Testei e gostei do fone Beats Flex8 min read

Os Beats Flex são os mais recentes fones de ouvido Bluetooth para o pescoço da Apple, meu primeiro fone Beats de testes, confesso, sempre tive vontade de testar, mas com sou meio chato com fones, e pelo alto preço dos produtos ele acabava ficando na minha lista, principalmente por usar Android, e sem saber se o fone iria ter todos os recursos no Android ele acaba ficando na lista do “Eu quero, mas não sei se compro”

Os novos Beats custam R$ 579,00 na loja oficial da apple e são os fones mais baratos da empresa.

Eu gosto de fones externos, e o Beats além de ser interno, não é um fone sem fio tradicional, ele é do tipo fita, ou seja, ele é sem fio para comunicar para o celular, mas entre os 2 fones, temos uma fita que faz a ligação dos fios, não curto esse tipo de fone, apesar disso, ele está bem balanceado o peso, e não me incomodou o uso.

Os fones de ouvido Flex são bem projetados com um encaixe equilibrado, e não me incomodou o uso mesmo depois de umas 3 horas de uso, e normalmente fones intra, fazem meu ouvido ficar doendo um pouco, o que não aconteceu com esse.

Os fones são leves, pesando apenas 18,6 g, vem com pontas de silicone e quatro tamanhos estão incluídos na caixa. Eu os achei confortáveis ​​de usar, mas não tem cancelamento de ruído e isso para mim faz falta.

O Beat Flex tem o chip W1 Bluetooth mais antigo da Apple, e não o chip H1 usado nos AirPods mais recentes e nos Powerbeats mais caros. Eles ainda suportam Bluetooth 5, emparelhamento perfeito com Android, rápido e simples, só precisei ligar, segurar o botão e pronto, o celular já encontrou.

Para Android O aplicativo Beats no Android oferece muitos dos mesmos recursos disponíveis em um iPhone, incluindo assistência com emparelhamento e pop-ups de status da bateria, além de lidar com atualizações e várias configurações, o que achei muito legal, pois eu sempre escutei que para Android o fone era bem capado, o que não é todo verdade.

Não tive nenhum problema para parear tanto como S20 Ultra como com o Motorola Edge+, alias nem do aplicativo eu precisei para fazer o pareamento, o aplicativo te da digamos um plus, mas dá para usar sem ele se quiser. No aplicativo, basicamente temos algumas configurações para usar com o celular, mas nada de ajustes sonoros.

O Assistente do Google funciona bem, basta pressionar o botão e segurar que ele é ativado.

O lado esquerdo tem a maioria dos controles, além da porta USB-C para carregar e o microfone para chamadas. temos também um controle de volume e um botão multifuncional, que você pressiona uma vez para pausar / reproduzir, duas e três vezes para pular a faixa ou pressiona e segura para o assistente de voz, e do lado direito fica apenas o botão liga / desliga, o que é bacana porque fica tudo para o mesmo lado, e eu como canhoto adorei ser do lado esquerdo, acreditem ou não eu uso a mão direita para acionar as coisas e acho mais prático quando fica do lado esquerdo os botões hahaha.

Os fones de ouvido têm um imã, que podem deixá-los presos um no outro evitando que fiquem soltos e se enrosquem, e ao fazer isso, a música entra em pausa também.

Bom eu sou muito chato com áudio,  e mesmo sendo um fone de entrada, por ser Beats, eu resolvi pesar um pouco meus testes sonoros, usando minhas músicas de referência, em uma delas onde gosto porque tem muitos graves e agudos,  a Friendships, eu gostei demais dos graves do fone, muito equilibrados, aveludados e deliciosos de escutar, me espantei com a qualidade sendo um fone de entrada, as batidas ficaram muito próximas do que escuto no meu carro, claro dada as devidas proporções, mas nos agudos a coisa não foi tão legal, achei muito, é meio complicado explicar em texto, mas achei muito “ardido”, me incomodava quando subia o volume, que aliás é muito bom nesse quesito, dá para subir bem o volume do fone, mas o agudo, em todas as músicas que usei, parece meio forçado, e isso me incomodou bastante, e não tem muito o o que fazer, tentei ajustar o equalizador, mas mesmo assim o agudo era exagerado. se por um lado temos um grave delicioso de escutar, o agudo acabou estragando um pouco a experiência de uso, é algo que realmente me incomodou no uso, gosto de usar os fones em um volume médio.

O Som no geral achei muito bom, o fone tem potência para agradar quem gosta de volumes altos, o Beats Flex tem um poder de fogo que eu não estava acreditando muito, pode ser que a parte do agudo possa ser configurada no Apple, mas no Android não achei.

Por se meu primeiro Beats eu não posso comparar com um outro da mesma marca, mas indo para minha experiência com os fones da Huawei, da Motorola e Samsung no mesmo tipo de fone, fones intra-auricular, posso dizer que de longe ele foi um dos melhores fones que já testei na qualidade do som, mesmo com o agudo me incomodando, posso falar que ele perde para o da Huawei porque não tem cancelamento de ruído, e isso é algo que para mim é item essencial em um fone.

Na caixa informa que a bateria do Flex dura 12 horas entre as cargas. Uma carga rápida de 10 minutos quando a bateria está fraca fornece cerca de 90 minutos de reprodução. Uma carga completa leva cerca de 90 minutos.

Nos meus testes a Bateria durou cerca de 10 horas, escutando Youtube, Netflix, e Spotify, variando o volume diversas vezes, pode parecer bastante, mas para usar em um voo, após a pandemia por exemplo, é pouco e você vai precisar pôr para dar carga dependendo do tempo de seu voo, ou em uma viagem de carro, e precisa mesmo de uma hora e meia para carga completa, mas estamos falando de fones que o espaço para bateria é bem limitado e talvez se usar com um volume um pouco mais baixo consiga segurar umas 15 horas de uso, não fiz esse teste para poder comentar.

E para encerrar, outra coisa que não gostei é do tamanho do cabo que vem para pôr para carregar, nem usei, acabei partindo para um cabo que já tinha, pois o que vem é muito pequeno para ligar na tomada, e ele é tipo C nas duas pontas, usuário de Android nem sempre tem carregador type C, e eu não carrego em um notebook, uso na tomada, e troquei por um cabo grande tradicional para poder dar carga.

Vamos para nossos prós e contras.

Prós:

Leve, Peso bem balanceado, Potente, Graves maravilhosos, usa USB tipo C, super simples de parear no Android, Bateria com um tempo ok para usar no dia, dia.

Contras:

Cabo USB muito curto, não tem resistência contra água, agudos muito forçados.

Em um resumo geral posso dizer que o fone é muito bom pelo valor que ele custa, tem muito fone que custa mais do que o dobro, e não tem a mesma qualidade sonora.

Por ser meu primeiro Beats, gostei da experiência, ele pode não ser barato, mas se você que um fone com uma boa qualidade, nessa faixa de preço você não vai achar muitas opções, e não te obrigar a usar o aplicativo no Android, já é um grande ponto positivo.

Quero testar um fone da Beats da linha premium, onde aí sim vou poder comparar com os que tenho e uso frequentemente, como disse lá em cima, eu gosto de fones externos, gosto de fone que cobre a minha orelha por completo, não curto muito fones dentro do meu ouvido, a experiência sonora não é completa nesse tipo de fone, eu uso? Sim, uso, quando vou ao mercado, por exemplo, uso esses tipos de fone, pois não vou sair com um fone externo, esses eu deixo para assistir filmes ou usar em viagens, gosto de conforto na cabeça. Mas no dia dia na rua, são os intra que uso, e o Beats eu posso dizer que será o segundo fone que usarei na rua, e no meu caso agora, nem é pelos agudos, que eu ainda vou ver se consigo ajustar, e sim pela cor, eu gosto de sair na rua sendo discreto com meus dispositivos, ou é branco, ou é preto, o Beats é Azul e não gosto muito de ficar chamando atenção na rua, mas na hora de deitar não uso meus fones externos porque deito de lado e ai não rola hahahaha, gosto de ver pelo menos uma série ou filme, é ele que vem comigo, e para o mercado vou de Huawei ou Motorola que são discretos, não tem a mesma qualidade sonora que o Beats, mas chamam menos atenção porque são um preto e o outro Branco haha.

E finalmente compraria?

Acho que não, mas por não ser o tipo de fone que eu gosto de usar, se fosse pela qualidade eu compraria sem dúvida, mesmo o preço não é caro pelo que ele é, mesmo sendo de entrada é um ótimo fone, mas como não é o meu perfil de uso, não compraria o Beats, pelo menos não o Flex, já um modelo premium, eu vou testar, e depois falo pra vocês mas se o Flex já tem uma boa qualidade, fico imaginando quando colocar um premium no ouvido, será que finalmente vou encontrar um fone capaz de me fazer abandonar meu Bose?

Saberemos em breve!!!

Abraços.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui