Tempo para Leitura: 2 minutos

A Vivo adora jogar o jogo “was here first”, seja usando áudio Hi-Fi, tendo o perfil mais fino, colocando 8 GB de RAM ou um scanner de impressão digital no display.

Às vezes pode fazer sentido e ficar, outras vezes pode ser apenas uma moda passageira. Só a história será capaz de dizer se o Vivo NEX é um ou outro, mas para aqueles que querem ver como é um telefone verdadeiramente, bem quase sem moldura, a espera acabou, especialmente se você mora na China. e Só na China viu?

A câmera de elevação é o fator de venda da Vivo NEX. Sim, há a relação tela-a-corpo de 91,24%, é o aparelho que tem o maior aproveitamento de tela do mercado.

O design de tela inteira não teria sido totalmente possível se a Vivo não tivesse coragem de colocar a câmera frontal de 8 megapixels em um mecanismo de retração.

Não há alto-falante no aparelho, a tela inteira é transformada em um alto-falante via “Screen SoundCasting Technology”.

A Vivo não mencionou nada sobre o sensor de luz ambiente ou o sensor de proximidade, mas vamos presumir que eles estão escondidos atrás da tela também.

Há um Qualcomm Snapdragon 845 com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. A bateria de 4.000 mAh, Android 8.1 Oreo. A única decepção é que a tela Super AMOLED de 6,59 polegadas só tem uma resolução FHD +, provavelmente 2160 × 1080.

E ele não tem o NOTCH, viram como é fácil não usar esse negócio?

Se a ideia da câmera vai pegar eu não sei, tem muitos fatores que pesam contra, como não poder ser resistente contra poeira e não poder mergulhar com ele, do mecanismo emperrar em uma queda, dele não descer e ficar ali sem funcionar. motivos para dar errado não falta né? Mas se a gente pensar bem, LG e Motorola também tentaram algo inédito anos atras, os Módulos, os da LG fracassaram, talvez pela forma errada de se usar, já os da Motorola, fazem sucesso já tem 3 anos. Então resta desejar boa sorte para a VIVO, e ver se o NEX foi um aparelho que deu certo, ou se ficara esquecido com o tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.