Bom, depois de um tempo usando o Zenfone 5, posso finalmente falar sobre ele um pouco mais aprofundado.

Como quase todo mundo já escreveu, eu posso escrever com calma, já passei desta etapa de desespero de ser o primeiro a publicar haha, afinal conteúdo a gente vê aos montes mas com qualidade, temos poucos no mercado né.

Bom vamos lá.

O Zenfone veio para brigar no meio da tabela, é um aparelho intermediário, nada de esperar dele algo monstruoso, mas dentro da sua categoria ele faz bonito, tem bom preço e bons recursos.

A Asus investiu no produto, já que vamos colocar algo no mercado, então vamos tentar ser o líder nesse segmento, se vão conseguir é outro papo, mas que tentaram isso ninguém vai poder negar.

Mas antes de falar do produto, vamos falar da Asus, a Asus é o maior fabricante de placa mãe do planeta, sua qualidade é inquestionável, e eu posso falar sobre isso, pois durante 25 anos eu tive loja de informatica e testei tudo que foi modelo, afinal a Asus sempre foi a mais cara e se tivesse algo mais barato o lucro seria maior, mas descobri que a dor de cabeça também haha, então ASUS sempre foi a placa que escolhia para montar os micros dos clientes.

Asus tambem fabrica placa de vídeo, mas nas 3 tentativas que fiz de usar tive problemas então acabei desistindo e voltando para outro fabricante que só faz placa de vídeo.

A Asus já se aventurou no mundo de celulares e tablets, mas sem fazer tanto barulho como fez com o Zenfone, e tem um motivo, o Zenfone foi feito com todo cuidado, e quase arrisco dizer que hoje é o mimo da empresa, o produto que eles mais se orgulham no segmento, e podem sim se orgulhar, o Zenfone é um belo produto.

Tudo foi pensado no aparelho, do acabamento ao hardware para que tivesse a melhor experiencia de uso.

É Bonito, é bem acabado, acima de muitos concorrentes, tem um bom hardware embarcado, com uma tela IPS de 5 polegadas HD, briga de perto com o Moto G da Motorola, talvez o principal rival nesse segmento. e vem com Gorilla Glass 3

O Zenfone vem com processador intel que é responsável por fazer o brinquedo funcionar, o ultimo aparelho que vi com Intel foi da Motorola e confesso , não agradou nada, o processador era bem fraco.

Agora no Zenfone a intel aposta em um processador DUAL CORE HT que tem duas versões a de 1.2 e 1.6 depende do modelo de 8 ou 16 do Zenfone.

Mas nao se engane com o Aton da Intel, esse processador é extremamente rápido, e consegue ser mais rápido que muito quad core da faixa dos aparelhos intermediários.

O Zenfone vem com 2gb de ram 64bits, não confunda aqui com um processador 64bits, apenas a memoria, mas isso da um belo desempenho para o aparelho frente aos concorrentes que usam memorias 32bits, claro, faltou um processador 64, mas estamos falando de um produto que custa 599,00 que é para o mercado intermediário, e o dia que a Asus entrar no mercado TOP, eu acredito que venha com processador 64 bits no celular.

Mesmo porque atualmente não temos vantagem em ter um processador 64 bits na plataforma Android.

Ele usa a interface ZenUI da Asus, que é bem agradável, mas passou por tantas mudanças que nada lembra o Android Puro, e apesar da Asus já confirmar a atualização para o Android 5.0, podemos ter problemas em atualizações futuras, com tanta modificação, mas estamos falando da Asus, que eu acredito que vai mostrar que veio preparada para agradar até aqueles que gostam de ter o android atualizado no seu aparelho, mesmo que isso sacrifique um pouco o celular, ao contrario de algumas empresas que abandonam os aparelhos assim que lançam outros.

Infelizmente o Zenfone peca em algumas coisas como não ter NFC, não ter 4G, e acho que podia ter TV, mas por outro lado é um belo aparelho 3G dual chip.

Voltando a interface modificada da Asus, ela agrada, e não é pesada, precisa de alguns dias para se acostumar e a entender as funções que foram bem pensadas, é colorida, e deve agradar a maioria dos usuários.

A câmera eu não vou comentar aqui detalhes pois estou fazendo um post separado sobre ela e sobre o recurso que a Asus criou, e fazendo o mesmo teste que foi feito no dia do evento com o Zenfone, S5, Z3, Moto G e Blu, e vamos ver se o Zenfone vai se sair tão bem aqui como foi lá, pois eu fiquei espantado, mas antes de elogiar eu vou botar a câmera para ser testada ao extremo!!!

Mas ele vem com uma camera de 8MP com uma lente de grande abertura, o que é bem interessante em celular e uma de 2 na frente full HD.

E como não podíamos deixar de falar ele vem com uma bateria de 2050mAh, que nos primeiros dias de uso sem abusar durou o dia todo, mas quando passamos a usar o aparelho como o nosso principal, o Zenfone mostrou que tem belo processador, boa memória e pouco desempenho de bateria, nos testes, de uso real, na rua com o 3G limitado a 8mb pois a gente usa o 4g, e quando cai pra 3G temos uma velocidade nominal maior que o pacote 3G comum, usando Facebook, Whats, Twitter, Google Maps, Instagram, Dropbox para subir fotos e arquivos, Swarm, Email, navegando na net, e ver 1 filme inteiro no Netflix, a bateria aguentou 9 horas antes de chegar aos 15%, nada de espetacular, mas nada fora do comum.

Meu S5 fazendo as mesmas coisas aguenta 13 horas antes de pedir carga, e temos que lembrar que mesmo sem engasgar ou travar o Zenfone tem um processador Dual Core, que mesmo sendo HT (os mais velhos vão se lembrar com saudade dessa linha de processador haha) que consegue fazer com que o processador trabalhe tão bem ou até melhor que um Quadcore, acaba sendo mais exigido e acho que é por isso que ele consome a bateria.

Claro que eu ia fazer o mesmo teste sem ver filmes, afinal não faço isso quase nunca e o resultado passou de 9 horas para 13.5 horas, e praticamente da para segurar o aparelho durante o dia todo.

Mas vamos ser sinceros, bateria hoje é algo que todos sabem que nunca da conta do recado, mas ninguém reclama porque a gente tem sempre uma tomada, um carro ou um carregador portátil para não ficar sem bateria, dificilmente arriscamos sair sem pelo menos um cabo USB para dar carga no trabalho, então a bateria hoje deixa de ser um problema gritante, e passa a ser apenas um ponto para que se possa ter uma ideia de quanto tempo podemos ficar sem por carga no nosso aparelho.

Bom resumindo o Zenfone é um ótimo celular, tem tudo para emplacar, esta bonito, bom hardware e marca de respeito, e vai ser um belo concorrente ao Hoje Moto G que hoje é um dos preferidos nessa faixa de preço.

Se vai cair no gosto do consumidor ? eu acho que sim, A Asus apostou forte no aparelho, investindo não apenas no produto, mas com um preço que o consumidor pode pagar.

Vale a pena?

Sem dúvida, se você pretende trocar de celular, vale a pena ir até a loja e ver de perto, você pode acabar mudando de ideia de compra, depois de testar o aparelho.

Se eu compraria?

Para o meu uso não. pois aposentei o segundo chip de celular tem 1 ano e hoje uso apenas uma linha tanto para comercial como para particular, e aposentei porque na época não tinha celular que fosse bom para manter as duas linhas, eram só aqueles simples ou com hardware bem tosco, hoje as coisas mudaram e é possível ter um dual chip com capacidade e qualidade. E se o Zenfone existisse na época que eu resolvi aposentar meu chip, ele estaria entre os escolhidos para opção de compra.

Abraços a todos.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Estou procurando um aparelho mais em conta para minha mãe, ela ainda tá na era celular, kkk… Você acha que esse aparelho serve bem pra quem vai ter o primeiro smart? Outra coisa, a tela dele é boa pra ver em ambientes iluminados?

    • Leo, acho sim um otimo aparelho para ser o primeiro, pois já começa com um produto rápido e bonito, da pra ver sim, apenas no Sol que fica um pouco complicado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.