Fui convidado para conhecer as novidades do modelo, e fomos até a cidade de Puerto Iguazu, na Argentina para andar com os modelos que serão vendidos no Brasil.

Além de design imponente, com nova grade e faróis, a Ranger ganhou um interior mais requintado e tecnologias inéditas de assistência ao motorista, como piloto automático adaptativo e alerta de colisão. Seu conjunto de segurança, com sete airbags, é o melhor da categoria e o conhecido desempenho dinâmico e fora de estrada da picape também foi aprimorado, com avanços nos motores 2.2 e 3.2 Diesel e 2.5 Flex, direção elétrica e controle eletrônico de estabilidade de série.

Por dentro, praticamente não parece que estamos dentro de uma pick-up, tem tudo que pode imaginar de recursos e conforto, Um dos recursos que testei e achei legal, é o piloto automático adaptativo, literalmente o carro andava sozinho, dentro da pista. Quando ia sair da faixa ele trazia o carro de novo. Uma pena a gente não ter faixas boas em SP, pois dava pra deixar ela andando sozinha. Mas temos que lembrar que sempre é prudente estar com as mãos no volante, e o carro faz as correções quando é preciso, mas não dirige por você (Ainda!!!).

Outro ponto legal é o aviso de colisão, quando estamos muito perto do carro que está na frente, ela emite um alerta luminoso no vidro, para que, no caso da gente estar distraído, voltar novamente ao foco da direção e evitar um acidente. Ao mesmo tempo ela pré aciona os freios, no caso da gente não ver o alerta em tempo, quando for frear o carro (nesse momento leia enfiar o pé com tudo no pedal de freio, porque tava no celular e não viu o carro da frente parando hahaha) o sistema já vai estar pré carregado, poupando segundos preciosos que podem evitar um acidente fatal.

O seu projeto global foi focado nas necessidades dos consumidores brasileiros do segmento e desenvolvido para atender as condições mais rigorosas de uso, comprovado por rodagem de mais de 1 milhão de quilômetros em testes de durabilidade.

A apresentação da linha, realizada em Puerto Iguazu, reuniu a imprensa do Brasil, Argentina, Chile e México, reforçando o caráter global do lançamento. A Ranger hoje é vendida em mais de 180 mercados, incluindo Tailândia e Sudeste Asiático, Taiwan, Nova Zelândia, Austrália, Europa, África do Sul e América Latina.

Para o mercado brasileiro, a linha oferece duas opções de motores diesel 4×4: o 2.2 com câmbio manual ou automático, na versão XLS, e o veículo-chefe desse portfólio, o motor 3.2 Diesel de cinco cilindros com câmbio automático de seis marchas, nas versões XLT e Limited.

Andei com a Limited, que tem todos os acessórios e opcionais possíveis. Entre eles posso destacar a Tela Multimídia, com sistema de voz via Bluetooth, controles no volante, ar condicionado digital, sistema de aviso de emergência, que já existe em quase todos os modelos da Ford, onde em um acidente, o air bag for acionado ele liga automaticamente para o SAMU. (desde que seu celular esteja pareado com o sistema Sync, e exista sinal na região do acidente).

Conta também com o recurso de Farol alto automático, onde na estrada por exemplo, ele aciona sozinho, e quando um carro, ou alguma iluminação for detectada pelo sistema, ele desliga o farol, e liga novamente quando não tiver mais luminosidade, ajuda muito isso na estrada.

Por fim a Ranger 2017 agora tem o sistema Isofix, fazendo da Ford, uma das poucas empresas do planeta que tem em toda a sua linha de carros, o sistema de travas de cadeiras de bebê, que faz com que a cadeirinha do bebê, fique presa como se fosse um banco original do carro, e não presa com o cinto ficando solta.

A Ranger 2.5 Flex, com transmissão manual, também vem nas versões XLS e XLT. Os preços partem de R$129.900 na versão diesel até R$179.900 na topo de linha, enquanto os preços da flex variam de R$99.500 a R$109.500.

Gostei muito do carro, tem um bom motor, onde temos segurança para fazer ultrapassagens e folego de sobra para super obstáculos fora do asfalto.

A tecnologia embarcada impressiona, e faz o uso do carro ser muito mais confortável, afinal não é porque você tem uma pick-up para usar na fazenda, que ela precisa ser feia, dura e sem tecnologia certo?

Espaço para o passageiro e para os ocupantes do banco traseiro, tem de sobra, da pra ficar confortável mesmo com o banco puxado para trás. Para o motorista, ainda tem o conforto da direção elétrica, que literalmente faz desaparecer todo o peso do carro nas manobras, que dependendo da versão, tem ajuda de estacionamento com câmera de ré.

Eu precisei manobrar e confesso que um carro grande em lugar apertado me da calafrio, mas com a direção leve, sensores e câmera, pude fazer toda a manobra sem esforço e sair sem pagar o mico de entalar a Ranger no meio de várias outras hahaha.

O Sistema Sync é fácil de usar, como nos outros modelos da Ford, e o volante tem praticamente todos os botões que precisamos, evitando distração para fazer algo.

Unica coisa que eu não gostei, claro, senão o carro seria perfeito, é a posição do botão de ajuste do espelho retrovisor, que fica atras do volante e achei um pouco incomodo de ajustar, pois as vezes precisamos mexer já quando estamos dirigindo e é um lugar um pouco chato de chegar.

O sistema de Ar condicionado da conta do recado, estava quase 40 graus e 4 pessoas dentro do carro, e o ar deu conta, deixando a gente bem confortável.

Claro, não podia deixar de falar do sistema de som, eu que sou apaixonado por som de carro, posso dar uma nota 7 para o som da Ranger. Os falantes tem potencia aceitável, não distorce, e graves e agudos estão equilibrados, mesmo com velocidade um pouco mais alta, não é preciso subir o volume, a acústica do carro ajuda bastante.

E, mas isso é gosto pessoal, acho que as rodas podiam ser maiores, alem de ficar muito mais bonito, impõe mais respeito no transito hahahahaha.

Bom dirigi pouco mais de 80KM e andei com ela no total 180Km, mas já deu para sentir o gostinho de que a Ranger vem forte pro mercado, e em breve vou fazer um vídeo e um teste mais longo e postar para vocês com mais detalhes.

Abraços.

** Richard Max viajou para Argentina como convidado FORD

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.