Tempo para Leitura: 2 minutos

A tecnologia tem modificado a experiência humana em diversos níveis sociais, inclusive no âmbito escolar. Tão importante quanto a educação dos alunos, é a comunicação entre pais e professores. E, para que os interesses estejam alinhados, tanto em casa quanto nas salas de aula, tornando assim o processo de aprendizagem contínuo e mais eficiente, utilizar a tecnologia com o propósito de melhorar esse quadro é uma excelente oportunidade, de acordo com Luiz Fernando Orlandini, CEO da YouMobi. Com base nisso, essa startup brasileira criou o Schoolastic-App que, além de possibilitar o contato entre pais e professores, facilita o processo educacional dos alunos. O aplicativo atualmente tem o registro de cerca de 2 mil alunos.

Segundo Orlandini, para que o processo de ensino-aprendizado ocorra da melhor maneira possível, é fundamental que a comunidade escolar esteja em sintonia com os benefícios que essa modernização pode trazer. Para alinhar objetivos, discutir e resolver problemas e, mesmo, trabalhar estratégias de ensino é preciso que pais, gestores, professores e alunos estejam em plena comunicação. “A capacidade que esse tipo de tecnologia tem de aproximar os atores envolvidos é enorme, o que facilita a interação escolar. O agendamento de reuniões, a emissão de comunicados, o acompanhamento do desempenho dos alunos são algumas das funções do Schoolastic-App”, explica o CEO.

Mais do que um aplicativo que acompanha o dia a dia de uma criança, o Schoolastic-App permite o registro e arquivamento, com segurança, dos dados dos alunos, seja do ponto de vista de desempenho escolar ou mesmo sobre contextos comportamentais. De acordo com o Orlandini, este registro de informações sobre os alunos vai permitir aos pais acesso a relatórios personalizados sobre características e qualificações das crianças, que podem orientar futuras opções de carreira.

“Hoje em dia não existe nenhum indicador objetivo da natureza e do perfil das crianças e as informações, por falta de registro, se perdem cada vez que o aluno troca de escola ou de professor”, assinala Orlandini e ainda acrescenta, “Com o Schoolastic-App, todas as informações captadas e gerenciadas sobre os alunos, que pertencem aos pais, poderão ser visualizadas por outras escolas participantes do sistema ou profissionais como psicólogos ou psicopedagogos, por exemplo, com o intuito sempre de beneficiar o aluno e de dar a ele acesso a oportunidades, inclusive educacionais, em função de suas qualificações. Essa parceria vai gerar efeitos significativos a longo prazo, o que vai possibilitar a formação de adultos mais fortes, responsáveis e mais seguros de suas escolhas”.

Além disso, Orlandini destaca que o aplicativo guarda as informações ao longo do período estudantil do aluno e produz um relatório com dados vocacionais, assim, com a diretriz para a escolha profissional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.