Hoje a Xiaomi colocou oficialmente seus produtos no Brasil, fones, carregadores, celular e a pulseira fazem parte do portfólio da empresa nessa entrada nas terras tupiniquins.

Apesar de muita gente estar esperando aparelhos top de linha, a empresa veio com um celular de baixo custo, com um hardware de respeito,mas peca por ter apenas 1gb de memória ram, o que faz com que diversos aplicativos não consigam rodar de forma satisfatória, principalmente jogos, ou quando vários apps estão rodando ao mesmo tempo, nessa hora fica claro a falta de memoria, pois não resolve muito ter um bom processador se não tem como suportar a alta carga dos jogos e aplicativos que atualmente existem.

apesar da “mancada” de ter apenas 1gb, o restante do aparelho vem com um hardware respeitável, e entra para brigar no mercado de aparelhos com aparelhos da Motorola, Samsung, LG, Sony e entre outros.

Mas a pergunta que fica é será que uma marca que é basicamente conhecida apenas por pessoas que realmente conhecem a empresa, emplaca um aparelho diante de fabricantes com um nome já feito no mercado ?

Bom essa pergunta só o tempo vai responder, os aparelhos lá fora, principalmente na China, tem um bom espaço, estando em alguns casos na frente dos concorrentes, mas no Brasil chega com um nome ainda desconhecido para a massa geral.

Hugo Barra (Ex Google) É quem lidera essa empreitada, e acredita que tem forças para chegar ao Brasil e tumultuar um pouco o mercado. Nome e experiência em Android ele tem de sobra, e acho que ele não trocaria o Google pela Xiaomi, se não acreditasse no potencial da empresa.

Pra tentar ocupar uma fatia do mercado, a empresa vem com um preço agressivo de 499 reais em um aparelho quad core, dual sim 4g e com uma câmera de 8mp, alem do carregador de 10400mAh, fones de ouvido e sua Mi Band, pulseira para exercícios autônoma,, que faz com que o usuário tenha apenas que ligar e esquecer que ela existe, com a promessa de durar 30 dias a bateria.

A Xiaomi possui bons produtos, tenho um fone de ouvido deles, e é espetacular pelo preço que é vendido la fora, no Brasil veio com um preço salgado de 99 reais, acho caro se olhar para outros fabricantes, mas o produto tem qualidade.

Falar do aparelho ainda cedo, precisamos testar, mas está bem acabado e com material de qualidade, entre os parceiros temos a Sharp na tela, Samsung nas memórias e LG e Sony nas baterias.

Curiosamente, o Hugo Barra, comparou seu aparelho diversas vezes com o iPhone 6, em quesitos como tela, bateria, tamanho em peso, mas o produto de forma alguma compete com o produto da Apple, sendo inferior a todos os top de linha do mercado, pois ele se encaixa APENAS na categoria intermediária, mas foi engraçado ver a comparação.

Já o ponto forte do evento foi quando o Hugo resolveu testar ao vivo a resistência da tela, apesar de todo mundo achar que ele jogaria o produto no chão, ao vivo ele pegou uma chave e começou a riscar a tela por quase 1 minuto, para provar que a tela era realmente resiste, foi algo diferente e arriscado, pois se tivesse feito 1 risco iria colocar dúvidas na qualidade da tela, mas felizmente isso não aconteceu, e ele infelizmente não jogou o aparelho no chão, mas mesmo assim foi algo que chamou muito atenção de todos no evento.

Falando no evento ele foi feito para a Imprensa e para os “Mi Fãs” e confesso que não esperava tanta gente para o evento, realmente estava abarrotado, para se ter uma idéia a fila desses fãs era tão grande que dava voltas no andar do Shopping Vila Olímpia em São Paulo, e era tanta gente que acabou fazendo mais de uma apresentação para os fãs, pois não coube no Theatro Net tanta gente.

O primeiro smartphone da Xiaomi a ser comercializado no Brasil será o Redmi 2.

“O Redmi 2 atende exatamente os usuários que precisam e querem ter à sua disposição um aparelho eficiente, com alta capacidade de processamento a um preço acessível”, comenta Hugo Barra, vice-presidente Internacional da Xiaomi. “Estamos interessados em nos conectar com o maior número de pessoas através de nossos produtos. O intuito é prover uma tecnologia que permita que cada vez mais pessoas possam ampliar seus negócios e acessar mais informações com alto desempenho”.

Redmi 2 – Especificações técnicas

  1. Dual SIM 4G, Dual Stand-by;
  2. Câmera de 8 MP traseira (1.080p, Full HD, vídeo rec), 2 MP frontal, com função Beautiful e BSI (backside illuminated);
  3. Processador Qualcomm® Snapdragon™ 410 – CPU QUAD-CORE com velocidade de até 1.2 GHz por núcleo;
  4. MIUI – Interface intuitiva e amigável, com atualizações quinzenais ou mensais, fornecendo correções de erros rápidas e recursos novos a cada atualização;
  5. Tela de 4.7 polegadas, IPS HD, com 1.280×780, com 312 PPP;
  6. Memória RAM de 1 GB. Memória expansível Micro SD de até 32GB

 

Dual SIM 4G – Velocidade de download de até 150 Mbps

O Redmi 2 Dual SIM 4G, dual stand-by, suporta 4G em ambos os slots sem ter que mudar manualmente o cartão SIM. O Dual SIM inteligente permite que você gerencie facilmente as chamadas e as mensagens conforme a sua rede e configurações de dados de preferência para cada cartão. O Redmi 2 permite que você crie rótulos SIM personalizados para que você não se confunda. E também com base no seu histórico, você pode selecionar automaticamente qual SIM será utilizado ao fazer chamadas ou enviar mensagens de texto para alguém.

Processador Qualcomm® Snapdragon™ 410

O processador da Qualcomm, importante parceiro no desenvolvimento dos produtos Mi, conta com uma capacidade de processamento poderosa e, garante uma experiência tranquila mesmo para os usuários mais ativos. O núcleo Hexagon DSP maximiza o desempenho por ciclo de CPU para a bateria e um processador de 64-bit. É mais rápido e mais potente do que os antigos processadores de 32-bit e permite um processamento e um uso de memória muito mais eficiente.

Display totalmente laminado Sharp/AUO de 4.7″ com tecnologia IPS

A tela tem a resolução HD de 1.280×720, com 312 pixels por polegada (PPP). A tecnologia (IPS) in-plane switching de 178° oferece cores deslumbrantes e consistentes de quase todos os ângulos. A tela é laminada, o que permite que as cores sejam menos afetadas pelo reflexo. Tudo isso é protegido com a tela AGC Dragontrail altamente resistente a impactos e riscos, que é conhecida por ser incrivelmente resistente, apesar de ser fina e leve.

Câmera traseira BSI de 8 MP

Lentes de 5 elementos

Tira fotos vívidas e nítidas. A câmera de 8 MP utiliza iluminação traseira (BSI) para um maior desempenho com pouca luz à noite, enquanto a proteção do sensor infravermelho aprimora a qualidade da imagem na luz solar. Você pode fotografar em HDR, panorama, lente olho de peixe, comandos por voz e muito mais.

A câmera frontal de 2 MP registra vídeos em 720p HD e vem com a função Beautiful, que aplica 36 filtros inteligentes, dependendo da idade e do gênero.

Mais fino, mais leve

A tela é de 4.7″, o peso é de 133g, com 9,4 mm. Ele também tem cantos arredondados. Com uma textura delicada e microgranulada fosca, a parte traseira passa uma sensação muito boa em contato com a pele. É resistente às marcas de dedo e de gordura.

Cancelamento de ruído aperfeiçoado

O Redmi 2 utiliza dois microfones de silício que cancelam ruídos, fornecendo uma melhor proporção sinal-ruído do que os microfones ECM tradicionais, produzindo um som que permanece nítido até mesmo nos ambientes mais barulhentos.

Baterias de polímero de íon-lítio

Mais duradouro, com uma bateria de polímero de íon-lítio de 2.200 mAh, que tem 10% a mais de capacidade em comparação ao Redmi 1S. Acompanha também o Quick Charge 1.0, que acelera a recarga em 20%.

PowerBank

  1. Carregador portátil de fácil manuseio e alta capacidade, feito de liga de alumínio, garantindo leveza e proteção externa (10.400 mAh);
  2. Sistema inteligente de proteção:
  3. Contra curtos-circuitos, sobretensões e subtensões;
  4. Contra sobrecarga e sobredescarga, evitando que seu Mi Power Bank gaste energia;
  5. Proteção sobre inserção incorreta.

Carregamento

  1. 2,5 vezes, aparelhos Mi;
  2. 4,5 vezes, o iPhone 5s;
  3. 1,5 vezes, o iPad Mini.

Mi Band

  1. Monitor de atividades físicas e qualidade do sono;
  2. Notificações inteligentes integradas com o telefone (alertas de chamadas, SMS e notificações de alguns serviços da Mi Band, como alerta de meta diária atingida);
  3. Desbloqueio automático de seu smartphone.

Mi In-Ear Headphones

  1. Sistema de amortecimento duplo para melhoria de áudio;
  2. Revestimento em fibras kevlar (mais resistência e evita cabos enrolados);
  3. Controle remoto pra chamadas e reprodução de músicas;
  4. Reprodução de áudio em alta-fidelidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.