CDs de Punk Rock que até hoje ocupa, não só a prateleira de casa, mas um pedaço de meu coração. Nela estão algumas obras que marcaram épocas em minha vida, e todas foram primeiro tocadas naquele headphone confortável e durável .
    Aquela era uma imagem constante para os passageiros do 4111 (o ônibus que me levava do Centro da Cidade, onde ficava o único lugar onde poderia encontrar meus CDs, para minha casa): um moleque abrindo o lacre dos CDs, colocando-os no Diskman e apreciando a capa e encarte do CD enquanto se deleitava com o som no seu gadget preferido.
    Tempos idos, que hoje moram na memória, na nostalgia, assim como meu amado Diskman, que quem sabe pode dar lugar, um dia, a um belo Sony Xperia ZQ…
    Elton – Belo Horizonte – MG – 29 anos.

  7. Produtos da Sony sempre foram sonho de consumo!

    Lembro que estava programando minhas férias para conhecer a Ilha Grande e queria muito levar um celular que pudesse também tirar boas fotos. Na época uma amiga acabara de comprar um SE W800i e eu fiquei maravilhado, mas estava fora do meu orçamento, então corri na loja de minha operadora e consegui comprar por um preço menor o SE K750i que era na época um aparelho abaixo do W800i. Descobri que podia ter as mesmas funções do W800i no K750i bastando atualizar sua firmware. Até então nunca havia feito isso, mas fiz e deu certo!
    O SE K750i tirava excelentes fotos, o celular possuía uma tampa que protegia a lente da câmera, procurei acessórios e achei um flash secundário que era ligado na base do aparelho que melhorava ainda mais as fotos capturadas pelo celular, excepcional!

    Depois de tantos anos é engraçado lembrar que ele vinha com uma alça para pendurar o celular e era sinônimo de status andar com o celular pendurado no pescoço, sim no pescoço! Virou moda. Não víamos nenhum outro celular pendurado no pescoço das pessoas, só os tops da Sony naquela época!

    Viajei e tirei muitas fotos com ele. O SE K750i passeou ainda por Trindade, um lugar lindo, tranquilo e com uma moqueca de peixe sensacional, carnaval em Saquarema! Com o SE K750i registrei fotos com a Família, amigos, animais de estimação, lugares, encontros, enfim, eternizei momentos!

    Bernardo – Niterói – RJ – 38 anos

    https://lh5.googleusercontent.com/-ohi0Kjo61OU/UjNrwe7OSKI/AAAAAAAAMyM/X63wBDWkkPE/w426-h237/Sony-LOGO5.jpg

    (mosaico de fotos capturadas com o K750i)

  8. Minha História com a Sony vem da minha vida gamer, quando liguei a primeira vez o meu então na época novo Playstation One. Um Mundo novo se abria na tela da minha TV, jogando aqueles incríveis jogos com uma tecnologia jamais vista até então.
    Desde aquele momento ja se vai muito tempo mas ainda levo comigo seja em minha com o Playstation 3 ou no no bolso a qualquer momento com o meu PSP.
    Agora espero muito de sentir a experiência Sony Xperia através desse maravilhoso Smartphone.

    Vanderlei Ventura – Barueri – SP – 31 anos

  9. Tantas histórias com produtos Sony que fica difíci escolher uma só.
    Mas vamos lá, já estava há um tempo com meu Sony W300. Como de praxe, todas as vezes que eu ia no centro da cidade era de lei tomar sorvete. Daí num certo dia, fui resolver umas coisas e depois fui na sorveteria, após isso já de volta pra casa no ônibus, fui amarrar o cadarço do meu sapato, então dei pausa no jogo e coloquei o celular ao lado da minha cadeira do ônibus. Logo em seguida era onde eu desceria, daí eu desci e esqueci do meu celular, fiquei desesperado vendo o ônibus partir com ele lá. Então logo em seguida consegui decorar o número do ônibus e fiquei esperando ele passar novamente no ponto em que eu estava. 1:30h depois ele ele retornrou, fiquei na expectativa de encontrar meu celular novamente. Entrei e o meu
    Wépoca estava lá na mesma posição que o deixei, foi incrível, depois disso voltei pra cada todo feliz com um sorriso besta e sincero no rosto como o de uma criança.

    Wilson – Caruaru – PE – Idade: 20

  10. Não me lembro muito bem, mas era na época do lançamento do Melhor jogo do PS1, (isso depois que joguei Final Fantasy Vlll rsrs), eu era um moleque que até aquela época, não sabia o que era ter medo de Zumbis, sim isso mesmo, sacaram que estou falando do Residente Evil com todos aqueles sustos, gráficos poligonais e aquela cena tenebrosa do zumbi carequinha arrancando a cabeça daquele soldado enquanto a Jill Valentine (sempre jogava com ela por achar ela uma gatinha no filme do início do jogo! :p) dava seus dois ou três passos para trás para tentar matar aos gritos (essa era eu jogando) o carequinha branca rsrs, como meus pais não tinham condição de comprar um PS1 (além de falarem que Vídeo Game esculhamba a TV kkkkkkkkkk) eu tinha que jogar em uma locadora que ficava próximo de casa, pior era ter que voltar para casa assustado com medo só imaginando que um zumbi ou aqueles cachorros poderiam sair do jogo e correr (para os cachorros porque os zumbis só andavam e murmuravam Huuuuuuuuuuuuuurg…), detalhe, essa locadora ficava em uma rua onde só tinham casas de um lado e do outro era um matagal dos infernos, e pra piorar, as luzes dos postes ficavam desligadas, tudo isso conspiração da Coelce (a rede de distribuição de onde eu morava) só pra me fazer ter mais medo dos mortos vivos rsrs. Simplesmente essa foi uma experiência muito loca, tanto que até hoje eu tenho medo de zumbis mesmo assistindo filmes e seriados do gênero rsrs, hoje eu tenho um PS1 dado por um amigo da minha esposa, mas não tenho nenhum Residente Evil. Bom, essa foi a minha História com esse produto da Sony cujo marcou minha infância e espero marcar novamente caso eu seja contemplado com esse Super Smartphone Xperia ZQ.

    Italo – Guarulhos – SP

  11. Olá,
    Acho difícil alguém dizer que a Sony nunca fez parte da sua vida , pois no meu caso ela está totalmente inserida desde quando me conheço por gente.
    Nunca deixei de ter algum ou alguns produtos da Sony , sendo que em sua grande maioria representavam o máximo do máximo , verdadeiros ícones.
    Inicialmente me recordo de um walkie – talkie da Sony , um sucesso entre a molecada , do meu primeiro despertador digital , um Sony, branquinho aonde os números apareciam virando as plaquinhas (o máximo) , depois um gravador cassete portátil (quem não teve ?) , um rádio portátil super futurista , seria legal até nos dias de hoje (me marcou muito) , ele fechado tinha a forma de um donut (todo liso e branco) ,e para abri-lo , voce girava como se fosse partir o circulo ao meio , então ele ele se abria ficando numa forma de caracol, ou um S , aonde os seletores de volume , canal , etc eram justamente nestas pontas abertas .
    Já com 18 anos, os famosos toca-fitas (de carro) Sony TC-26 e TC-30 (quem não teve um?) , depois , não podieria faltar o primeiro walkman (azul e prata) , o primeiro vídeo cassete , o primeiro diskman (com os primeiros cds , que também eram japoneses),secretária eletrônica ,telefones sem fio , meu primeiro rádio (com fones) , ultra pequeno e à prova de chuva , que eram usados no braço para fazer esportes, meu primeiro micro-system ,as maravilhosas tvs de 29 polegadas, a babá eletronica dos meus filhos , meu primeiro DVD system , minha primeira máquina fotográfica digital , e mais recentemente a minha primeira TV 42 polegadas de LCD .
    Agora (para completar) , falta o meu primeiro telefone celular da Sony.
    Como descrevi , a Sony sempre foi pioneira e referencia de muitos produtos e sempre fez parte da minha vida , e com certeza da história de vida de muita gente.

  12. Olá,
    Acho difícil alguém dizer que a Sony nunca fez parte da sua vida , pois no meu caso ela está totalmente inserida desde quando me conheço por gente.
    Nunca deixei de ter algum ou alguns produtos da Sony , sendo que em sua grande maioria representavam o máximo do máximo , verdadeiros ícones.
    Inicialmente me recordo de um walkie – talkie da Sony , um sucesso entre a molecada , do meu primeiro despertador digital , um Sony, branquinho aonde os números apareciam virando as plaquinhas (o máximo) , depois um gravador cassete portátil (quem não teve ?) , um rádio portátil super futurista , seria legal até nos dias de hoje (me marcou muito) , ele fechado tinha a forma de um donut (todo liso e branco) ,e para abri-lo , voce girava como se fosse partir o circulo ao meio , então ele ele se abria ficando numa forma de caracol, ou um S , aonde os seletores de volume , canal , etc eram justamente nestas pontas abertas .
    Já com 18 anos, os famosos toca-fitas (de carro) Sony TC-26 e TC-30 (quem não teve um?) , depois , não podieria faltar o primeiro walkman (azul e prata) , o primeiro vídeo cassete , o primeiro diskman (com os primeiros cds , que também eram japoneses),secretária eletrônica ,telefones sem fio , meu primeiro rádio (com fones) , ultra pequeno e à prova de chuva , que eram usados no braço para fazer esportes, meu primeiro micro-system ,as maravilhosas tvs de 29 polegadas, a babá eletronica dos meus filhos , meu primeiro DVD system , minha primeira máquina fotográfica digital , e mais recentemente a minha primeira TV 42 polegadas de LCD .
    Agora (para completar) , falta o meu primeiro telefone celular da Sony.
    Como descrevi , a Sony sempre foi pioneira e referencia de muitos produtos e sempre fez parte da minha vida , e com certeza da história de vida de muita gente.

    Ricardo
    São Paulo/SP
    55 anos

  13. A minha história é de uma TV Sony 21″
    Meu pai me chamou e falou vamos a loja
    Para comprar uma nova tv isso nos anos 90
    Chegando na loja eu falei pai compra da Sony
    Meu amigo tem uma muito boa ai meu pai falou
    qual você acha que e boa então escolhi Sony de
    21″ preta linda nossa primeira tv com controle
    era o máximo fiquei muito feliz ai o vendedor fala a entrega e de até 5 dias ai falei pai vamos de táxi, chegando em casa fui logo abrindo a caixa meu pai tirou e ligou nossa fiquei até meia noite assistindo isso era na sexta feira no sábado acordei fui logo para sala pensa num menino de 13 anos com 4 irmãos, um queria assistir um canal o outro queria ver outro canal que briga que era mas sempre dava certo e todos ficávamos vendo o mesmo programa de domingo era a série manimal que saudades.
    Ai depois de 11 anos eu casei não tinha condições de comprar uma tv então meu pai falo leva a Sony pra você não pensei duas vezes
    meu pai já tinha três tv nessa época , fiquei 5 anos com a sony ai pela primeira vez ela queimo depois de 16 anos em uso , chamei o sr Arlindo técnico e ele levou depois de 2 dias já estava de volta funcionando normal so gastei 30 reais e ficol mais 6 anos comigo ai passei para um cunhado ,a Sony ficou comigo 20 anos
    e me trouxe muitas alegrias na mivida tenho saudades da época, e é essa minha história com a Sony 21″. Meu nome Anderson cidade Mauá – São Paulo tenho 36 anos.

  14. Era 1995 estava cursando ensino fundamental, estudava em escola particular graça a esforço sim fim dos meus pais e não querendo apelar um dos poucos negros do ambiente, na época a nova mania e status era tem um discman e muitos garotos do colégio o tinham e vendo isso pedi o meu pai um de presente, e na hora ele recusou disse que aquilo era algo muito caro e não poderia comprar no momento, fique triste na hora mais entendi os motivos, deixei o tempo passar e nisso via todos meu colegas e amigos de classe com seus discmans ou walkmans mesmo que na época era o mais acessível, tinha meu brother Raphael que já tinha um discman so que de outra marca, e ele sempre compartilhava um dos fones comigo, ouvíamos muito jamiroquai, light house family e outros sucessos da época, o tempo passou o natal chegou e adivinhem o que o papai “noel” trouxe pra mim..isso mesmo um discman sony novinho, lembro ate o modelo ate hoje era um D143, na hora que abri o presente eu fiquei mudo, abobado, emocionado e dei um longo abraços em meus pais pelo presente, passou as ferias e voltei a escola com meu discman, na hora do intervalo desci para o patio e todos ficaram olhando pra mim e eu me sentindo com meu novo “Gadgets” do momento, um Discman SONY.
    Eu sou Rodrigo D. de Oliveira e ate hoje procuro produtos sony sabendo de sua excelente qualidade, e por ter marcado um momento na minha vida.

    Rodrigo – Viçosa – Minas Gerais – 30 anos

  15. Hoje, eu com 41 anos de idade , imagina há algum tempo atras……Quer dizer muito tempo atras, acredito eu ter entre 14 e 16 anos de idade e tinha um amigo que estava no Japão a trabalho, naquela época era muito comum descendentes nipônicos irem para o Japão tentar a sorte, e em um retorno desse amigo ao Brasil de ferias meu Pai pediu que ele trouxesse uma filmadora da Sony ,imagina mais ou menos 26 anos atras as filmadoras tinha uma pequena fita cassete, nem lembro o modelo exatamente, mais lembro que com muito custo meu pai juntou o valor da filmadora “que não foi nada barata” pois tecnologia era coisa pra poucos, e hoje em dia alguns modelos como o ZQ também, ele guardou a filmadora e não deixava ninguém mexer nela , nem eu que era o mais desesperado para isso, os anos foram passando as coisas foram acontecendo , eu e minhas 3 irmãs fomos crescendo e a filmadora continuou na gaveta, hoje apos tanto tempo a filmadora do meu pai continua esquecida em alguma gaveta , sem nunca ter sido usada e não temos nenhum vídeo da família daquela época, infelizmente mesmo sem saber porque , nem mesmo ele filmou algo, e nos privou dessas memorias, mais pelo menos até hoje todos estamos bem , vivos e com saúde pra poder contar isso..

    Victor – Indaiatuba- SP-41 anos

  16. Eu nunca tive um Walkman…
    Há muitos anos atrás curtíamos muito som em fita cassete. Na época os mais priveliados tinha gravador de rolo. Era nosso sonho de consumo.
    Mas eram tempos difíceis. A fita k 7 era baratinha e um gravador( era assim que chamávamos os nossos “tocadores de fita” não era o fim do mundo. Claro que as marcas top estavam fora de nosso alcance.
    Aí um dia um amigo me falou do walkman .Quem tem menos de 40 não tem idéia da revolução que foi. Eu ainda era um adolescente e a vontade de ter um virou quase uma fixação para mim, Esse foi um sonho que nunca se realizou,
    O tempo passou, comecei a trabalhar e anos depois comprei meu primeiro aparelho Sony. Um celular, que me acompanhou por anos . E ainda lembrando do walkman.
    Recentemente comprei um Sony Xperia ZQ. E o player do aparelho se chama Walkman.
    De uma forma ou de outra realizei meu sonho.
    Mauricio -Sorocaba – 56 anos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.