Como não quis receber o aparelho para testes estou colocando o resultado que meu amigo Jaldomir fez.

Após 30 dias usando o Nokia X6, já posso fornecer a minha opinião embasada em testes com o aparelho. Assim como nos outros testes e reviews, separei o uso do smartphone em seções, dando notas ao aparelho para cada seção. Vamos a elas então!

  • Telefonia

  • Música

  • Video

  • Internet

  • Aplicativos

  • Fotografia

  • Bateria

  • Hardware

  • Design

Então vamos lá, passo a passo:


x6_black_redTelefonia
Sem novidades: exatamente como os outros Nokias, o som é cristalino, fácil de ajustar o volume pelo controle lateral, atendimento fácil por arrasto na tela… alguns recursos, apesar de existirem, eu não achei tão fáceis e funcionais: o gadget de contatos na tela principal é bonito, mas, além de não ser tão funcional quanto parece, deixa fotos e nomes de contatos expostos na tela do aparelho. Eu acho mais fácil o sistema de digitar o nome do contato pelo teclado numérico e o sistema reconhecer automaticamente o nome do contato.
O envio de mensagens SMS e MMS é fácil e rápida, padrão do Symbian.

Telefonia = nota 5, rápido e com som cristalino


Música
O Nokia X6 é um aparelho baseado na série Xpress Music, e por isso deveria ser fácil e intuitivo de utilizar arquivos musicais. Acredite: é fácil! O player de música está em um atalho de rápido acesso, um botão de toque na parte superior direita da tela, que abre direto o player de música (além de outros atalhos muito úteis). O player de música, baseado no software “galeria” já bastante conhecido dos usuários Symbian, diferencia no Nokia X6 pela apresentação de um atalho na tela principal, com os botões de controle de música (frente, trás, play, stop) e o nome da música sendo mostrado constantemente.
O som é ótimo, de bom volume sonoro, e o fone de cabeça (não fone de ouvidos, o X6 nacional vem com headphones mesmo) possui qualidade muito superior aos fones de ouvido comumente encontrados em celulares, além de não cansar os ouvidos, porque não machuca. Só faltou mesmo o fone ser bluetooth 😉

O Nokia X6 vem com 1 ano de download de músicas grátis do site Nokia Comes With Music, através de um cartão de PIN que vem junto do aparelho.

Música = nota 5, ótimo som, boa qualidade sonora, ótima compatibilidade com padrões de música e vem com headphones ao invés dos “manjados” earphones


Vídeo
Fiquei surpreso com a capacidade do X6 de apresentar vídeos: tendo uma grande tela widescreen de 3,2”, os filmes tornaram-se até bem confortáveis de visualizar. A qualidade é boa, limitado pelo LCD, e tem compatibilidade com muitos padrões de vídeo (até FLV, usando o RealMedia embutido no celular).

Além disso, o X6 é um dos aparelhos compatíveis com o módulo de TV Digital Nokia SU-33WB, e como funciona bem! A imagem é de qualidade boa para ótima, dependendo exclusivamente da qualidade da transmissão, é claro. Mas cheguei a assistir um dos jogos do Brasil com o X6 conectado a uma TV (ele tem saída para TV): a imagem ficou ruim em uma TV de 50”, devido à baixa resolução da imagem recebida (sinal de 1 segmento, ou 1SEG), mas é perfeitamente “assistível”, sem que se irrite com isso. Na pequena tela do celular a imagem é absolutamente perfeita.
Quanto à captura de vídeo, sem novidades: a resolução máxima tem boa resolução, 640 x 480 pixels, a 30fps. A qualidade é boa, mas lembro que não é considerado HD.

Vídeo = nota 5, apresentação em ótima qualidade, e captura de vídeo cumpre o que promete.


Internet

O Nokia X6 possui vários recursos já embutidos para Internet: navegador, e-mail, backup de contatos e arquivos no OVI da Nokia e store OVI para aplicativos. Além disso, dentro do store OVI, já encontramos recursos legais: Qik (um programa de compartilhamento de vídeos on-line), Youtube (para visualizar vídeos do youtube), Orkut (permite ver e interagir com a conta Orkut), Tweets (para o tweeter)… por falar em tweeter, o browser original do X6 é 100% compatível com o novo Tweeter Mobile (http://m.twitter.com) e pode ser configurado para login automático.

O X6 também é compatível com telefonia VoIP, o que o torna extremamente interessante para ligações de baixo custo, apesar de ainda ser um tipo de telefonia bem precária. Mas não é problema do celular, é do VoIP. O mais famoso é o Skype, que está disponível no Store OVI.

O principal problema do acesso à Internet do X6 é o sistema Symbian: ele não interage todos os aplicativos com a conexão vigente. Sendo assim, quando você abre o navegador, por exemplo, você escolhe a conexão. Mesmo com a conexão já aberta, ao tentar abrir outro programa, por exemplo o e-mail, o sistema pede DE NOVO qual conexão usar. E o problema se agrava quando ele já mantém o Wi-Fi aberto, e não aceita nova conexão Wi-Fi, mesmo usando a mesma rede. É irritante! Todos os Symbians sofrem do mesmo problema, infelizmente. Mas quando conectado, a rede é bem estável e rápida.

Um tópico que deveria ser melhor visto pela Symbian é a forma de configuração: é extremamente simples, mas estão colocadas em uma profusão de menus tão grandes que confundem os usuários. Deveria ser simples: Conexão ? Wi-Fi e então Configurações. Pronto!

Internet = nota 3, bastante funcional mas a falta de universalidade da conexão irrita muito!


Aplicativos

O sistema Symbian S60 v5 do Nokia X6 possui muitos aplicativos disponíveis no OVI Store: jogos, escritório, centenas de aplicativos para internet… mas no Brasil o OVI Store está, com perdão da palavra, CAPADO! Menos de 10% do que está disponível na Europa pode ser visto no OVI Store do Brasil, e softwares pagos, NENHUM! É uma pena, é um descaso, e uma falta total de atenção com o store. Notem que este é um dos motivos da reclamação dos usuários avançados do Symbian. A Nokia deveria deixar de lado essa história de restringir o OVI Store. Outro problema muito comum do Store OVI é você procurar um software que o fabricante garante que funciona no X6, mas não está disponível no store OVI para o X6 porque “alguém” do gerenciamento do OVI acha que não é compatível. Irritante, inútil, antiético!

Quanto ao aparelho em sí, nada a reclamar: já há muitos aplicativos no próprio aparelho, a maioria já fazem tudo o que é necessário. Só senti a falta de um editor de arquivos Office, já que o QuickOffice precisa ser comprado, o X6 não vem com ele nativo.

Por fim, citando a capacidade de digitação de textos, o X6 pode ser usado na vertical, em um teclado numérico com previsão de texto tipo T9, ou na horizontal, onde automaticamente aparece um teclado QWERTY completo na tela. Muito útil e fácil de usar.

Aplicativos = nota 4, o celular tem bons aplicativos e ótimos recursos, mas o store OVI Nokia não corresponde!


Fotografia

Esse é legal: o Nokia X6 possui uma câmera digital fotográfica de 5MPixels, com lentes Carl-Zeiss 2.8/5.2 e a qualidade das imagens é… ótima! Quase uma câmera fotográfica digital dedicada. O acesso ao aplicativo também é fácil, bastando destravar o celular e pressionar a tecla de fotografia.

As opções de foto são quase completas, e possui até um modo de fotos noturnas com flash (dual-LED) para retratos ou modo noturno sem flash para paisagens.

Infelizmente faltou um modo muito usado hoje: o modo panorâmico. Resolvi o problema com o programa Panoman. Deveria já vir no celular, visto que o Nokia 6710 Navigator já possui o recurso.

A visualização das fotos é rápida e fácil, através do programa Galeria, e pode dividir as fotos em pastas. Uma dica é usar o programa Photo Browser da Nokia, que gera um belo efeito tipo “Cooliris” na visualização das fotos.

Fotografia = nota 4, quase perfeito, faltou o modo fotos panorâmicas


Bateria

A bateria do Nokia X6 é de 1320mAh, gigante, ocupa quase a totalidade da traseira do celular, e, na minha opinião, é o suficiente para o aparelho. Em Stand-by, com um CHIP instalado, dura cerca de 3 dias. É claro que ao usar o aparelho isso cai para 1 dia e meio, no máximo 2. Mas está acima da média dos smartphones, e suporta muito bem o aparelho.

Bateria = nota 5, bem dimensionado para o celular


Hardware

Me impressiona o hardware do X6: o processamento é bem rápido, a tela é brilhante e de ótima visualização. Só tenho uma ressalva quanto ao touch, que, por ser capacitivo, eu imaginei que seria perfeito ao toque. Não é: apesar de muito melhor que o resistivo, o touch capacitivo do X6 ainda causa muitos erros de digitação. Bem, eu nunca fui fã de touchscreens, e continuo sem ser fã, principalmente porque telas capacitivas não aceitam canetas stylus, ou seja, desenhar na tela nem pensar!

Um recurso de hardware que o X6 possui e que é muito útil, pelo menos para mim, é o GPS. O sincronismo em cold start do GPS do X6 fica em no máximo 3 minutos, no painel do carro, e o uso do OVI Maps gratuito para o X6 o torna “quase” perfeito para o serviço. De hardware, o GPS funciona 100%, mas faltou os POIs de radares no software.

Um ponto no hardware que não gostei mesmo: o Nokia X6 é um aparelho novo, de projeto recente, mas não tem capacidade de carregar pela porta USB. Um erro gravíssimo, que me deixou extremanente desapontado, porque eu pretendia usar o aparelho como modem do notebook. Com a necessidade de usar o carregador, deixá-lo conectado no USB e usar a internet 3G tornou-se quase impossível!

Hardware = nota 3, no geral tem hardware bom, mas o touchscreen com falta de precisão mesmo sendo capacitivo e falta de carregamento pela USB impossível rebaixaram esta nota.


Design

Bem, não há o que falar: o Nokia X6 tem um projeto bem elaborado, tela grande que ocupa quase toda a frente do aparelho, três botões de controle principal (send, menu e end), botões dedicados para volume, destravamento e foto. Tem dois acabamentos que dão a cor ao aparelho (veja a foto lá em cima, duas faixas vermelhas neste modelo) e que servem só para isso: dar cor, já que todo o corpo do aparelho é preto. Já me perguntaram isso: eles acendem? A resposta é: não! 😉

A tampa da bateria merece cuidado: ela trabalha por pressão, e, apesar de nada ter ocorrido até agora, parece que as travas de pressão podem se quebrar facilmente. Isso ocorria com o Nokia N95 (quem se lembra?), e até hoje vejo Nokias N95 nas mãos das pessoas, com a tampa presa com… durex! Este problema foi resolvido no N85, que tem tampa de encaixe, com um botão para segurar a tampa no lugar, sem a necessidade de travas de pressão.

Design = nota 4, tampa deveria ser de encaixe, não de pressão


Visão geral e resultados

Bem pessoal, minha visão geral do aparelho, e a recomendação, é: o aparelho é muito bonito mas discreto, nada de chamar a atenção. É recheado de recursos muito úteis, e deve ser usado mesmo como smartphone, pelo preço dele. A bateria corresponde aos recursos do aparelho e, seguindo a recomendação de deixá-lo toda noite no carregador, nunca o deixará na mão. Senti a falta mesmo do carregamento pela USB! O Nokia X6 é, por isso, o meu segundo celular. O primeiro continua sendo o Nokia E72.

Resultados:

  • Telefonia = 5

  • Música = 5

  • Video = 5

  • Internet = 3

  • Aplicativos = 4

  • Fotografia = 4

  • Bateria = 5

  • Hardware = 3

  • Design = 4

Nota total: 34 pontos de um total de 45, ou seja, 84,5% de aproveitamento! Para quem estava pensando em comprar o Nokia X6 e tem dúvidas, creio que já foram respondidas: o aparelho é ótimo.

3 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom o depoimento.. sempre gostei do modelo, tanto que mantenho meu 5800 firme e forte aqui… seria um grande substituto à ele, pena o valor….

    Se custasse entre 800 – 900 reais com certeza eu compraria um, mas pelo valor de iPhone dele ai não dá….

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui