O Uber acaba de atacar os mercados emergentes de uma maneira grande com o lançamento de um novo aplicativo leve chamado Uber Lite. 

O serviço de compartilhamento de viagens atualmente opera em mais de 600 cidades ao redor do mundo, mas isso é apenas uma parte da base de usuários da qual o Uber sonha. Em um esforço para atrair mais clientes, a empresa lançou uma versão “leve” de seu aplicativo que pode rodar em smartphones mais antigos e mais lentos.

Aplicativos leves – ou seja, aplicativos que podem ser usados ​​em telefones mais antigos e menos potentes – são comuns em mercados emergentes, onde muitas pessoas podem estar usando telefones que não têm muito espaço de armazenamento e velocidades de dados lentas. O Facebook, por exemplo, lançou anteriormente uma versão leve de seu próprio aplicativo que não requer muito espaço de armazenamento e pode ser usado em lugares onde a conectividade é irregular.

O aplicativo Uber Lite do Uber é semelhante. Os usuários precisam de menos de 5 MB de dados para baixar essa versão do aplicativo de compartilhamento de viagens, que foi projetado para a Índia. Usando-o, os passageiros podem reservar passeios mais rapidamente em áreas com velocidades de Internet mais lentas do que as habituais e problemas frequentes de conectividade. Mesmo em um smartphone Android básico, o Uber Lite oferece um tempo de resposta de 300 milissegundos.

A interface é diferente da interface do usuário do aplicativo Uber regular. De acordo com a empresa, o Uber Lite oferece captadores guiados, que é um recurso em que a conectividade irregular não interfere na determinação dos locais de coleta. O aplicativo também suporta toque sobre o tipo para simplificar a escolha de uma cidade de destino, mostrando apenas os mapas quando você quiser – em vez de precisar – deles.

Com o tempo, o Uber atualizará o aplicativo com novos recursos, incluindo a capacidade de escolher um idioma preferido e solicitar viagens enquanto estiver off-line. Atualmente, o aplicativo está disponível apenas na Índia, mas a Uber diz que vai expandi-lo para outros países ainda este ano. Sendo o Brasil um dos próximos que irá receber o aplicativo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.